DEU NO COMUNIQUE-SE (SITE ESPECIALIZADO EM NOTÍCIAS DOS BASTIDORES DA IMPRENSA)

Por Nathália Carvalho

O ‘Cultura Retrô’ que vai ao ar nesta quinta-feira, 23, às 20h40min,
na TV Cultura, resgatará uma entrevista do jornalista João Carlos Teixeira Gomes,
gravada em 2001 pelo extinto programa ‘Opinião Brasil’. Naquele
momento, Gomes relatou ter sido perseguido por Antônio Carlos
Magalhães, o ACM, durante a ditadura militar.

Apresentado por Marina Person, o ‘Cultura Retrô’ conta com a presença
do deputado federal Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), que vai
discutir e comentar as imagens de arquivo escolhidas pela emissora,
além de falar sobre o rótulo de “coronel” que era atribuído ao avô e
padrinho político. O parlamentar também vai comentar a entrevista de
Gomes.

Morto em 2007, ACM governou a Bahia em três momentos. Os dois
primeiros mandatos, por indicação do regime militar, foram de 1971 a
1975 e de 1979 a 1983. O terceiro viria pela escolha popular, em
eleições diretas, de 1991 a 1994. Ele também exerceu mandatos de
prefeito de Salvador e de deputado federal e senador.

fev
23


Marie Colvin:grande perda do jornalismo
=================================================

“Recusamos as declarações que atribuem à Síria a responsabilidade pela morte dos jornalistas que se infiltraram naquele território por sua própria responsabilidade”, anunciou o ministro sírio dos Negócios Estrangeiros citado pela televisão estatal.A notícia
é uma das manchetes internacionais do jornal Público, de Lisboa, na edição online desta quinta-feira(23)

“O ministério dos Negócios Estrangeiros reafirma a necessidade de os jornalistas respeitarem as regras do trabalho jornalístico na Síria e evitarem as infrações entrando em território sírio para acederem a zonas com problemas e que não são seguras”, indicou ainda o ministério.

Morreram ontem num bombardeamento contra Homs a uma grande e premiada repórter norte-americana que trabalhava para o jornal britânico “The Sunday Times” – e o fotojornalista Rémi Ochlik, que trabalhava para a agência IP3 Press.

Pelo menos três outros jornalistas ficaram feridos no mesmo ataque. Desconhece-se a condição em que se encontram hoje estes profissionais.

O regime sírio impõe fortes restrições aos jornalistas estrangeiros e dificulta a obtenção de vistos para entrarem no país e aí se deslocarem livremente.

ONU diz que regime sírio falhou na protecção do seu povo

O governo sírio “falhou, manifestamente, na proteção do seu povo”, denunciou hoje a comissão de inquérito internacional sobre a Síria pela ONU num novo relatório sobre a situação dos direitos humanos no país.

“Desde Novembro de 2011 as forças do regime cometeram violações graves, alargadas e sistemáticas dos direitos humanos”, conclui a comissão, que interrogou 136 novas vítimas desde Novembro último, data do seu anterior relatório.

Criada em Agosto de 2011 pelo Conselho dos Direitos Humanos da ONU, a comissão tinha já concluído no seu primeiro relatório que as forças da ordem tinham levado a cabo crimes contra a humanidade ao conduzirem uma repressão brutal contra os manifestantes.

Mais de 500 crianças foram mortas desde o início da revolta, em Março de 2011, de acordo com a mesma comissão, que cita uma “fonte fiável”.

Atualmente a comissão está particularmente inquieta pela situação que se vive em Homs, o local de maior resistência ao regime do Presidente Bashar al-Assad, avançando que algumas secções do hospital militar de Al Ladhiqiyah se converteram em centros de tortura.

O relatório traça um índice de 38 centros de detenção em 12 cidades onde foram documentadas cenas de tortura.

=========================================

Canção De Embalar

Zeca Afonso

Dorme meu menino a estrela d’alva
Já a procurei e não a vi
Se ela não vier de madrugada

Outra que eu souber será pra ti
ô ô ô ô ô ô ô ô ô ô ô ô (bis)
Outra que eu souber na noite escura
Sobre o teu sorriso de encantar
Ouvirás cantando nas alturas
Trovas e cantigas de embalar
Trovas e cantigas muito belas
Afina a garganta meu cantor
Quando a luz se apaga nas janelas
Perde a estrela d’alva o seu fulgor
Perde a estrela d’alva pequenina
Se outra não vier para a render
Dorme que ainda a noite é uma menina
Deixa-a vir também adormecer

========================================

A beleza e a nostalgia portuguesa sintetizada em uma composição musical. Grande Zeca Afonso. Dulcissima Dulce Pontes!

BOM DIA!

(Vitor Hugo Soares)


===================================================

A reedição de 11 discos de José Afonso e espetáculos musicais em várias cidades portuguesas e no estrangeiro contam-se entre as iniciativas a realizar, hoje, 23 de fevereiro, para assinalar os 25 anos da morte do cantor e compositor que com a sua música “Grândola Vila Morena” deu a senha da Revolução dos Cravos.

Lisboa, Grândola, Barreiro, Coimbra, Braga, Açores, Barcelona e Newark são alguns dos locais onde os 25 anos da morte de José Afonso são lembrados na quarta-feira, para manter “vivo o espírito do Zeca e a lição de dignidade” que transmitiu a todos, como disse à agência Lusa Francisco Fanhais, companheiro de cantigas e de estrada de José Afonso, no período antes do 25 de abril de 1974 e atualmente dirigente da Associação José Afonso.

Considerado durante muito tempo um músico de intervenção ( autor de músicas de protesto político e social), José Afonso é, para Francisco Fanhais e para o jornalista Viriato Teles, “muito mais do que um cantor ou um músico de intervenção”.

Essa designação serve mesmo, para Francisco Fanhais, “para menosprezar toda a parte poética e musical que José Afonso revelou e é um álibi muito bom para que os divulgadores de música o possam banir com toda a tranquilidade”.

“Cada uma das canções de José Afonso faz parte de um conjunto de grande valor musical e poético que, penso, está ainda por descobrir”, disse Francisco Fanhais.

Também o jornalista Viriato Teles, autor do livro “As voltas de um andarilho — Fragmentos da vida e obra de José Afonso”, considera que José Afonso “está ao nível de um dos grandes criadores musicais do mundo”.

fev
23
Posted on 23-02-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 23-02-2012


=============================================
Dálcio, hoje, no Diário do Povo (Campinas-SP)


ACM Neto e Lídice:depois do carnaval a sucessão municipal

====================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Fim do carnaval e sucessão

Ivan de Carvalho

Talvez – mas apenas talvez – haja chegado o momento para a fase das decisões. Digo talvez, pois, em tese e tecnicamente, pode-se adiar os sofrimentos e gabolices dessa fase final do processo seletivo até junho, quando a lei obriga os partidos a fazerem convenções para decidirem ou confirmarem decisões.

Desde os primeiros dias do ano, com insistentes ensaios até mesmo no último trimestre de 2011, fala-se (muito) e trabalha-se (pouco) na escolha de um candidato de união das oposições baianas à prefeitura de Salvador. Cenário completado com discussões e lançamentos de pré-candidaturas no âmbito da base política do governo estadual.

Claro, ainda que um pouco estranho, que aqui se está falando de governismo e oposição na área estadual, quando o alvo fundamental é a prefeitura de Salvador, hoje ocupada pelo renascido prefeito João Henrique, em fase de paixão pública e notória, mesmo, como diria Vinícius de Moraes, que não seja eterna, posto que é chama, mas que parece infinita enquanto dura.

No lado governista do campo, o PT, partido líder do governismo, anunciou alto e bom som, à moda de galo senhor do galinheiro, que o seu candidato – chovam muxoxos, canivetes, pragas ou ironias de senador com liderança – é o deputado Nelson Pelegrino, que se apresta mais uma vez a tentar escalar as escadarias de poucos degraus do Palácio Thomé de Souza.

Mas mal ouvido esse PT, aparece no PSB um deputado, capitão PM Tadeu Fernandes, quase herói (o quase vai aí apenas para diminuir a intensidade das contestações) do ensaio de enfrentamento entre as tropas federais e um grupo numeroso de policiais militares armados em greve, em frente à Assembléia Legislativa. E desde bem antes desse episódio declarava-se o deputado aspirante inarredável à candidatura a prefeito pelo PSB.

Mas tudo bem, não é ele, mas a senadora e presidente estadual Lídice da Mata que tem o controle do partido e não mostra disposição de permitir a candidatura do deputado Tadeu. Revelava tendência para apoiar o candidato do governador Wagner e repelia, até nos bastidores de seu partido, a ideia de ser, ela mesma, candidata. Até a véspera do carnaval. Mas, no encerramento deste, subiu no trio elétrico. Admitiu ao site Política Livre: “Sou senadora pela Bahia. Meu nome só aparecerá se for do interesse do PSB nacionalmente e regionalmente. Eu não posso dizer que não.” Comentou ainda que as pesquisas podem influenciar sua decisão.

Dito assim, desconfio que já começaram a influenciar. Seja lá qual for o dado-chave. E tem mais dois no lado do governo. A deputada federal Alice Portugal, do PC do B, cuja candidatura, além de ser para valer, conforme assegura o partido, nenhum prejuízo pode causar à candidata, que tem somente a ganhar. O PT se mata e “mata” o companheiro Joseph Bandeira para conseguir que os petistas de Juazeiro apoiem a reeleição do prefeito comunista de lá, para facilitar aqui o apoio do PC do B ao petista Pelegrino, mas o PC do B jura sobre a tumba de Karl Marx que Alice veio para ficar e fará maravilhas.

A oposição está um furdunço. O PSOL lançará seus dois nomes mais conhecidos – Hilton Coelho e Marcos Mendes – para vereador e um tal Hamilton para prefeito. O Democratas, que tem em ACM Neto sua principal liderança, bem à frente de qualquer outro político nas pesquisas eleitorais reservadas, quer lançá-lo para prefeito novamente (concorreu em 2008). Ele lidera as pesquisas e tem aliados no PSDB, mas a legenda não retirou a candidatura do deputado, ex-governador e ex-prefeito Antonio Imbassahy.

Existem ainda a candidatura a ser lançada (tudo indica) do deputado e chefe da Casa Civil do prefeito João Henrique, João Leão, a prefeito, pelo PP. E falta uma posição do PMDB. O partido não parece andar para uma coalizão com o DEM e o PSDB, como a princípio se acreditava. Pode apoiar Alice Portugal (o PC do B de Alice é, como o PMDB, da base do governo Dilma Rousseff). O principal líder do PMDB, Geddel Vieira Lima, admitiu também “examinar a hipótese” de ser candidato a prefeito. E explicou que isto é bem diferente de dizer que será. E o PR trocou o auto-candidato deputado Maurício Trindade por seu presidente estadual, ex-governador e ex-senador César Borges.

fev
22
Posted on 22-02-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 22-02-2012

Oito corpos foram localizados por mergulhadores esta quarta-feira (22) no interior do navio de cruzeiro Costa Concordia que naufragou na Italia, informou a empresa encarregada da limpeza dos destroços do acidente de 13 de janeiro.

“Foram localizados cadáveres de vítimas. Está em curso a operação para os recuperar”, disse Francesca Maffini, porta-voz da empresa, contactada telefonicamente pela agência France Presse para a ilha de Giglio, onde o navio naufragou matando 32 pessoas.

“Os cadáveres estão em estado de decomposição, depois de todo este tempo na água. É difícil dizer exatamente quantos foram encontrados”, explicou uma fonte dos trabalhos de recuperação citada pela mesma agência.

A agência de proteção civil italiana informou num comunicado que os cadáveres foram localizados na ponte 4.

O Costa Concordia transportava 4229 passageiros e cerca de 1500 tripulanes quando bateu em rochas junto à ilha de Giglio, na Toscânia. 17 corpos foram recuperados nos dias seguintes ao acidente, havendo ainda 15 desaparecidos – seis alemães, quatro italianos, entre os quais uma menina de cinco anos -, dois franceses, dois norte-americanos e um indiano.

fev
22
Posted on 22-02-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 22-02-2012


DEU NO IG

Os planos de saúde não podem estabelecer limite máximo de gastos com internações em hospitais nem prazo máximo de permanência do segurado, segundo definiu o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os ministros da Quarta Turma do STJ entenderam, por unanimidade, que esse tipo de cláusula é abusiva. A decisão não vincula as demais instâncias da Justiça, mas abre precedente para situações semelhantes.

A decisão é da semana passada, mas foi divulgada apenas nesta quarta-feira (22) pelo STJ. Os ministros analisavam o recurso da família de uma mulher que ficou dois meses internada na UTI devido a um câncer de útero. No décimo quinto dia de internação, a seguradora queria suspender o pagamento alegando que havia sido atingido o limite do contrato de R$ 6.500. Uma liminar garantiu que a empresa continuasse arcando com os gastos até que a mulher morreu.

A cláusula que colocava limite de gasto foi mantida pelo juiz de primeiro grau e pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), que entenderam que o contrato era claro ao estabelecer a restrição e que a adesão foi uma opção da segurada. No entanto, os ministros do STJ reverteram a decisão alegando, principalmente, que o valor da cobertura é muito reduzido.

Para o relator, ministro Raul Araújo, a saúde humana não pode ficar sujeita a limites como acontece em um seguro de carro. Ele também lembrou que a legislação da época vedava a limitação desses tipos de prazos. Os ministros também decidiram fixar o valor de R$ 20 mil de dano moral devido à aflição que o episódio causou na paciente e em sua família.

fev
22

http://youtu.be/hCY9V9HqJDQ

====================================================
A Bossa pede passagem com o Charlie Byrd Trio no carnaval sem Carnaval

Boa Noite

(Gilson Nogueira)

=======================================================

SAMBA ENREDO DA UNIDOS DA TIJUCA

Autores: Vadinho, Josemar Manfredine, Jorge Callado e Silas Augusto

Nessa viagem arretada
“Lua” clareia a inspiração
Vejo a realeza encantada
Com as belezas do Sertão!
“Chuva, sol” meu olhar
Brilhou em terra distante
Ai que visão deslumbrante, se avexe não!
Muié rendá é rendeira
E no tempero da feira
O barro, o mestre, a criação!

Mandacaru a flor do cerrado…
Tem “xote menina” nesse arrasta pé
Oh! Meu Padim, santo abençoado
É promessa eu pago, me guia na fé

Em cada estação, a “triste partida”
Eu vi no cangaço vida severina
Á margem do Chico espantei o mal
Bordando o folclore raiz cultural…
Simbora que a noite já vem, “saudades do meu São João”
“Respeita Véio Januário, seus oito baixo tinhoso que só”
“Numa serenata” feliz vou cantar
No meu pé de serra festejo ao luar…
Tijuca a luz do arauto anuncia
Na carruagem da folia, hoje tem coroação!

A minha emoção vai te convidar
Canta Tijuca vem comemorar
“Inté asa branca” encontra o pavão
Pra coroar o “Rei do Baião”

VIVA LUIZ GONZAGA, IMORTAL REI DO BAIÃO E DOS NORDESTINOS ESPALHADOS POR TODOS OS RECANTOS!!!

VIVA PENAMBUCO DE GONZAGÃO, SEMPRE!!!.

VIVA A UNIDOS DA TIJUCA QUE OUSA QUEBRAR A MESMICE DOS DESFILES NO SAMBÓDROMO E VENCE COM TODOS OS MÉRITOS O CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO EM 2012.

VIVA O CARNAVAL!!!

(Vitor Hugo Soares)

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 26 27

  • Arquivos

  • Fevereiro 2012
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    272829