FLORA

Gilberto Gil

Imagino-te já idosa
Frondosa toda a folhagem
Multiplicada a ramagem
De agora
Tendo tudo transcorrido
Flores e frutos da imagem
Com que faço essa viagem
Pelo reino do teu nome
Ó, Flora
Imagino-te jaqueira
Postada à beira da estrada
Velha, forte, farta, bela
Senhora
Pelo chão, muitos caroços
Como que restos dos nossos
Próprios sonhos devorados
Pelo pássaro da aurora
Ó, Flora
Imagino-te futura
Ainda mais linda, madura
Pura no sabor de amor e
De amora
Toda aquela luz acesa
Na doçura e na beleza
Terei sono, com certeza
Debaixo da tua sombra
Ó, Flora

==============================
BOA BOITE!!!

(VHS)

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 10 junho, 2012 at 10:28 #

Puro êxtase, beleza de poesia!


regina on 10 junho, 2012 at 11:19 #

Linda composição, aliás, como todas que Gil fez para suas mulheres…


vitor on 10 junho, 2012 at 12:09 #

Certo, Regina e Rosane.
Flora, especialmente


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos