mar
19
Postado em 19-03-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 19-03-2012 14:56

DEU NO PORTAL EUROPEU TSF
Policia francesa isola local do atentado
Foto:Publico(Lisboa)

===================================================

A campanha para as presidenciais francesas foi hoje suspensa na sequência do tiroteio em frente a uma escola judaica de Toulouse, do qual resultou a morte de três crianças e de um adulto.

O socialista François Hollande defendeu uma resposta firme contra todos os atos anti-semitas e racistas, considerando que foi toda a França que foi, esta manhã, afetada. O presidente Nicolas Sarkozy falou também de uma tragédia nacional

Os dois principais candidatos – o Presidente Nicolas Sarkozy e o socialista François Hollande – deslocaram-se imediatamente para o local.

Nicolas Sarkozy declarou como «tragédia nacional» o ataque armado a uma escola judaica da cidade de Toulouse, no Sudoeste do país, onde quatro pessoas morreram, e prometeu descobrir o criminoso.

«Será feito absolutamente tudo para encontrar o assassino», disse Nicolas Sarkozy, durante uma visita à escola, onde decretou um minuto de silêncio, na terça-feira, em todas as escolas francesas e onde prometeu que o ministro do Interior, Claude Guéant, permanecerá na cidade o tempo que for necessário.

Enquanto a hipótese de um «atirador isolado» ter atacado a escola de Toulouse depois de ter já matado três soldados de origem magrebina é investigada, a morte de três crianças e de um adulto desencadeou uma imensa emoção em França, até aos ‘quartéis-generais’ dos candidatos às presidenciais de 22 de abril e 6 de maio próximos.

Aterrorizados e desorientados, pais e alunos da escola judaica Ozar Hatorah em Toulouse expressaram choque e fúria em relação ao ataque classificado pela comunidade judaica como um ato de «antissemitismo ignóbil».

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos