=========================================================

Dicas de cinema de Maria Olivia Soares

O documentário conta a história de Clementina de Jesus, senhora negra,
pobre, dona de casa e empregada doméstica que, após toda uma
existência longe dos palcos e das mídias, aos 60 anos, através de
Hermínio Bello de Carvalho, passou a cantar com grandes nomes da
música brasileira, a exemplo de João Bosco, Pixinguinha e Paulinho da
Viola, com sua voz rascante e divina.

O filme traz depoimentos de muitos artistas que acompanharam a
trajetória de Quelé, como era chamada Clementina de Jesus, como
Martinho da Vila, Lecy Brandão, Paulinho da Viola, João Bosco, Mônica
Salmaso, Cristina Buarque e Carlinhos Vergueiro.

A obra, lançada no ano passado, foi dirigida por Werinton Kermes, com
roteiro de Míriam Cris Carlos e edição de imagens de Marcelo
Domingues. Já participou de importantes mostras e festivais, tendo
conquistado os seguintes prêmios: – Juri popular do Prêmio ‘Nêgo
Chico’ no 34º Festival Guarnicê de Cinema em São Luís/MA; Prêmio
‘Menção Honrosa’ na 9ª edição do Fest Cine Amazônia em Porto Velho/RO
e melhor longa, segundo o Juri popular no Festival Internacional de
Cinema de Arquivo – REcine 2011 no Rio de Janeiro/RJ. A produção está
em cartaz na Sala Walter da Silveira, nos Barris, às 16 e 18 horas, e
o leitor do Bahia em Pauta não pode e não deve perder.
====================================

http://youtu.be/OOvJ9C0m6zc

Também em exibição na Sala Walter da Silveira, ‘João do Vale – Muita
Gente Desconhece’ (Brasil, 2005)

Com roteiro de Miriam Cris Carlos, “João do Vale, Muita Gente
Desconhece” faz um resgate da história da música popular brasileira e
do universo sertanejo através da vida e da obra do compositor João do
Vale, reconhecido como um dos artistas mais produtivos do Brasil.
Autor de mais de 600 músicas, entre elas os clássicos da MPB
‘Carcará’, ‘Pisa na Fulô’, ‘Coroné Antônio Bento’, ‘Canto da Ema’,
entre outras, João do Vale, morto em 1996, aos 62 anos, foi objeto de
mais de 10 anos de pesquisa feita pelo diretor Werinton Kermes. No
filme, relatos da família, amigos e personalidades da cena política e
cultural do país, mesclados com imagens de arquivos e pelos últimos
registros do artista ainda vivo, captados por Kermes meses antes da
sua morte, contam a história do grande compositor. ‘João do Vale,
Muita Gente Desconhece’ conquistou o Kikito de melhor documentário na
13ª edição do Festival Cine Vídeo de Gramado, em agosto do ano
passado. Imperdível.

Maria Olivia Soares, jornalista e colaboradora do Bahia em Pauta

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2012
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30