Miriam Belchior:pico de pressão em Brasilia
===============================================

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, passou mal durante uma reunião em Brasília na noite desta quarta-feira.

Com pressão alta, ela chegou a ser atendida em hospital da cidade. Miriam decidiu viajar para o hospital Sírio-Libanês em São Paulo para fazer um check-up completo.

Segundo a assessoria de imprensa da ministra, ela não teve um enfarte, mas sim “picos de pressão alta”.

O hospital Sírio-Libanês não confirmou a internação na noite desta quarta-feira. Ela deve ser atendida na manhã desta quinta-feira pela equipe de médicos que atende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff.

http://youtu.be/hR_B8bC7M-Q
======================================

Pelo menos 73 pessoas morreram na sequência de confrontos registados em Port Said, no final de um jogo de futebol entre o Al-Ahly, treinado pelo português Manuel José, e o Al-Masry.

De acordo com fontes hospitalares, há pelo menos 73 mortos, depois de uma invasão de campo que acabou em cenas de violência entre as torcidas das duas equipes.

Os confrontos começaram mal o árbitro deu por terminado o jogo em que o Al-Masry impôs a primeira derrota da temporada ao Al-Ahly, com os torcedores atirarando pedras, tochas e garrafas, tendo inclusive ferido alguns jogadores.

Os jogadores do Al-Ahly foram conduzidos ao vestiário depois de serem perseguidos pelos seguidores do Al-Masry, explicou a EFE, que relata pequenas invasões de campo a cada gol da equipa local.

Aquele que é um dos piores incidentes desportivos nas últimas décadas no Egito estendeu-se já ao estádio do Cairo, onde se disputava o jogo entre o Al-Ismailiya e o Zamalek, com parte das bancadas sendo incendiada.

(Com informações do portal português TSF e agencia EFE e video do You Tube)

fev
01
Posted on 01-02-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 01-02-2012


==================================================
Michel Temer, vice no exercício da presidencia da República, aplaude de pé o discurso do ministro do Supremo Tribunal Federal , Cezar Peluso, que negou crise no Judiciário brasileiro em dia de julgamento sobre CNJ.
Foto: O Globo Online


Cedraz:sinal aberto no TCU para leiloar aeroportos
================================================

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Aroldo Cedraz (o mesmo que quando deputado pela Bahia produziu o projeto que mudou o nome do Aeroporto 2 de Julho para Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães), aprovou com ressalvas as mudanças feitas pelo governo federal no edital de licitação dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília.

Essas ressalvas, no entanto, não impedem a realização do leilão, marcado para a próxima segunda-feira, dia 6 deste mês.

“Nenhum desses pontos justifica medidas acautelatórias”, afirmou o ministro ao destacar mudanças que possam ser adotadas em futuras licitações. “Voto para que o Tribunal aprove o acórdão com ressalvas, expedindo recomendações à Agência Nacional de Aviação Civil e ao Conselho Nacional de Desestatização.”

Cedraz afirmou ainda que este “não é o modelo ideal, mas é o modelo possível”, dada a urgência do processo.

CCR confirma interesse

O diretor Financeiro e de RI da CCR, Arthur Piotto, confirmou, hoje, que a companhia irá apresentar propostas para os aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília no leilão que irá ocorrer na próxima segunda-feira, 6. O executivo afirmou que a expectativa é que a concorrência para os três aeroportos seja bastante acirrada.

“Nós estamos trabalhando para entregar a proposta amanhã e nos preparamos para cumprir o cronograma”, disse Piotto. A companhia participará do leilão em um consórcio em que terá como sócia a operadora internacional Zurich

(Com informações do IG e Estadão)


Rafinha:APAE pediu proibição do DVD
============================================
A Justiça de São Paulo concedeu liminar que proíbe a venda do DVD A Arte do Insultos, do humorista Rafinha Bastos.

No DVD, ele faz piadas ofensivas em relação aos deficientes físicos e mentais.

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Paulo (Apae São Paulo) entrou com ação cível para que a circulação e a venda do DVD fosse proibida.

Foi o secretário municipal da pessoa com deficiência e mobilidade reduzida, Marcos Belizário, quem incentivou a Apae a entrar com a ação.

(Informações da coluna Poder Online, do IG)

http://youtu.be/rXz-IW3OuSw

Orquestra Românticos de Cuba – Oracion Caribe-Traicionera – En Bolero – 60’s.
Segundo os estudiosos a Orquestra Românticos de Cuba lançou 34 discos durante sua trajetória. A orquestra pertencia ao cast da Musidisc, leia-se, Nilo Sérgio. A idéia de se lançar no mercado conjuntos e orquestras com pseudônimos, ele trouxera dos Estados Unidos ao retornar para o Brasil, no início dos anos 50. Este grupamento de artistas reunia-se em estúdio para as gravações, e nunca se apresentaram em público. O regente era o fabuloso Severino Araújo, da Orquestra Tabajara, que nos estúdios Musidisc incorporava a “Orquestra Românticos de Cuba”, ele e seus magníficos músicos. Alguns atribuem o fim da Orquestra ao período da Revolução de 1964, porém nos bailes nas casas dos militares, o que se ouvia nos anos 60 era justamente esta orquestra. No início dos anos 80 ainda havia álbuns sendo lançados pela gravadora, inclusive o famoso “Orquestra Românticos de Cuba Interpreta Roberto Carlos”, portanto, as razões devem ter sido mercadológicas e não políticas, pois o pessoal fardado adorava esta orquestra

(Postado por Geraldo Nunes Filho, no You Tube)

BOA TARDE A TODOS!!!

Havana – A presidente brasileira, Dilma Rousseff, reuniu-se ontem (terça-feira) com o aposentado líder da revolução cubana, Fidel Castro, durante uma visita de menos de 48 horas à Havana, informaram sites governamentais cubanos.

“A presidente Dilma Rousseff participou de uma reunião na tarde de terça-feira com o líder da revolução cubana Fidel Castro”, publicou o site governamental “Cubadebate”.

“Dilma Rousseff e Fidel Castro encontraram-se em Havana”, escreveu por sua vez o blogueiro oficial Yohandry, que está informado sobre o que ocorre na ilha e antecipa notícias do governo cubano.

O encontro, no qual Dilma participou com uma “comitiva reduzida”, ocorreu depois de uma reunião com o presidente Raúl Castro, irmão mais novo de Fidel e que o sucedeu em 2006 devido a problemas de saúde.

Depois a presidente brasileira visitou o porto de Mariel, há 50 quilómetros a oeste de Havana, que está a ser modernizado com financiamento brasileiro.

“Espero essa reunião com muito orgulho”, disse Dilma aos jornalistas a presidente Dilma pouco antes do Itamaraty também confirmar o encontro de Fidel com a ex-guerrilheira, que durante a visita a Havana, encerrada hoje, evitou encontros com representante de grupos de defesa dos direitos humanos e com a blogueira dissidente do regime, Yoani Sanchez, que defende liberdade de expressão e aguarda permissão do regime para visitar
Bahia este mês.

A presidente do Brasil, que chegou segunda-feira à Havana e inicia hoje, quarta-feira, uma visita ao Haiti, recusou-se a fazer críticas as autoridades de Cuba em relação aos direitos humanos, e disse que preferia abordar esse controverso tema a partir de uma “perspectiva multilateral”.

O último encontro de Fidel com um governante estrangeiro ocorreu a 11 de Janeiro, quando recebeu o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad.

Fidel dedica o seu tempo a cuidar da saúde, a escrever artigos de imprensa e cultivar moringa (uma árvore tropical).

(Postado por Vitor Hugo Soares com informações da ANGOP e outra agencias internacionais de notícia)


===================================
“Solo le pido a Dios”(Eu só peçp a Dios) na interpretação em dupla da saudosa cantora argentina Mercedes Sossa e da nossa Beth Carvalho.

E todos atentos à reunião da tarde desta quarta-feira(1/2) do Supremo Tribunal Federal, que pode ser histórica.

BOA DIA!!!


(Vitor Hugo Soares)


Uma nação ligada na decisão do Supremo
==============================================

DEU NO IG

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga nesta quarta-feira uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que busca reduzir os poderes de investigação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Com dois grupos bem definidos na Corte, os votos das ministras Cármen Lúcia e da estreante Rosa Weber serão decisivos para o futuro do órgão de controle do Judiciário.

Na prática, o STF vai ter que decidir se o CNJ pode abrir processos ético-disciplinares contra magistrados ou é obrigado a esperar que as corregedorias locais o façam. Entre os ministros, o presidente da Casa, Cezar Peluso, está no grupo dos que entende que o CNJ só pode agir depois das corregedorias. Junto com ele estão Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Marco Aurélio Mello – este último é o autor da liminar que restringiu os poderes do Conselho.

Noutro lado estão os ministros Ayres Britto, Gilmar Mendes, Joaquim Barbosa e Dias Toffoli. Eles fazem parte do grupo que entende que o CNJ foi criado justamente porque as corregedorias locais não faziam seu trabalho de forma satisfatória e não puniam em tempo hábil magistrados que cometeram irregularidades.

Para além dos grupos está Luiz Fux. Sua posição é intermediária. O ministro entende que é preciso restringir os poderes do CNJ, mas não completamente. Ele deve defender a criação de prazos e regras para a ação das corregedorias locais. Se elas não tomarem providências em tempo hábil, o CNJ poderia, então, intervir.

Neste quadro os votos de Cármen Lúcia e Rosa Weber serão decisivos para definir se o CNJ terá seus poderes mantidos ou diminuídos.

Crise

No centro da recente crise do Judiciário está a corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon. Numa de suas investigações, barrada pelo ministro Ricardo Lewandowski, ela revelou que, só em São Paulo, 45% dos desembargadores não entregaram declarações de bens e rendimentos, o que contraria uma lei de 1993. Em novembro, a corregedora já havia causado rebuliço no Judiciário ao afirmar que existem “bandidos de toga”.

O Judiciário é o poder mais opaco da República. O Executivo e o Legislativo, embora omitam alguns dados – como o pagamento de bonificações, o que impede o cálculo dos chamados supersalários de servidores –, disponibilizam na internet parte significativa de informações relacionadas à transparência, como o valor dos salários e ajuda de custos com moradia e passagens aéreas recebidos, por exemplo, por ministros e parlamentares.

A Ordem dos Advogados do Brasil tem se posicionado contra as restrições ao CNJ. Nesta terça-feira a OAB realizou um grande ato em defesa do poder de investigação do Conselho. Recentemente, em entrevista ao iG, o presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, afirmou que se o plenário do STF tornar a atuação do conselho subsidiária é “melhor acabar com o órgão”. Ele diz ainda que essa decisão comprovará a tese de que o Judiciário se vê acima dos outros poderes e não aceita ser fiscalizado.

fev
01
Posted on 01-02-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 01-02-2012


=================================================

Samuca, hoje no Diário de Pernambuco(PE)

Pages: 1 2

  • Arquivos

  • Fevereiro 2012
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    272829