dez
12
Postado em 12-12-2011
Arquivado em (Artigos) por vitor em 12-12-2011 12:05


=============================================================

A coluna Radar da revista Veja, editada pelo jornalista Lauro Jardim, publica na edição impressa desta semana, que está nas bancas:

Estava tudo certo para a CEF administrar a folha de pagamento dos servidores do governo da Bahia — até que a rixa entre o PT e o PMDB baianos falou mais alto.

O acordo selado diretamente entre Jaques Wagner e Jorge Hereda, presidente do banco, enfureceu Geddel Vieira Lima, o vice-presidente de pessoa jurídica da Caixa.

Além de pedir vistas ao processo de contratação e melar um negócio de milhões de reais, o peemedebista escalou o irmão, o deputado Lúcio Vieira Lima, para atazanar ainda mais a vida da cúpula do banco.

Na semana passada, Lúcio apresentou um requerimento convocando diretores da Caixa para falar no Congresso sobre o assunto.

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 12 dezembro, 2011 at 13:17 #

ACM em ação, depois diz que não!


ISA on 13 dezembro, 2011 at 12:01 #

Me desculpe Geddel, Se com o BB q. tem melhor estrutura o tratamento q. vem sido prestado aos funcionários do executivo tem sido de médio pra baixo, imagine com a CAIXA. Gostei do processo não ter avançado. Nos tiraram do BRADESCO e agora ficam jogando ao sabor de interesses q. não sei quais…


Henrique on 14 dezembro, 2011 at 9:55 #

Gedel Vieira Lima é uma vergonha para o povo baiano. Com essa atitude dele, está contrariando vários servidores do Estado da Bahia. Na verdade, ele quer impedir que a Caixa administre a Folha de Pagamento dos servidores, por pura “INVEJA, DESPEITO”, pois essa medida do Governo é excelente para os servidores. Gedel não quer o melhor para a Bahia.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031