abr
02
Postado em 02-04-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 02-04-2012 13:45

DEU NO DIARIO DE NOTICIAS (PORTUGAL)

Um tribunal paquistanês condenou as três viúvas e duas filhas do falecido líder da Al-Qaeda a mês e meio de prisão por permanência ilegal no país, ordenando ainda a sua extradição.

“O juiz anunciou uma condenação de mês e meio para as cinco acusadas. Além disso decretou uma multa de dez mil rúpias paquistanesas [pouco mais de 82 euros]”, revelou aos jornalistas Zakarya Ahmad Abd al-Fattah, o irmão iemenita de uma das viúvas.

Segundo o advogado das mulheres, Muhammar Aamir, o cumprimento das penas de prisão deverá terminar dentro de duas semanas, já que elas foram oficialmente detidas a 3 de março.

As mulheres, de nacionalidade saudita e iemenita, têm vivido sob proteção das autoridades paquistanesas desde que Ussama Ben Laden foi morto, a 2 de Maio de 2011, num raide das forças especiais norte-americanas em Abbottabad.

As mulheres do líder da Al-Qaeda, assim como um número desconhecido dos seus filhos, estavam entre as 16 pessoas detidas pelas autoridades paquistanesas após o ataque.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2012
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30