Prisco:PM solto depois de 44 dias isolado na cadeia

========================================================

DEU NO R7

Apontado como principal líder da greve promovida pela Polícia Militar na Bahia, no início de fevereiro, o ex-soldado Marco Prisco foi solto na tarde desta sexta-feira (23), após passar 44 dias detido, isolado, em uma cela na Cadeia Pública de Salvador. Ele deixou a unidade por volta das 15h, acompanhado por um advogado, após a 2ª Vara Crime de Salvador acolher um pedido de habeas corpus.

Prisco liderou a ocupação, por parte de PMs grevistas, da Assembleia Legislativa da Bahia. O prédio foi isolado por tropas do Exército até a desocupação, em 9 de fevereiro. O ex-PM foi preso ao deixar o local. Prisco deve responder em liberdade às acusações de formação de quadrilha, roubo de patrimônio público e incitação à violência.

A corporação ficou em greve entre os dias 1º e 11 de fevereiro. De acoro com a assessoria de imprensa do governo do Estado, ficou acertado um aumento de 6,5% nos salários, e mais uma gratificação por trabalho policial gradativa até 2014. Não houve anistia aos policias detidos.

No período em que os policiais militares ficaram parados, houve uma onde de violência no Estado. No décimo dia de greve, Salvador e região metropolitana registravam 153 homicídios desde a noite do dia 31, quando começou a paralisação, até manhã do dia 10.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos