————————————————-
 

Um vôo no tempo e na memória deste editor do Bahia em Pauta, no começo de noite de 13 de junho de 2012, até pousar dentro da sala escura do Cine Petrolina, na cidade querida da adolescência, à beira do Rio São Francisco, onde vi Bom Dia Tristeza ( Bonjour Tristesse) pela primeira vez, no fim dos anos 50.

Como esquecer a jovem Cecille, interpretada lindamente por Jean Seberg, que tenta se divertir (e conquistar o pai que acabara de ficar viúvo) em dias de melancolia naquela praia mediterrânea da Côte D`Azur.
A areia lhe escorre pelas mãos como se a vida lhe escapasse por entre os dedos. Uma imagem para nunca esquecer.

E da tela sai esta maravilhosa canção postada no Blogbar do Fontana, que Bahia em Pauta reproduz. Com muita saudade.

Obrigado, poeta paulista, por este momento.

TIM TIM !!!

(Vitor Hugo Soares )

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos