jun
19
Postado em 19-06-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-06-2012 18:19

DEU NO ESTADÃO

Julia Duailibi e Fernando Gallo

A deputada Luiza Erundina (PSB), indicada para a vaga de vice na chapa do pré-candidato petista Fernando Haddad, desistiu da indicação. Segundo o presidente paulista do PSB, deputado Marcio França, ela informou a decisão para os colegas de partido, em reunião na tarde desta terça-feira, 18. Erundina havia antecipado que pretendia rever sua decisão de disputar a eleição municipal, depois de o PT ter fechado acordo eleitoral com o PP, de Paulo Maluf.

Veja também:
link Governador da BA ironiza apoio de Maluf a Haddad
link ‘Vale misturar água e óleo para ter tempo de TV’, alfineta Marina Silva
link No Twitter, internautas apoiam reação de Erundina

O vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, avisou França sobre a decisão. Ela ainda continua reunida com a cúpula do PSB em Brasília. A tendência agora é que o PSB deixe a indicação do cargo de vice-prefeito para o próprio PT, que ainda negocia com o PC do B.

No decorrer dessa terça-feira, Erundina conversou com os líderes do partido, por telefone, e voltou a reclamar da aliança com Maluf, lembrando a participação dele no Regime Militar. “Não convivo com esse tipo de coisa”, afirmou a deputada.

Be Sociable, Share!

Comentários

danilo on 19 junho, 2012 at 19:38 #

creindeuspai. se o PT continuar fazendo tanta maluquice assim, vai ter militante internado em hospício.

até dizem que Marco Lino e Jader já estão na portaria do Juliano Moreira esperando vaga para entrar.


luiz alfredo motta fontana on 20 junho, 2012 at 7:08 #

Resumo da ópera:

Deu na Tribuna da Imprensa:

———————————————

“quarta-feira, 20 de junho de 2012 | 05:10
Erundina aproveita para faturar a súbita notoriedade

Carlos Newton

A política brasileira está cada vez mais rasteira, vive-se um tempo de permissividade, em que as convicções vão por água abaixo, num festival de
ilusionismo ideológico. Cada um quer levar mais vantagem do que o outro. A política se resume a isso.

Na coalizão de São Paulo, por exemplo, o Partido dos Trabalhadores de Lula, por exemplo, já não faz jus ao nome, o Partido Socialista Brasileiro de Eduardo Campos não tem mais nada de socialista, assim como Partido Progressista de Paulo Maluf deveria ser denominado Partido Reacionário.

Indicada a vice de Fernando Haddad (PT), a deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) só aceitou porque ganharia visibilidade política e cobertura garantida na mídia, para facilitar sua próxima candidatura a deputada federal em 2014.

Recorde-se que ela tinha tudo para virar as costas ao PT, que em 2003 a suspendeu por um ano, quando foi convidada, pelo então presidente Itamar Franco, para se tornar ministra-chefe da Secretaria da Administração Federal. Desde então, ficou marginalizada no PT, até que, em 1997, depois de 17 anos de militância, deixou o partido.

Agora, 15 anos depois, foi convidada para ser vice do petista Haddad e aceitou, repita-se, exclusivamente para ganhar espaço na mídia. Mas não aguentou a hipocrisia da aliança do PT com Paulo Maluf, criticou publicamente a insólita coalizão. Com isso, ganhou ainda mais divulgação. E depois resolveu abandonar a candidatura a vice-prefeita, abrindo uma cratera na campanha de Haddad.

O desconforto de Erundina foi evidenciado segunda-feira, após ela conceder entrevistas aos sites da revista “Veja” e do jornal “O Globo”, afirmando que pretendia rever sua permanência na chapa de Haddad. E na terça-feira desistiu, ganhando uma notoriedade que há tempos não tinha. E daqui para a frente continuará tendo, porque seu partido se mantém ligado à campanha de Haddad e ela, a maior estrela, fica de fora, mas sempre no foco da mídia. Genial.”


rosane santana on 20 junho, 2012 at 14:21 #

Danilo, adorei!!!!!! Buemba, buemba, buemba, como diz o Macaco Simão.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos