jun
06
Postado em 06-06-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 06-06-2012 12:13

O governo francês decidiu permitir a reforma aos 60 anos, e não aos 62, dos trabalhadores que tenham 41 anos de descontos, anunciou a ministra dos Assuntos Sociais após o conselho de ministros.

A reforma aos 60 vai abranger 110.000 pessoas em 2013, com um custo estimado de 1,1 mil milhões de euros nesse ano e de até três bilhões em 2017, ano em que termina o mandato do presidente, François Hollande, indicou a ministra Marisol Touraine.

Os trabalhadores abrangidos serão aqueles que começaram a trabalhar aos 18 e 19 anos e tenham descontado sempre para a segurança social.

Segundo a ministra, a decisão do governo é «uma medida de justiça para aqueles que foram mais duramente penalizados com a reforma de 2010», que elevou a idade de reforma na França para aos 62 anos.

A nova medida prevê que as mulheres trabalhadoras possam incluir dois trimestres por maternidade no cálculo da reforma e que os trabalhadores que tenham estado desempregados também possam acrescentar dois trimestres aos anos de descontos.

Touraine disse que a medida vai entrar em vigor em novembro.

Be Sociable, Share!

Comentários

vangelis on 7 junho, 2012 at 10:45 #

A França deveria ter ensinado ao FHC e ao Lula respeito a quem passa quarenta anos trabalhando pelo País. O ingrato FHC, que tem mais de um benefício previdenciário, quando fez a reforma do sistema chamou os aposentados de VAGABUNDOS!!! Essa é a diferença entre quem luta por seus direitos e aqueles que se acomodam e acha que governante tudo pode.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos