O Partido Socialista francês, do presidente François Hollande, conseguiu a maioria absoluta dos lugares na Assembleia Nacional, indicam as primeiras projeções dos resultados das eleições legislativas realizadas hoje.

As urnas de votação já encerraram e, segundo as projeções do instituto Sofres citadas pelo jornal francês Le Figaro, os socialistas obterão 322 lugares, o que lhes dá a primeira maioria absoluta desde 1981.

Esta maioria evitará que os socialistas dependam do apoio dos verdes, com os quais têm um acordo de governo, e também da esquerda radical.

Já segundo as estimativas da agência noticiosa francesa AFP, os socialistas e aqueles dois pequenos partidos satélite da esquerda obterão entre 312 e 326 assentos parlamentares, de um total de 577.

Os conservadores da União para um Movimento Popular, do antigo presidente Nicolas Sarkozy, ficarão entre os 212 e os 234 lugares.

As primeiras projeções confirmam que a extrema-direita da Frente Nacional, liderada por Marie Le Pen, vai entrar no parlamento francês, obtendo entre um a quatro assentos.

Ségolène Royal, ex-mulher de François Hollande, não conseguiu ser eleita deputada pelo departamento de La Rochelle, segundo dados oficiais citados pela agência AFP.

Os 44,3 milhões de eleitores franceses foram novamente chamados às urnas depois de, na semana passada, terem dado a vitória aos partidos de esquerda, que, em conjunto, obtiveram 47 por cento dos votos.

Os partidos de direita obtiveram 34 por cento e a extrema-direita chegou aos 13,6 por cento.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos