======================================================
O grande compositor e cantor maranhense João do Vale morreu nesta data, em 1996. Para matar as saudades: Estrela miúda, com Amelinha

BOA NOITE!!!

(Maria Olívia Soares)


Roberto Dinamite:presidente e ídolo do Vasco
==============================================

DEU NA REVISTA DIGITAL TERRA MAGAZINE

ELIANO JORGE

O presidente do Vasco da Gama, Roberto Dinamite, evita comentários sobre sua polêmica ausência na festa de premiação do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (5), mas deixa clara sua mágoa. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) culpou equívocos na entrega de convites para dirigentes. Dinamite prefere não apontar motivos: “Não sou eu quem tem que encontrar (explicações), quem tem que encontrar é eles”.

Maior artilheiro da história do Brasileirão e do Vasco, atacante titular da seleção na Copa do Mundo de 1978 e deputado estadual, ele ironiza a falta de convite para a festa da CBF:
– De repente, eles não conhecem o presidente do Vasco, deve ser isso – afirmou para Terra Magazine
Embora até se esquive da discussão, ele expõe sua crítica:
– Acho que politicamente isso não foi correto, o Vasco foi vice-campeão brasileiro.

Confira a entrevista.

A CBF entrou em contato com você para explicar por que não lhe convidou para a festa de premiação do Campeonato Brasileiro? Como ficou essa história?
Roberto Dinamite – Pra mim, é passado. Isso aí já acabou.

Você encontrou alguma explicação para isso?
Não sou eu quem tem que encontrar, quem tem que encontrar é eles. Não fui eu que fiz a festa, não fui eu que preparei os convidados… A CBF informa que foi uma empresa de São Paulo. De repente, eles não conhecem o presidente do Vasco, deve ser isso.

Mas ficou claro que você não engoliu essa história, né?
Eh… Premiação maior do futebol brasileiro. São 20 clubes. Todos têm o mesmo peso, o mesmo (valor de) voto. Acho que politicamente isso não foi correto, o Vasco foi vice-campeão brasileiro. Até as 19h (de domingo), poderia ser campeão. Não sei… Só externei pra eles minha posição.
Independente de ser o presidente do Vasco, de ser o Vasco ou qualquer outro grande clube, ou qualquer um outro clube que tivesse sido vice-campeão. Se não houve o convite, (a CBF) achou que a festa estaria restrita ao campeão e à seleção do Campeonato Brasileiro. Os jogadores do Vasco foram convidados, foi o clube que teve mais jogadores na seleção do campeonato. Eles receberam convite e viajaram (segunda-feira) de manhã para São Paulo.

Leia entrevista de Roberto Dinamite na integra no Terra Magazine

http://terramagazine.terra.com.br/


Missa de Santa Bárbara, em Salvador, utilizou elementos musicais de religiões de matriz africana
Foto:Maria Olívia Soares/TM

================================


DEU NA REVISTA DIGITAL TERRA MAGAZINE

Claudio Leal

A reportagem de Terra Magazine sobre a missa de Santa Bárbara, presidida pelo arcebispo-primaz do Brasil, Dom Murilo Sebastião Krieger, no Largo do Pelourinho, motivou uma nota da Arquidioce de Salvador para esclarecer a presença de elementos das religiões de matriz africana.

Além de atabaques, houve a distribuição de acarajés, por parte de seguidores do Candomblé, aos fiéis de Santa Bárbara e da orixá Iansã. As duas divindidades são fundidas no sincretismo, que é rechaçado tanto por católicos conservadores quanto por terreiros tradicionais de Salvador. A Igreja baiana afirma que não foi a promotora do gesto de partilha.

Na festa popular, transcorrida no Centro Histórico de Salvador, o povo de santo é predominante e não deixa de se manifestar nos ritos católicos. À tarde, no mercado de Santa Bárbara, há a oferta de caruru, um prato de importância não apenas culinária, mas também religiosa, pois é deitado em oferendas aos orixás.

Da nota da Arquidiocese, destaca-se o trecho em que a cúria reconhece a incorporação de elementos africanos: “A Missa presidida por Dom Murilo Sebastião Krieger, Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, seguiu rigorosamente os ritos católicos, usando elementos da cultura africana como os ritmos e cores. Em momento algum foi utilizado algum desses elementos numa dimensão religiosa ou sincrética.”

