jun
07
Postado em 07-06-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 07-06-2012 19:13


======================================
O fundador do partido da extrema-direita francesa, Jean-Marie Le Pen, afirmou nesta quinta-feira que vai incitar a sua filha Marine, líder da Frente Nacional, a exigir à cantora Madonna um milhão de dólares por difamação.

A causa está no vídeo difundido, na semana passada, em Israel, no lançamento da turnê da cantora pop norte-americana, em que a imagem de Marine Le Pen aparece com uma cruz suástica sobreposta, antes de uma personagem composta, semelhante ao ditador nazi Adolf Hitler.

“Devo dizer que recebi muito mal essa ideia”, afirmou Jean-Marie Le Pen, numa conferência de imprensa em Lyon. “Quando estiver com a Marine vou incitá-la a pedir a Madonna, a quem organiza o seu espectáculo internacional, um milhão de dólares”, acrescentou.

O líder histórico da Frente Nacional considerou ainda que não é um “preço caro a pagar por uma difamação posta ao serviço do mercantilismo cultural”.

Neste vídeo, o rosto de Madonna, que é conhecida pelo seu gosto em provocar, aparece também sucessivamente misturado com o de personalidades como o papa Bento XVI, o Presidente chinês, Hu Jintao, ou a norte-americana Sarah Palin, ex-candidata à Casa Branca.

A Frente Nacional ainda não decidiu se vai apresentar queixa contra a cantora.

Madonna tem atuações previstas na França a 14 de Julho, no Stade de França, em Paris, e a 21 de Agosto, em Nice, no Sul do país. Antes disso, tem outras atuações, incluindo a 24 de Junho, em Portugal, onde atuará em Coimbra.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos