mar
04
Postado em 04-03-2012
Arquivado em (Artigos) por vitor em 04-03-2012 11:20

DEU NO SITE CAMARA EM PAUTA


Baianinha, de Santana, personagem de “Os Chicos”

============================================================

Brasília será palco de uma grande festa para celebrar as pessoas que nasceram ou possuem família nas cidades ribeirinhos do Rio São Francisco e que hoje moram na capital federal. O evento “Homenagem ao Velho Chico” terá o lançamento do livro Os Chicos – Prosa e Fotografia (Nitro Editorial), dos mineiros Gustavo Nolasco e Leo Drumond e show de Aloísio Brandão, filho do sertão sanfranciscano radicado em Brasília há cerca de 30 anos. O grande encontro acontecerá no dia 06 de março, no Espaço Cultural Balaio Café (CLN 201 Norte – Bloco B), com entrada gratuita.

“Já fizemos o lançamento do livro em sete cidades brasileiras, mas este será uma festa especial para reunir amantes do Velho Chico e os filhos daquela região que estão espalhados por Brasília. Espero que seja uma noite inesquecível de reencontros e lembranças das margens do São Francisco”, afirma Nolasco, um dos autores do livro Os Chicos

Os Chicos

O livro Os Chicos – Prosa e Fotografia, do jornalista Nolasco e do fotógrafo Drumond, surgiu da pesquisa realizada de 2007 a 2011, quando os autores percorreram as margens do Rio São Francisco, passando por Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

Em homenagem ao nome do rio e para satisfazer suas veias de repórteres, os dois impuseram o instigante desafio de percorrer as comunidades ribeirinhas à caça apenas de personagens que se chamassem Francisco ou Francisca.

A caixa com dois livros – um de prosa e outro de fotografias – traz leituras poéticas de histórias do Rio São Francisco contadas pelos próprios ribeirinhos. Durante o evento “Homenagem ao Velho Chico”, a caixa será vendida por R$ 50,00. Os autores ainda doarão 30 exemplares para bibliotecas públicas do Distrito Federal e entorno.

O livro encerra a primeira etapa do Projeto Os Chicos (www.oschicos.com.br), que teve o patrocínio do Governo Federal, da Cemig, Copasa, do Governo de Minas Gerais, do Banco BMG, da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e do Grupo Orguel. Contou ainda com o apoio da General Motors.

A segunda etapa do projeto se inicia em 2013, numa nova expedição ao longo do Rio São Francisco para a produção e filmagem de um vídeo documentário.

Aloísio Brandão

Baiano da cidade de Santana dos Brejos, sertão do Sudoeste baiano, onde morou até os 17 anos, Aloísio Brandão está radicado em Brasília desde 1980. Jornalista, músico, compositor e agitador cultural, é membro do Movimento Viva Arte, um observatório da cultura permanente que tem como objetivo mobilizar todas as forças das artes de Brasília.

Suas composições e músicas carregam de forma visceral a poesia do sertanejo brasileiro. Entre os seus parceiros de composição estão Climério Ferreira, Luli, Lucina, Ivan Braga, Olivá Apolinário e o genial poeta Vicente Sá. Está produzindo seu disco “O sobrevivente” (título provisório).

Para o evento “Homenagem ao Velho Chico”, Aloísio Brandão preparou um repertório especial tendo como inspiração o Rio São Francisco e sua gente.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos