Pepe Vargas:o substituto de Florence
=======================================================

DEU NO GLOBO.COM

O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Afonso Florence, saiu do governo nesta sexta-feira, e será substituído pelo deputado Pepe Vargas (PT-RS). Florence (PT-BA) voltará para a Câmara dos Deputados para “cuidar de projetos políticos pessoais”. Em nota à imprensa, a presidente Dilma Rousseff agradeceu “os inestimáveis serviços prestados” por Florence, que continuará contando com sua “estima e total confiança” na Câmara e em outras funções que venha a exercer. A posse do novo ministro ainda não está marcada.

A nota diz ainda que Florence conduziu “com dedicação e eficiência ações que fortalecem a agricultura familiar e contribuíram para a redução da pobreza no campo e para a promoção da inclusão social”. Ele deixa o cargo, segundo o Palácio do Planalto, “depois de dar importante colaboração ao governo e ao país”. A presidente desejou “boa sorte” a Vargas, “certa de que ele exercerá as novas funções com o mesmo empenho e compromisso que têm caracterizado sua vida pública”.

Florence era considerado um ministro muito apagado por setores do governo e não conseguiu construir uma boa relação com os movimentos ligados à reforma agrária. Ele foi pego de surpresa. A assessoria do MDA já havia divulgado a agenda dele, na próxima terça-feira, em Maceió. Florence participaria da entrega de retroescavadeiras a 31 municípios de Alagoas, dentro do programa do governo federal de financiamento da construção e recuperação de estradas vicinais.

Apesar dos elogios da presidente na nota à imprensa, o desempenho de Florence no Ministério do Desenvolvimento Agrário não agradava ao Planalto nem aos movimentos sociais ligados à reforma agrária. Somente após um ano de governo, a presidente assinou seu primeiro lote de desapropriações de terras para reforma agrária. Foram desapropriadas 60 fazendas, em 13 estados, que devem atender 2.739 famílias.

A saída do ministro enfraquece o poder de Jaques Wagner no governo federal e amplia o espaço dos gaúchos, que já ocupam o Desenvolvimento Social (Tereza Campello), a Advocacia Geral da União (Luís Inácio Adams), os Direitos Humanos (Maria do Rosário), o Banco Central (Alexandre Tombini), a Agricultura (Mendes Ribeiro Filho), a Ciência e Tecnologia (Marco Antônio Raupp) e a chefia de gabinete da Presidência (Giles Azevedo).

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 10 Março, 2012 at 11:06 #

Caro VHS

Salvo engano, a foto postada como de Pepe Bargas é, na realidade, de José Pimentel, aquele senador que acreditou no acordo com Marta Suiplicy para revezar na vice-presidência do senado.


luiz alfredo motta fontana on 10 Março, 2012 at 18:00 #

Caro VHS

Agora, após a correção da foto, pode-se perceber, Pepe ou Pimentel, traduzem a mesmice, um petista em busca de um cargo.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos