jan
18


===============================================================
Ouça a música e comprove: no Novos Baianos todos eram bons, mas esta menina chamada Baby Consuelo, que virou Baby do Brasil, é demais!!!
E por falar nisso, quem sabe informar por onde essa menina anda agora?

BOA NOITE!!!

(VHS)

jan
18


==============================================================

DEU NO G1

A Academia das Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou nesta quarta-feira (18) uma lista de pré-selecionados para a disputa do prêmio de melhor filme estrangeiro. O brasileiro “Tropa de elite 2”, que estava inscrito entre os 63 primeiros, está fora. A lista final de indicados nesta e nas demais categorias será divulgada na terça (24).
Tropa de elite 2 (Foto: Divulgação)Wagner Moura em cena de “Tropa de elite 2” (Foto: Divulgação)

Da lista de nove filmes anunciada hoje, cinco serão oficialmente indicados para disputar o Oscar. Os filmes pré-selecionados são os seguintes:

“Bullhead” (Bélgica), de Michael R. Roskam
“Monsieur Lazhar” (Canadá), de Philippe Falardeau
“Superclásico” (Dinamarca), de Ole Christian Madsen
“Pina” (Alemanha), de Wim Wenders
“A Separation” (Irã), de Asghar Farhadi
“Footnote” (Israel), de Joseph Cedar
“Omar Killed Me” (Marrocos), de Roschdy Zem
“In Darkness”(Polônia), de Agnieszka Holland
“Warriors of the Rainbow: Seediq Bale” (Taiwan), de Wei Te-sheng

DEU NO JORNAL DIGITAL BAHIA 247

O Ministério das Comunicações informa que a interrupção dos serviços é uma das sanções que pode ser aplicada à TV Globo por causa da difusão de imagens de suposto estupro no programa Big Brother Brasil. O Ministério vai verificar se as imagens transmitidas estiveram “em desacordo com as finalidades educativas e culturais da radiodifusão”, conforme exigem o Código Brasileiro de Telecomunicações e o Regulamento dos Serviços de Radiodifusão.

Nessa apuração, o primeiro passo será “identificar se o possível estupro foi veiculado na TV Globo”. Já foi solicitada à TV Globo a gravação da programação veiculada nos dias 14 e 15 de janeiro de 2012, para degravação, destaca o Ministério, em nota.

Será avaliado, ainda, se as imagens transmitidas também estiveram em desacordo “com a manutenção de um elevado sentido moral e cívico, não permitindo a transmissão de espetáculos, trechos musicais cantados, quadros, anedotas ou palavras contrárias à moral familiar e aos bons costumes, expondo pessoas a situações que, de alguma forma, redundem em constrangimento, ainda que seu objetivo seja jornalístico”. Se a situação de descumprimento das regras da radiodifusão for encontrada, o Ministério vai instaurar Processo de Apuração de Infração, e as sanções podem envolver multa e até mesmo a interrupção dos serviços.

No caso da tevê aberta, a fiscalização cabe ao Ministério. Quanto à tevê por assinatura, a fiscalização é da Agência Nacional de Telecomunicações(Anatel), nos termos da Lei Geral de Telecomunicações (LGT). Por isso, paralelamente, foi solicitado à Anatel que também faça também a verificação da veiculação dessas imagens nos canais de TV paga. O Ministério lembra que a emissora é outorgada concessionária do serviço de radiodifusão de sons e imagens.

jan
18
Posted on 18-01-2012
Filed Under (Artigos) by vitor on 18-01-2012

Em março de 2007 ( quando era editor de Opinião do jornal a Tarde ) escrevi um artigo sobre a posse da juiza Sara Silva de Brito no Tribunal de Justiça da Bahia, em solenidade com a participação da então ministra do STF, Eliana Calmon, que fez um pronunciamento histórico como o momento pedia.O texto, além do jornal baiano, foi publicado também no Blog do Noblat e na revista digital Terra Magazine.

Menos de cinco anos depois, nesta quarta-feira da eleição de Sara para o TRE baiano, Bahia em Pauta reedita o artigo de seu editor – e o reafirma em cada palavra – em homenagem a uma juiza exemplar e aos pares da justiça baiana que a escolheram.

(Vitor Hugo Soares)

================================================================================

OPINIÃO

A escritora Simone e a juíza Sara

Vitor Hugo Soares

Em altar da minha estante de livros cultuo com toda devoção A Força das Coisas, terceira parte das memórias de Simone de Beauvoir, que fala de pessoas, livros, filmes e viagens, com muitas páginas sobre o Brasil e a visita à Bahia junto com Sartre.

Além de ser a autora uma das minhas paixões literárias e políticas na juventude e sempre, a obra é um presente ofertado por um casal de amigos especiais, Sara Silva e Pedro Milton de Brito, ambos de trajetória histórica na resistência política e na justiça da Bahia a partir da década de 60.

Ela, Sara, juíza de direito, ex-combatente nas ruas de Salvador e do Rio de Janeiro nos movimentos sociais, foi eleita membro permanente do Tribunal de Justiça da Bahia – tantas vezes citado como um dos mais conservadores do País.

Ele, Pedro, duas vezes presidente da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil e de ação invulgar no Conselho Nacional da OAB, ganhador post-mortem do I Prêmio dos Direitos Humanos da OAB-BA.

A eleição por mérito de Sara para o TJB assume significado duplo de reconhecimento e de justiça. Sob a ótica política, assinala um avanço expressivo do processo de transformação da vida pública e dos poderes no País e no Estado.

A mais nova desembargadora da Bahia nasceu em família modesta do empobrecido e relegado município de Itapicuru. Em estudo recente da Organização das Nações Unidas (ONU), a cidade aparece como a de mais baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo. No império, Itapicuru foi domínio de poderosos barões, senhores da terra e de seus habitantes. Mais tarde, serventia de influentes políticos republicanos no Estado.

Em 64, mesmo ano em que foram rompidas as barreiras do Estado democrático pelo regime discricionário que então se implantava no Brasil, Sara era aprovada no vestibular da ilustre e agitada Faculdade de Direito da UFBA.

Principal líder feminina do movimento estudantil, virou referência por seu comportamento destemido e, às vezes, temerário. Como não notar aquela figura de mulher nordestina equilibrando-se – como uma Simone de Beauvoir nas barricadas de Paris – sobre um pára-choque de ônibus, em frente ao Palácio do Governo, no centro de Salvador?

Dali ela empolgava “a massa” nas passeata baianas, como registraram os jornais na época. Presa inúmeras vezes, Sara teve a sua matrícula cassada – juntamente com dezenas de outros estudantes da UFBA – e foi expulsa da Faculdade de Direito, no último ano do curso, por força do Ato Institucional nº5.

Conseguiu concluir o bacharelado na Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, onde o baiano Elquisson Soares era presidente do Diretório Acadêmico, mas não escapou das perseguições.

Presa, foi trazida para Salvador e encarcerada na antiga Casa de Detenção do Largo de Santo Antônio, onde ficou por quase três anos. Foi solta por força de habeas corpus impetrado por Pedro Milton, também ex-preso político. Impedido de tomar posse como procurador da República depois de aprovado em concurso entre os primeiros lugares, ele começava a exercer a sua verdadeira vocação, a de advogado.

A força das coisas de que fala Simone em seu livro de memórias começava a agir. Pedro e Sara se casaram e mantiveram a porta da residência do casal aberta para as visitas e encontros indispensáveis com amigos e companheiros de profissão em busca do saber, do afeto e do incrível bom humor que Pedro Milton de Brito compartilhava generosamente.

Lugar de refúgio também dos perseguidos políticos e da gente de todas as classes e profissões, à procura de justiça: dos ex-governadores Waldir Pires, atual ministro da Defesa, e Lomanto Júnior, ao ex-prefeito Mário Kertész; dos jornalistas João Carlos Teixeira Gomes (Joca) e Joaci Goes; dos ex-deputados Chico Pinto, Elquisson Soares e Emiliano José ao atual bispo de Feira de Santana, Itamar Vian, e até a líder indígena da Bolívia Domitila Barrios.

Na despedida prematura de Pedro, que não viu a chegada do século XXI, em que apostava esperanças de otimista imbatível, Waldir Pires afirmou à beira do caixão: “Se foi um representante da Bahia digna”. O jornalista Bob Fernandes, em texto comovido, completava dias depois na revista Carta Capital: “Não há quem duvide, mesmo os representantes indignos”.

Com a chegada da desembargadora Sara Silva de Brito ao Pleno do TJB – a posse está marcada para hoje -, um sinal cristalino de que a Bahia de que falam o ministro e o jornalista sobrevive.

Vitor Hugo Soares é jornalista, editor do Bahia em Pauta. Escreve atualmente na Tribuna da Bahia, Blog do Noblat, Terra Magazine e Portal da Metropole.

jan
18

DEU NO IG
Mercadante e Raupp:mexida no ministério Dilma
=========================================================

O governo oficializou nesta quarta-feira a ida do atual ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, para o Ministério da Educação, no lugar de Fernando Haddad, que deixa o cargo para disputar a Prefeitura de São Paulo.

Na vaga deixada por Mercadante, o governo confirmou o nome do atual presidente da Agência Espacial Brasileira, Marco Antônio Raupp.

Leia também: Educação dá vitrine a Mercadante, mas esbarra em plano eleitoral

Prestes a assumir um orçamento de R$ 85 bilhões na nova pasta, Mercadante ganha a chance de construir uma “marca gerencial” – algo que até agora não conseguiu concretizar, na avaliação de alguns colegas de partido. Por outro lado, o cargo não condiz necessariamente com os planos eleitorais traçados pelo ministro até então.

O petista alimentou nos últimos meses a ideia de disputar governo paulista pelo PT em 2014 – cargo ao qual se lançou em 2006 e 2010. Internamente, deixou claro, por exemplo, que não tinha a intenção de se colocar na disputa pela prefeitura paulistana neste ano. Preferia priorizar o Palácio dos Bandeirantes dois anos depois.

Haddad, Mercadante e Raupp estarão na primeira reunião ministerial de 2011, marcada para segunda-feira (23). No mesmo dia, Haddad ainda comandará a cerimônia que marcará a meta de 1 milhão de bolsistas atingida pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

As exonerações e nomeações serão publicadas no Diário Oficial da União de segunda (23) ou terça-feira (24). A posse e transmissão dos cargos estão previstas para terça-feir

A desembargadora Sara Silva de Brito venceu por 18 votos contra 17 obtidos pela concorrente Dayse Lago, a disputa renhida e marcada por fortes emoções, como se previa desde cedo, para escolha do novo ocupante no TRE da vaga deixada pelo desembargador Mario Alberto Hirs, recentemente eleito para a presidência do TJB.

Desde a manhã desta quarta-feira (18) praticamente não se falava de outra coisa nos gabinetes e corredores do Tribunal , no Centro Administrativo da Bahia. A candidata Dayse Lago tinha o apoio aberto do desembargador Carlos Alberto Dultra Cintra, atual presidente do TRE. Sara foi a candidata sem padrinhos, mas respaldada em uma história pessoal e profissional de luta, competência, ética e superação. Antes da votação, o placar de palpites nos corredores do judiciário baiano indicava vitoria apertada de Dayse, daí o significado ainda maior do triunfo de Sara.

Mais cedo, ao informar sobre a eleição, o Bahia em Pauta opinou: “A disputa de hoje no TRE é dura, principalmente entre as duas desembargadoras que estão no páreo. BP, no entanto, não tem dúvida: torce por Sara Brito pelos mesmos motivos que sempre esteve do lado da corregedora Eliana Calmon, do CNJ – capacidade profissional, coragem e luta decidida pela restauração ética da justiça na Bahia e no País”.

Divulgado o resultado o BP reafirma cada palavra a saúda a justiça da Bahia na figura da desembargadora Sara.

(Postado por Vitor Hugo Soares)

jan
18

DEU NO SITE DE CHICO BRUNO
(http://www.chicobruno.com.br)

Fresta da Varanda:

O que João foi fazer na Espanha?

O jornalista Clécio Max na coluna, desta quarta-feira (18), que pilota no Correio, jornal da família Magalhães, mostra como é inócua a viagem do prefeito de Salvador João Henrique (PP) à Espanha, que de acordo com sua assessoria foi “conhecer a funcionalidade do sistema de metrô” de três cidades: Madri, Barcelona e Bilbao.

Clécio alerta que “nas duas metrópoles semelhantes a Salvador, o prefeito vai acabar desiludido com a comparação”.

“Em Madri, com pouco mais de 3 milhões de habitantes, o metrô, inaugurado em 1919, tem 283 quilômetros em 13 linhas e 281 estações – interligados a 27 quilômetros de 3 linhas de VLT com 38 estações. Em Barcelona, com 1,6 milhão de habitantes (1 milhão a menos do que Salvador) o metrô, que começou a funcionar em 1924, tem 117 quilômetros em 11 linhas, com 148 estações”.

Mas Bilbao, que poderia ser um bom exemplo, também não trará ensinamentos ao prefeito João Henrique, segundo informa Clécio.

“Só Bilbao tem um metrô mais moderno, que poderia ser exemplo para Salvador: lá, entretanto, a obra começou em 1988 e, sete anos depois, a Linha 1, com 29 quilômetros e 23 estações, era inaugurada. A linha 2 começou a funcionar em 2002 e já tem 20 quilômetros. O sistema funciona alimentado por linhas de ônibus. Poderia ser uma boa comparação para Salvador – o problema é que Bilbao tem apenas 355 mil habitantes”.

Daí a pergunta que intitula essa Fresta da Varanda:

O que João foi fazer na Espanha?


Sara Brito:nome que honra a justiça baiana
===========================================================

DEU NA COLUNA TEMPO PRESENTE DO JORNAL A TARDE

Vai ser boa a disputa pela vaga do desembargador Mário Alberto Hirs (presidente eleito do TJ) no TRE. Quatro desembargadores disputam a vaga: Olegário Caldas, Clésio Rosa, Sara Brito e Dayse Lago (vice-presidente em exercício). O resultado é imprevisível.

=======================================

BAHIA EM PAUTA COMENTA: Sim, a disputa de hoje no TRE é dura, principalmente entre as duas desembargadoras que estão no páreo. BP, no entanto, não tem dúvida: torce por Sara Brito pelos mesmos motivos que sempre esteve do lado da corregedora Eliana Calmon, do CNJ – capacidade profissional, coragem e luta decidida pela restauração ética da justiça na Bahia e no País.

(Postado por Vitor Hugo Soares )

.


======================================================
“Sabina siempre!”, como proclama um ouvinte deste vídeo no You Tube

BOM DIA A TODOS!!!

(VHS)

jan
18

DEU NO IG
Fora do ar Wilkpedia reage contra censura na WEB
=====================================================

A Wikipedia, enciclopédia colaborativa online, cumpriu sua promessa nesta quarta-feira (18) e ficou fora do ar, em protesto contra a votação do projeto de lei SOPA (Stop Online Privacy Act), em discussão no congresso americano. Ao tentar acessar o site nas próximas 24 horas, em vez de ver os artigos colaborativos, os internautas encontram uma página preta com a mensagem “Imagine um mundo sem conhecimento livre”.

Por meio da página, a Wikipedia também afirma que, com o projeto de lei SOPA e o PIPA (Protect Intellectual Property Act), “o congresso americano está considerando uma legislação que pode, fatalmente, danificar a internet livre e aberta”. O texto também oferece um link para uma página oficial da Wikipedia (organizada pela própria Wikimedia Foundation), em que o internauta pode saber mais sobre o que é o projeto de lei SOPA e de que forma ele afeta os princípios fundamentais da internet.

Os projetos de lei SOPA e PIPA ganharam oposição de grandes empresas de internet, empreendedores e internautas, porque seu objetivo é o de impedir que sites estrangeiros reproduzam conteúdo desenvolvido nos Estados Unidos, de forma a infringir a lei de direitos autorais, mas em sua forma atual, a lei pode dar poderes aos EUA de censurar sites legítimos em operação na web. “Este é um problema que não afeta somente as pessoas nos Estados Unidos, mas em todo o mundo”, diz a Wikipedia, no comunicado.

O protesto antecede a votação do projeto PIPA, que deve ser discutido pelo congresso dos EUA na próxima semana, e do SOPA, que está marcada para o início de fevereiro. O projeto de lei tem o apoio de grandes empresas, como Microsoft, Apple, Adobe, AVG e Dell. Entre os outros sites que protestam contra as leis, com o “apagão” da internet, está também o serviço de blogs WordPress, que exibe blogs com a tarja “Censurado” em sua página inicial .

Pages: 1 2

  • Arquivos

  • Janeiro 2012
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031