maio
23
Postado em 23-05-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 23-05-2012 20:31


DEU EM O GLOBO

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e integrante do Supremo Tribunal Federal (STF), divulgou nesta quarta-feira na internet seu último contracheque de cada uma das fontes pagadoras. Ao todo, ela ganha R$ 33.136,65. Subtraídos descontos, sobram R$ 23.283,82 líquidos. No STF, a ministra ganha R$ 26.723,13. Com o desconto de R$ 8.845,64, vai para o bolso dela R$ 17.877,49. No TSE, ela ganha R$ 6.413,52. Com o desconto de R$ 1.007,19, ela fica com R$ 5.406,33 líquidos.

No STF, os descontos da ministra correspondem a gastos com previdência, correspondentes a R$ 2.939,54; Imposto de Renda, R$ 5.783,96; e plano de saúde, R$ 122,14. O desconto do TSE refere-se integralmente ao Imposto de Renda. O contracheque do Supremo traz a informação de que ela tem acesso a um empréstimo consignado de R$ 7.894,80.

Ainda nesta quarta-feira, o TSE vai discutir, em sessão administrativa, se vai divulgar o contracheque dos demais ministros e servidores. A medida atende à Lei de Acesso à Informação, em vigor desde a semana passada. Segundo o TSE, a partir deste mês os vencimentos da ministra serão divulgados mensalmente.

O STF decidiu na terça-feira divulgar os salários dos ministros e servidores da Corte na Internet, mas não fixou nenhuma recomendação para outros tribunais. Os valores, com os vencimentos básicos e eventuais gratificações, serão seguidos do nome do funcionário. A decisão foi tomada por unanimidade.


Leia mais sobre o assunto em O Globo

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos