Tatiana Paraiso:posse sem solenidade
=========================================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

A primeira-dama de Salvador, a médica Tatiana Paraíso, foi nomeada nesta segunda-feira (2) como a nova secretária de saúde da cidade. Paraíso era subscretária de saúde desde outubro de 2010. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Município de hoje.

Paraíso substitui o vereador Gilberto José, que este ano irá tentar reeleição para a Câmara. Não vai haver cerimônia de posse para a nova secretária.

A Justiça Eleitoral estipulou o dia 31 de março como prazo máximo para saída do atual secretário do cargo para que ele possa concorrer nas próximas eleições. Com a saído de Gilberto, Tatiana Paraíso é a sucessora natural ao cargo.

Tatiana ganhou mais visibilidade entre os baianos depois do Carnaval deste ano, quando foi fotografada em diversas ocasiões ao lado do companheiro, o prefeito João Henrique, nos circuitos da festa. Além de pularem no bloco Camaleão, no circuito Dodô, Tatiana foi vista aos beijos com o prefeito.

Diário Oficial

Também foi publicda outra nomeação no Diário Oficial de hoje. A Ouvidoria Geral de Salvador agora está sob o comando de Karla Lopes, que substitui Humberto Viana.

abr
02


Polícia cercou a Oikos University e je prendeu um suspeito
Foto:Beck Diefenbach/Reuters/Publico

==============================================

Um homem armado entrou nesta segunda-feira (2) na Oikos University, em Oakland, na Califórnia, disparou e causou pelo menos seis mortos e vários feridos. A polícia já deteve um suspeito.

A polícia local cercou o edifício e confirmou a existência de vítimas mortais, mas a sua porta-voz, Johnna Watson, adiantou inicialmente não poder dizer quantas pessoas morreram. Mais tarde, a agência Reuters noticiou que seis pessoas morreram na sequência dos disparos, citando autoridades locais.

Uma porta-voz do Highland Memorial Hospital confirmou que quatro feridos foram levados para aquele estabelecimento de saúde.

As autoridades anunciaram ter detido um suspeito, que foi descrito como “um coreano de cerca de 40 anos”. “Não há nenhuma ameaça iminente na região”, adiantou a polícia num breve comunicado.

Os disparos começaram cerca das 10h50 locais . Uma testemunha, Brian Snow, contou à estação de televisão local KGO-TV que uma mulher que se encontrava dentro do edifício lhe disse que a pessoa que estava ao seu lado foi baleada no peito.

Cinco ambulâncias foram levadas para o local. Angie Johnson, de 52 anos, disse ao San Francisco Chronicle que viu uma jovem mulher sair da universidade a chorar e com sangue no braço.

A Universidade de Oakland é uma instituição religiosa onde são lecionados cursos de teologia, música e enfermagem. A televisão local mostrou imagens de polícias a retirar estudantes do local.

(Com informação do jornal Publico, de Lisboa, e Reuters)

abr
02

DEU NO DIARIO DE NOTICIAS (PORTUGAL)

Um tribunal paquistanês condenou as três viúvas e duas filhas do falecido líder da Al-Qaeda a mês e meio de prisão por permanência ilegal no país, ordenando ainda a sua extradição.

“O juiz anunciou uma condenação de mês e meio para as cinco acusadas. Além disso decretou uma multa de dez mil rúpias paquistanesas [pouco mais de 82 euros]”, revelou aos jornalistas Zakarya Ahmad Abd al-Fattah, o irmão iemenita de uma das viúvas.

Segundo o advogado das mulheres, Muhammar Aamir, o cumprimento das penas de prisão deverá terminar dentro de duas semanas, já que elas foram oficialmente detidas a 3 de março.

As mulheres, de nacionalidade saudita e iemenita, têm vivido sob proteção das autoridades paquistanesas desde que Ussama Ben Laden foi morto, a 2 de Maio de 2011, num raide das forças especiais norte-americanas em Abbottabad.

As mulheres do líder da Al-Qaeda, assim como um número desconhecido dos seus filhos, estavam entre as 16 pessoas detidas pelas autoridades paquistanesas após o ataque.

abr
02
Posted on 02-04-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-04-2012


=============================================
BOM DIABRIL!!!

(Gilson Nogueira)


DEU NO UOL

O governo brasileiro iniciará oficialmente nesta segunda-feira (2) o programa que vai aplicar o princípio da reciprocidade aos espanhóis que vierem ao país. A regra vai aumentar a restrição à entrada dos visitantes em resposta aos relatos de brasileiros que têm sido barrados na Espanha, principalmente em Madri, por não atenderem todos os pré-requisitos para entrada.

As exigências incluem passaporte válido por seis meses, bilhete aéreo de ida e volta, comprovação de recursos para estadia e hospedagem garantida –exatamente as mesmas obrigações que brasileiros têm de cumprir quando querem entrar na Espanha.

Há anos os dois países trocam acusações de maus tratos a seus turistas. Em 2007, os espanhóis barraram 3.013 brasileiros no aeroporto madrileno, segundo o Itamaraty. No ano seguinte, foram 2.196. Em 2009, houve queda para 1.714 e em 2010, para 1.695. Os números do ano passado ainda não foram concluídos, mas até agosto de 2011 pelo menos 1.005 brasileiros foram rejeitados na principal porta de entrada para a Espanha.


Olney e a camera no cartaz do filme vencedor
========================================================

Deu no site C de Cinema

Diretor do vitorioso Filhos de João: Admirável Mundo Novo Baiano, filme que acompanha a trajetório dos Novos Baianos, o cineasta Henrique Dantas tem mais um motivo para comemorar: Ser Tão Cinzento acaba de ganhar o prêmio de melhor documentário curta-metragem na 17ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários, encerrado na noite de sábado.

Premiado também no Festival de Brasília do ano passado (melhor trilha sonora – Ilya São Paulo – e prêmios Aquisição Canal Brasil e Marco Antônio Guimarães, de pesquisa cinematográfica), Ser Tão Cinzento foi um dos nove concorrentes na categoria curta-metragem da Competição Brasileira do É Tudo Verdade, realizado no Rio de Janeiro e em São Paulo.

O filme remexe o baú de Manhã Cinzenta (1969), do também baiano Olney São Paulo, que foi usado como pretexto para a prisão e tortura do diretor. Henrique Dantas utiliza imagens da única cópia que restou do curta de Olney (documentarista baiano de Feira de Santana, premiado no festival JB com o filme “Pinto Vem Ai”) , reapropriadas em diversos suportes, “unindo as diferentes memórias na voz dos entrevistados que assistem ao filme mais de 40 anos após sua realização”.

A história do filme de Olney é curiosa: concluído em 1969, o filme foi levado para uma sessão no avião brasileiro sequestrado pelo MR-8 em outubro do mesmo ano e desviado de Cuba. As cópias foram confiscadas e destruídas pelo governo militar. Apenas uma foi preservada, a duras penas, na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Libertado, Olney São Paulo ficou com sequelas das torturas que sofreu na prisão e morreu em 1978.

A seguir, a lista dos vencedores do festival:

COMPETIÇÅO INTERNACIONAL

Melhor Documentário Longa-Metragem
Planeta Caracol, de Seung-Jun Yi

Melhor Documentário Curta-Metragem
Vovós, de Afarin Eghbal

Menção Honrosa
Queríamos Explodir o Vasa, de Idji Maciel e Simon Moser

COMPETIÇÃO BRASILEIRA

Melhor Documentário Longa-Metragem

Prêmio CPFL Energia É Tudo Verdade “Janela para o Contemporâneo”
Mr. Sganzerla – Os Signos da Luz, de Joel Pizzini

Melhor Documentário Curta-Metragem
Ser Tão Cinzento, de Henrique Dantas

Menção Honrosa
A Cidade, de Liliana Sulzbach

Prêmio Aquisição Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem

Melhor Documentário
A Cidade, de Liliana Sulzbach

Prêmio Abraccine

Melhor Longa / Média-Metragem Competição Brasileira
Mr. Sganzerla – Os Signos da Luz, de Joel Pizzini

Melhor Curta-Metragem Competição Brasileira
A Cidade, de Liliana Sulzbach

Prêmio ABD São Paulo de Melhor Curta-Metragem Brasileiro

Melhor Documentário
A Cidade, de Liliana Sulzbach

Menção Honrosa
Piove, Il Film Di Pio, de Thiago Brandimarte Mendonça
FacebookEmailCompatilhe +

Cenas de “Chico vem Ai”, filme premiado de Olney

abr
02

=======================================================


Opinião Política

Cuba, o Brasil e a cruz

Ivan de Carvalho

No fim de janeiro de 1998, o então papa João Paulo II visitou Cuba. Por sugestão ou a pedido do papa, o ditador-presidente Fidel Castro declarou, em caráter excepcional, o 25 de dezembro um feriado. Mas desde então o Natal não mais deixou de ser feriado em Cuba.

Agora, o novo ditador-presidente Raul Castro, atendendo a um pedido do papa Bento XVI, que acaba de visitar um dos raros Estados comunistas que ainda existem no mundo, decretou, “com caráter excepcional”, que a próxima Sexta-Feira Santa seja feriado no país. “O conselho de ministros aceitou ontem que não se trabalhe na próxima sexta-feira, 6 de abril”, informou, visivelmente sem entusiasmo, o jornal Granma, órgão oficial do Partido Comunista de Cuba. Não se sabe se desta vez prevalecerá a excepcionalidade ou se, a exemplo do Natal, também a Sexta-Feira Santa passará a feriado definitivamente, o que parece bem provável.

Cuba não é um país ateu, é um país de tradição católica, mas o Estado cubano é ateu e ateu militante, como é da natureza dos Estados comunistas, controlados pelos partidos comunistas, cuja ideologia é materialista, ateísta. O ateísmo é, pois, lá, um dogma do Estado e do partido único. Mas, mesmo assim, o regime totalitário conseguiu admitir dois feriados cristãos.

A formação e tradição brasileiras são cristãs. Historicamente até cabe dizer que é católica, apesar do rápido avanço recente de denominações evangélicas. E o Estado brasileiro é laico. Há nisso uma distância imensa de um estado de militância ateísta, como sempre foi e é o caso dos Estados comunistas.

Mas aqui – embora tenhamos vários feriados nacionais cristãos (Natal, Sexta-Feira Santa, Corpus Christi, Nossa Senhora Aparecida) e vários feriados religiosos estaduais e municipais – o Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, atendendo a um pedido da Liga Brasileira de Lésbicas e outras entidades, feito em dezembro, determinou, por unanimidade, a retirada de cruzes, crucifixos e demais símbolos religiosos do espaço público (nos gabinetes dos magistrados continua permitido) dos prédios do Poder Judiciário.

Isto foi o suficiente para o presidente da OAB, seção fluminense, Wadih Damous, lembrar-se de que no espaço onde se reúne o pleno do Supremo Tribunal Federal há um crucifixo na parede. E então declarar o crucifixo do STF inconstitucional.

Bem, o Cristo Redentor do Corcovado é mantido e administrado pelo poder público e está lá em um destacado e privilegiado espaço público. Deve ser demolido? Os feriados de Natal, Sexta-Feira Santa, Corpus Christi e Nossa Senhora Aparecida devem ser extintos? Como sugeriu ironicamente em artigo, recentemente, Carlos Brickmann, não cristão, judeu de inteligência aguçada, “temos de mudar o nome de alguns Estados e cidades como Natal, Belém, São Luís e tantas outras” (centenas de outras, incluindo São Paulo).

O Reino Unido tem uma cruz em sua bandeira nacional. Ao todo, nove países europeus têm uma cruz em suas bandeiras. Devem retirá-las? Que tal, então, tirar o Cruzeiro do Sul da nossa? Não vale nada a tradição, nada vale a história, a formação cultural de um povo, os costumes? O Reino Unido é um Estado laico, mas a rainha é oficialmente chefe da Igreja Anglicana e, lá, ninguém se sente incomodado com isso. A rainha não atrapalha a ação religiosa de ninguém. Na Suécia é plena a liberdade religiosa, mas lá o Estado tem uma religião oficial, a Igreja Luterana Sueca.

No Brasil não se chega a tanto. Mas é melhor deixar o crucifixo abençoando o STF, que precisa. Até para não correr o risco, como sugere Brickmann com redobrada ironia, de o Supremo declarar inconstitucional a nossa Constituição, porque “promulgada sob a proteção de Deus”.

É bom parar com isso de querer, no grito, incluir o Brasil entre os Estados onde os cristãos vêm sofrendo perseguição. É não convém ficar jogando pedra na cruz.

abr
02
Posted on 02-04-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 02-04-2012


============================================
Aroeira, hoje, no jornal O Dia (RJ)

  • Arquivos

  • Abril 2012
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30