DEU NO IG

A oposição decidiu hoje ingressar com uma representação na Procuradoria Geral da República (PGR) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sob a acusação corrupção ativa e tráfico de influência no julgamento do caso do “mensalão”.

Reportagem da revista Veja desta semana relata que Mendes e Lula tiveram um encontro em 26 de abril deste ano. Segundo a versão do ministro do STF, Lula sugeriu que o caso do “mensalão” não fosse julgado este ano por causa das eleições municipais marcadas para outubro.

Em troca, o ex-presidente teria oferecido blindagem a Mendes na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira. Na conversa, ainda segundão a versão do ministro do STF, Lula insinuou que o bicheiro teria pago uma viagem à Alemanha para Mendes e o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO).

“O ministro do STF confirmou toda a história. Se Lula se calou, é porque a conversa é verdade”, afirmou o líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR). “O ministro Gilmar Mendes prestou um grande serviço ao País ao trazer esse caso a público”, completou José Agripino (RN), líder no Senado e presidente do DEM.

Segundo a assessoria de imprensa da PGR, a denúncia não é de competência do órgão, já que Lula não detém mais foro privilegiado. Dependendo do teor da representação, a PGR encaminhará o caso para adoção das medidas necessárias. A Polícia Federal poderá ser acionada para abrir um processo.

:

Leia mais sobre o caso no IG

www.ig.com.br

Be Sociable, Share!

Comentários

[…] here: PSDB e DEM decidem representar na PGR acusando Lula de … Tweet This […]


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos