dez
31


Monumento a Ary: atração diante do La Fiorentina

=====================================================

A sexta-feira(30), penúltimo dia e madrugada de 2011 da turma do Bahia em Pauta de férias no Rio de Janeiro , não poderia ter sido melhor e mais agradável.Não dá para contar tudo (nem cabe) aqui e agora. Por enquanto, basta dizer que tudo começou ainda de manhã no Clipper, um barxinho superanimado do Leblon. Seguiu à tarde no Mondego, avenida Atlântida, e terminou já na madrugada de hoje(31) no “La Fiorentina”, um renovado ponto de encontro para comer bem, beber e conversar localizado no Leme, bem ao pé do monumento a Ary Barroso, um dos mais visitados da cidade maravilhosa atualmente.

Chegamos ao “La Fiorentina” levados pelo jornalista Roberto Gonçalves e sua Nina (também amiga do peito), atualmente no jornalismo da TV Globo, mas parceiro leal de profissão, amigo especial de fé e de farra deste editor do BP desde tempos gloriosos do Jornal do Brasil. Juntos varamos a madrugada de um reencontro para não esquecer.

Mas quando saímos do Lá Fiorentina ainda deixamos por lá mesas animadas como a da sambista Beth Carvalho(e muitos amigos) e a do jornalista e escritos Artur Poerner, que mesmo depois dos 70 não perde uma noite na casa preferida de Ary Barroso no Rio de Janeiro.

Que noite!

(Vitor Hugo Soares)=======================================

Abaixo um texto recolhido na Internet sobre o La Fiorentina

Templo maior dos artistas e intelectuais do final da década de 1950 ao início da década de 1990, o restaurante La Fiorentina, no bairro do Leme tem muita história para contar.

Foi inaugurado em 1957 e durante 31 anos freqüentado pela intelectualidade carioca que, não se sabe quem começou, deixava sua assinatura nas paredes e colunas do restaurante.

Artistas famosos, advogados ilustres, médicos, escritores, etc., sentiam-se orgulhosos ao serem convidados para assinar uma parede. Milhares de assinaturas, àquela altura, se sobrepunham umas às outras, em variadas cores, parecendo um afresco moderno.

O espaguete com frutos do mar e a lasanha verde à bolonhesa eram os capitães da cozinha. O chope, da Brahma, geladíssimo, rivalizava com o vinho em caneca (de gosto duvidoso) da casa. O porteiro vendia cigarros americanos por baixo do pano. Dois leões de bronze tomavam conta da entrada.

Um terrível incêndio, em 1988, acabou com tudo, inclusive cremou os milhares de assinaturas das celebridades que decoravam as paredes. Foi um dia muito triste. Os freqüentadores fizeram questão de lá comparecer, como uma última homenagem e muitos choravam copiosamente.

Um esforço hercúleo dos proprietários permitiu que o local fosse reaberto dois meses após e o hábito de assinar as paredes pelas celebridades renasceu. Lamentavelmente, por desencontros entre o dono do imóvel e os proprietários do restaurante, a Fiorentina fechou suas portas em 1992.

Oito anos após, no ano 2000, eis que, como Fênix, a Fiorentina ressurge das cinzas.

Lamentavelmente a nova decoração, o ar condicionado (sem demérito para o conforto), as mesas na calçada e, principalmente o menu, foram descaracterizados perdendo o charme da mistura décô/anos 50 que possuía. O espaguete ainda esta lá, mas a minha querida lasanha verde ficou na História. Não se come mal. Boas massas e boa pizza.

Os leões também estão de volta fazendo companhia a uma estátua de Ary Barroso, voraz freqüentador do local.

O ambiente vai retornando aos antigos padrões. À noite se podem ver artistas e intelectuais jantando calmamente.

Calmamente em termos. Eu estava jantando lá na noite do último capítulo da novela Paraíso Tropical quando chegou o vilão, o assassino da Thaís e também o capitão Nascimento do BOPE, Wagner Moura.

Amigos…Que tumulto!

——————————————————————————–

Be Sociable, Share!

Comentários

Mariana Soares on 31 dezembro, 2011 at 18:52 #

Que delicia! O Rio é realmente tudo de bom! Feliz Ano Novo para vocês! Que 2012 traga muito axe para todos nos! P.S. Margô, tô sentindo o cheiro da feijoada daqui! Aproveitem!


Sebastiao Espindola Ramiro on 9 agosto, 2013 at 17:02 #

Meu primeiro lugar atraente com tantos atrativos de artistas ,fotografia dos que compareceram por la e por ser celebridade entraram nos nomes do cardápio .Quem estiver no Rio e não for a “La Fiorentina “é o mesmo que a Itália e não ir na praça da sé.La tem um cardápio perfeito para se sentir um verdadeiro artista.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031