===============================================
O corpo do jornalista, publicista e ex-deputado federal José de Guimarães Neiva Moreira foi sepultado na tarde desta quinta-feira (10), no cemitério do Gavião, no Centro de São Luís. Neiva faleceu durante a madrugada, por volta das 2h, de insuficiência respiratória, após ficar internado desde 31 de março, no Hospital UDI.

O ex-deputado foi velado durante todo o dia, na sede do Partido Democrático Trabalhista (PDT), sigla de onde foi presidente nacional. Por lá passaram o prefeito da capital, João Castelo (PSDB), e o ex, Tadeu Palácio (PP), o presidente estadual do PDT, Julião Amin, o vice-govenador Washington Oliveira, vários admiradores e correligionários para prestar as últimas homenagens.

Dilma lamenta

Ex-militante do partido, a presidenta Dilma Rousseff (PT) divulgou nota de pesar, lamentando falecimento de Moreira. Na nota, a presidente afirma que “a política brasileira perdeu hoje um de seus mais expressivos líderes”. Segundo o texto, Moreira, juntamente com o ex-governador Leonel Brizola (morto em 2004), “lançou raízes do trabalhismo no Brasil e em vários outros países latino-americanos”.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, também publicou nota se solidarizando com os familiares do ex-deputado. “O Brasil perdeu hoje um grande jornalista, escritor, político e lutador pela democracia, Neiva Moreira. Para além de sua atuação parlamentar, Neiva deu uma grande contribuição como estudioso dos desafios e dos caminhos do País e da América Latina e marcou toda uma geração com seus Cadernos do Terceiro Mundo. Expresso meu profundo pesar e me solidarizo com a família nesta perda”, afirmou.

Já o ministro Edison Lobão (Minas e Energia) destacou que a morte de Neiva Moreira deixa “o Maranhão órfão de um de seus mais importantes homens públicos” e que os dois sempre estiveram unidos na “defesa dos interesses maiores do povo do Maranhão”.

Neiva Moreira tinha 94 anos de idade e faleceu vítima de infecção respiratória. Ele estava internado desde o dia 31 de março no Hospital UDI, no Bairro Jaracati. Para o velório, vieram os quatro filhos que residem fora do Maranhão, entre eles a filha Micaela Neiva Moreira, que mora em Brasília e trabalha no Ministério da Cultura.

Lá também estavam a ex-esposa de Neiva Moreira, a uruguaia Beatriz Bíssio, (os dois se conheceram quando Neiva estava exilado na Bolívia) e a viúva, Vânia Maria Neiva Moreira.

“Meu marido foi um grande companheiro e um exemplo de lealdade. Eu perdi o único amigo verdadeiro que tive na vida”, declarou a viúva, Vânia Maria Neiva Moreira, que estava casada com ele há 17 anos.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos