========================================================

Sakineh Mohammadi-Ashtiani, a iraniana condenada à morte por infidelidade e cumplicidade no assassinato do marido, será executada por apedrejamento ou enforcamento, adiantou este domingo uma autoridade judicial local, segundo notícia distribuida pela agencia norte-americana AP.

O portal português TSF que dá a notícia em uma de suas manchetes de hoje, acrecenta que segundo a AP, Malek Ajdar Sharifi, chefe do departamento de justiça da província do Azerbaijão Oriental – onde a iraniana está presa – foi hoje citado pela agência de notícias semi-oficial Isna, avançando «que as autoridades judiciais ainda discutem se a vão executar por apedrejamento ou por enforcamento».

Sakineh Mohammadi-Ashtiani foi condenada à morte por apedrejamento mas acreditava-se que a sentença tinha sido suspensa em julho, depois de um protesto internacional sobre o caso.

Aprisionada em Tabriz, Sakineh Mohammadi-Ashtiani, de 43 anos, foi condenada à morte em 2006 por envolvimento no assassínio do seu marido e à lapidação por adultério.

A primeira pena foi fixada em 10 anos de prisão, em recurso, em 2007, mas a segunda foi confirmada no mesmo ano por outro tribunal de recurso.

A Justiça suspendeu em junho de 2010 a pena de lapidação, enquanto aguardava uma nova análise do caso, após a qual Sakineh Mohammadi-Ashtiani foi considerada culpada de ter morto o marido com a ajuda do amante, Issa Taheri.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031