======================================================

@celiocmarinho me desculte te contarar mas essa musica foi? feita na seca sim ,em um programa pra arrecardar dinheiro e comida aos desabrigados meu avo gordurinha e nelinho no camarim fizeram essa musica e a apresentaram ao vivo.meu avo nasceu na bahia
gordurinha neto 2 meses atrás

Essa música é do compositor baiano Gordurinha, em parceria com Nelinho, cujo local de nascimento não consegui descobrir. É uma obra-prima, retratando a realidade daqueles que vivem no sertão cearense. Não era um momento de seca e sim de fartura de água, que incomoda muito o sertanejo, pois ele gosta de chuva, mas detesta o excesso. Já ouvi essa música cantada por cantores e grupos diversos, e sempre me? emociono, não só por ser cearense, mas sim pela beleza da letra e da melodia.
celiocmarinho 4 meses atrás

=================================================

Acima um diálogo esclarecedor postado na área de comentários do You Tube para o clip desta música imortal de Gordurinha, soteropolitano do bairro da Saúde (onde este editor também morou nos anos mais felizes e conturbados de sua juventude).

É a música do dia no BP, neste 13 de dezembro, data dedicada ao rei do baião Luiz Gonzaga, uma terça-feira em que Salvador ironicamente se afoga debaixo do maior temporal, com raio e trovões para todo lado.

No mais, Gonzagão com Gordurinha dá mistura nordestima mais que perfeita. Com o carioca Jorge Aragão no meio, a mistura fica ainda melhor.

Salve Luiz Gonzga! Salve Gordurinha! Salve Jorge!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

Olivia on 13 dezembro, 2011 at 11:06 #

Salve seu Luiz, pilar da música popular brasileira! E salve Santa Luzia, neste 13 de dezembro comemorada. Muita luz!!!


ISA on 13 dezembro, 2011 at 11:55 #

E salve vcs maravilhosos, Victor Hugo, Gilsonq. buscam resgatar nossa cultura q. anda tão maltratada nestes tempos do Eqúivoco. Gosto do ecletismo de vcs q. vão de ode ao jumento a Tchaikovsky. qdo cabe , e parabens pelos 40 anos de formatura. Fomos contemporâneos. Ah! como falou Benito de Paula, como acreditei q. seria diferente. Nunca imaginei q. meu estado fosse partidarizado. Isa


vangelis on 13 dezembro, 2011 at 22:00 #

Vendedor de caranguejo, Baiano burro nasce morto, Chicletes com banana, Mambo da cantareira e até o rockabilly Tô doido pra ficar maluco são grandes sucessos do genial Gordurinha.
Ah! Tô doido pra ficar maluco bem antes do Raul, toca Raul!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031