maio
03
Postado em 03-05-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 03-05-2012 17:48

Regina Simões:A Tarde perde sua dona e condutora

=======================================================

Regina Helena Simões de Mello Leitão, dona do jornal e presidente do grupo A Tarde ate o mes passado, faleceu na tarde desta quinta-feira(3) em sua residencia no Rio de Janeiro, as vesperas de completar 100 anos.A noticia foi confirmada pelos herdeiros do jornal baiano.

Dona Regina, como era chamada , foi durante decadas uma especie de matriarca da Bahia, maior acionista do jornal A Tarde e sua presidente de honra, cujo único filho vivo (dois outros ja morreram), Sylvio de Mello Leitão, exerce a presidência executiva do tradicional diario baiano.As vesperas de festejar 100 anos, em outubro, A Tarde se debate em uma das maiores crises financeiras e de queda de circulação da sua historia.

Regina Simoes desde muito jovem conviveu com o poder e com a fortuna. Era filha do ministro da Educação de Getúlio Vargas, o baiano Ernesto Simões Filho, que ela acompanhava em todos os eventos e solenidades, devido a problemas de saude de sua mãe, Helena Simões, grande dama da sociedade soteropolitana, e também do society internacional, que chegou a ser amiga de Greta Garbo e reconhecida em Paris.

Dona Regina, segundo o portal R7, herdou da mãe o prazer pelo convívio social e as grandes recepções.Foi presença marcante igualmente nas dependencias do diario de propriedade da familia.

Ganhou fama tambem por receber “de modo magnífico, na Urca, no Rio de Janeiro, em sua casa da Av. Portugal”, onde, logo que se casou com o médico Mello Leitão, era vizinha dos pais ainda vivos. Era uma fiell hóspede do Plaza Athénée, em Paris, onde tinha suíte cativa, anualmente, na sua temporada de férias, nos meses de maio e junho, e no Regency, em Nova York, onde ia, todos os anos, em outubro, novembro, sempre com a amiga Evelina Chamma…

Nos salões cariocas, Regina era convidada frequente e obrigatória dos jantares e almoços de Lily de Carvalho Marinho, Ruth Pinheiro Guimarães, Astréa Campos da Silva, Evelina, enfim, o melhor do melhor de nossos sobrenomes coroados. Convites que ela sempre sabia retribuir em grande estilo. O que era mais agradável em sua personalidade era seu surpreendente senso de humor, sob o véu da austera grande dama social, que na verdade se divertia com os inevitáveis deslizes humanos e as falhas nossas de cada dia.

Morreu às vésperas de completar 100 anos…

(Com informaçoes do portal R7, coluna de Hildegard Angel) )

Be Sociable, Share!

Comentários

rosanesantana on 3 Maio, 2012 at 18:22 #

Sou contra o canibalismo de qualquer espécie, inclusive o sindicalista, muito em voga neste país. Que d. Regina descanse em paz!


Thania on 3 Maio, 2012 at 22:14 #

Regina Simões frequentadora dos jantares cariocas e com a sua mania conhecida de todas; suas saidas com sempre a francesa quando era procurada não mais era encontrada e sempre pontual. Siga seu caminho de luz!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos