DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

Os títulos do Banco Espírito Santo atingiram, esta quinta-feira (12), o seu valor mais baixo na historia da tradicional instoituiçao financeira de Portugal e da Europa, ao baterem nos 85 cêntimos de cotação, depois de uma queda de mais de 26 por cento.

Esta queda esteve relacionada com o anúncio do aumento de capital em 1100 milhões de euros que vai ser concretizado em maio.

Entretanto, as ações do BES registaram uma recuperação estando agora apenas a perder 15 por cento, valendo 99 cêntimos.

A contribuir para a queda do índice PSI20 de cerca de dois por cento que se verifica esta quinta-feira, estão também as descidas entre dois e seis por cento dos títulos do BPI, BCP e Galp Energia.


======================================================
A musica do dia vai para o autor, Ivan Solon, inspirado e bem humorado amigo e compositor que conheci na Faculdade de Direto da UFBA, em tempos de procuras, duvidas, questionamentos e indefiniindefinições.

Ele, entre a musica , códigos de leis e históricos e intrincados casos de investigações policiais.

Eu, metido no furacão politico em tempo ditatorial, frequentando ao mesmo tempo (em horarios diferentes) as faculdades de Direito, no Canela, e de Jornalismo, então no bairro de Nazare, indeciso sobre o caminho profissional a seguir.

Grande Ivan! (colega de turma do xara e competente colunista politico que escreve diariamente na Tribuna da Bahia e neste BP, outro grande amigo que fiz naquele tempo). Se receber a mensagem, mande noticias!

(Vitor Hugo Soares)

================================================
Defunto Caguete

Interprete:Bezerra da Silva

Compositor: Ivan Solon

Mas é que eu fui num velório velar um malandro
Que tremenda decepção
Eu bati que o esperto era rife ilegal,
Ele era do time da entregação
O bicho esticado na mesa
Era dedo nervoso e eu não sabia
Enquanto a malandragem fazia a cabeça
O indicador do defunto tremia

(Refrão)

Era caguete sim!
Era caguete sim!
Eu só sei que a policia pintou no velório
E o dedão do safado apontava pra mim
Era caguete sim!
Era caguete sim!
Veja bem que a polícia arrochou o velório
E o dedão do coruja apontava pra mim

Caguete é mesmo um tremendo canalha
Nem morto não dá sossego
Chegou no inferno, entregou o diabo
E lá no céu caguetou São Pedro
Ainda disse que não adianta
Porque a onda dele era mesmo entregar
Quando o caguete é um bom caguete
Ele cagueta em qualquer lugar

(Refrão)

abr
12


Cenario da tragedia na Pituba/Foto;Correio

=======================================================

DEU NO CORREIO

Da Redação

Morreu, no Hospital Geral do Estado (HGE), uma das cinco vítimas do atropelamento ocorrido às 6h30 desta quinta-feira (12), na avenida Manoel Dias, na Pituba. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que não divulgou, porém, o nome da vítima, de 49 anos.

Ela era uma das duas mulheres que sofreram ferimentos graves. A outra é uma idosa que tem uma das pernas amputadas e estava em uma cadeira de rodas. De acordo com agentes da Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), as mulheres sofreram fraturas graves e foram socorridas por ambulâncias.

Quatro vítimas do atropelamento permanecem internadas: Maria da Conceição Silva Costa, 63 anos, Ana Maria Santos Novais, 60, e Alderiva Antônio Santos Silva, de 81, e um homem de 50 anos. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

O acidente

O acidente aconteceu quando o carro, um Fox Volkswagem, dirigido por uma médica, não conseguiu engatar a marcha lenta em um engarrafamento na ladeira que liga a Pituba ao bairro de Amaralina, perdeu o controle e voltou de ré. As vítimas estavam do lado de fora da clínica.

Três unidades do Samu prestaram socorro às vítimas e as levaram para o Hospital Geral do Estado (HGE).

A motorista foi conduzida para a 16ª Delegacia Territorial (Pituba) por agentes que prestaram socorro ao acidente.

abr
12
Posted on 12-04-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 12-04-2012


=============================================================
Pelicano, hoje, no Bom Dia (SP)


Agnelo Queiroz:”Será que ‘01’ não era ao Papa
que ele estava se referindo?”

===============================================================


Opinião Politica

Dadá deu o serviço

Ivan de Carvalho

Dadá deu o serviço. Não Dadá, Sérgia Ribeiro da Silva, a mulher do cangaceiro Cristino Gomes da Silva Cleto, o famoso Corisco. Trata-se de diferente Dadá, um personagem que vai e vem nas gravações feitas pela Polícia Federal no âmbito da Operação Monte Carlos, que prazeirosamente apanhou o empresário do jogo Carlinhos Cachoeira e o senador Demóstenes Torres, mas acaba miseravelmente de envolver e enrolar muito bem enroladinho o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, do PT.

Para estupefação geral do país, no entanto, querem por a culpa no Papa. Isso mesmo, e como no mundo inteiro só existe um papa, Bento XVI, chefe do Estado do Vaticano e Sumo Pontífice da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Roma, é sobre ele que o governador Agnelo Queiroz procura transferir a sua cruz.

“Se alguém quiser me seguir, pegue a sua cruz e siga-me”, disse Jesus, algum tempo antes de pegar a dele próprio. Outro é o caso do baiano de Itapetinga Agnelo Queiroz, um ex-ateu assumido com passagem no PC do B, pelo qual foi deputado distrital e federal e ocupou o Ministério do Esporte e a direção geral da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Até que em 2009 ingressou no PT, elegeu-se governador em 2010 e atacou o papa Bento XVI em 11 de abril de 2012. Quer transferir a ele sua cruz.

Voltando a Dadá, o de Brasília. Em outra conversa gravada, Dadá diz ao bicheiro Cachoeira que foi procurado por João Carlos Feitosa. Zunga, ex-subsecretário de Esportes e funcionário do governo do Distrito Federal, que disse que o “01”, o Magrão, estava querendo falar com ele.

Na sua análise, a PF identifica o “01” com o governador Agnelo Queiroz. E qualquer pessoa sem grave deficiência visual pode verificar que o governador do Distrito Federal é um homem com altura bem acima da média no Brasil e muito magro, embora seja bochechudo, o que pode enganar nas fotografias de paletó mostrando apenas do peito para cima. Enquadra-se, facilmente, na tipificação de “magrão” – grande e magrelo.

Apanhado de surpresa por perguntas dos repórteres, ele replicou, incontinenti: “Será que ‘01’ não era ao Papa que ele estava se referindo? Ou outra autoridade?”. Qual outra? Obama? Ou Dilma Rousseff? Ou o Dalai Lama?

Ou seria José Dirceu – figura de proa do PT (mas não a ponto de ser 01) –, de quem não surgiu envolvimento algum com as investigações da Operação Monte Carlo, mas está na mídia cobrando da mídia que espinafre o DEM porque o senador Demóstenes Torres, envolvido com o empresário do jogo ilegal, era do DEM.

Ora, quando o governador do DF era do DEM e foi apanhado em corrupção, foi forçado a deixar rapidamente o partido. Que foi muito criticado, e com razão, pois nem devia ter deixado José Roberto Arruda entrar nele, ante o seu histórico político conhecido. Mas de Demóstenes, o DEM não sabia de nada, o senador enganou seu partido e os colegas de Senado de todas as legendas. Até do gabinete da presidente Dilma, nos primeiros meses de governo, lhe foram feitos reiterados acenos para passar à base do governo.

Bem, o que fará José Dirceu se ficar evidente acima de contestações o envolvimento do governador petista Agnelo Queiroz com o bicheiro Carlinhos Cachoeira e malfeitos consequentes? Dirceu vai exigir da mídia que ataque severamente o PT, como acaba de fazer em relação ao DEM?

É esperar para conferir. Se alguém achar que vale a pena esperar pelo que não vem.

abr
12
Posted on 12-04-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 12-04-2012


=========================================================
Fagner e Djavan interpretam Mucuripe, composta por Fagner e Belchior, gravado no CD ‘Amigos e Canções’ de Fagner (1998).

Beleza pura!

BOA NOITE!!!

(VHS)

  • Arquivos

  • Abril 2012
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30