A nota surgiu após a reação de católicos conservadores na internet, com ofensas à conciliação religiosa, essencialmente baiana, no Largo do Pelourinho. A missa ocorreu num momento em que os terreiros de Candomblé enfrentam as perseguições midiáticas de igrejas neopentecostais.

Confira a íntegra da nota.

Nota da Arquidiocese de São Salvador da Bahia sobre matérias referentes à Festa de Santa Bárbara

“A Arquidiocese de São Salvador da Bahia lamenta profundamente a falta de conhecimento ou má fé de alguns veículos de comunicação presentes na cobertura da Missa de Santa Bárbara realizada ontem, 04 de dezembro, no Centro Histórico de Salvador.

Uma postura jornalística que não reflete a verdade dos fatos em aspecto fundamental para a vida, a fé e a cultura dos baianos, como a festa de ontem, apenas prejudica os caminhos de diálogo respeitoso, de abertura nas diferenças e de fidelidade à fé vivida pela Igreja e pelas religiões de matriz africana.

Expressões como “Dom Murilo Krieger presidiu a solenidade no Largo do Pelourinho, onde foi distribuída ao mesmo tempo hóstia e acarajé, que no Candomblé é chamado de acará, ou seja, a comida ofertada à Iansã” (A Tarde on line e Terra Magazine) não favorecem a grandeza do momento por um simples motivo: faltam com a verdade.

Esse jeito de fazer jornalismo não favorece a maturidade religiosa e cultural do povo baiano e distorce a veracidade dos fatos.

A Missa presidida por Dom Murilo Sebastião Krieger, Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, seguiu rigorosamente os ritos católicos, usando elementos da cultura africana como os ritmos e cores. Em momento algum foi utilizado algum desses elementos numa dimensão religiosa ou sincrética.

Para que a verdade seja estabelecida, solicitamos dos veículos que publicaram as matérias o restabelecimento da verdade para bem da sociedade baiana.

ARQUIDIOCESE DE SÃO SALVADOR DA BAHIA”

Leia mais sobre o assunto na Terra Magazine

http://terramagazine.terra.com.br/

DEU NO CORREIO

Da Redação

Quando viu no programa BATV, da Rede Bahia, a notícia de que Ivete estava internada, o fã Rogério Santos de Carvalho se desesperou e saiu correndo de casa, no Alto das Pombas, para o Hospital Aliança. “Vim aqui pra saber de alguma coisa, alguma notícia… De repente, ver ela dando um tchauzinho da janela”, contou, enquanto dava plantão na porta do hospital com a amiga Milena Borges, 18 anos.

“Cancelei todos os meus compromissos. Só vou ter coisa pra fazer quando Ivete ficar boa”, disse ela, que deixou o tio na mão para acompanhar Rogério na peregrinação. “Ajudo meu tio na loja dele. Tinha também uma apresentação de capoeira, mas cancelei tudo”, contou.

Quando ela viu a notícia na televisão, ficou tão preocupada que nem aguentou esperar o computador de sua casa ligar. “Fui correndo na casa de meu padrinho, que é do lado da minha, pra pesquisar alguma coisa na internet. O meu ia pedir senha, iniciar… demora muito”, contou a jovem, que mora na Vasco da Gama.

A aparição na janela que eles e outros fãs aguardavam não aconteceu, mas o semblante sorridente da assessora de Ivete na porta do hospital já os deixou menos preocupados. Mesmo assim, prometeram não descansar enquanto a cantora não deixar o hospital.

“De noite, vou dormir, mas amanhã estou aqui de novo”, garantiu Milena, enquanto cogitava dormir na casa de uma amiga, ao lado do Aliança.

A doença de Ivete também movimentou o twitter, deixando nome da cantora no trending topics (assuntos mais comentados) de ontem.

Aline Rosa Quero pedir aos meus fãs e amigos que façam uma corrente de oração por Ivetinha! Que ela volte cheia de saúde logo!

Flora Gil Falei com minha amiga Cyntia Sangalo. @ivetesangalo está bem e logo volta à ativa!

Banda Jammil Todo nosso carinho hoje vai pra amiga @ivetesangalo. Que você fique boa logo pra voltar a fazer o povo inteiro balançar

Preta Gil Aos queridos fãs da minha irmã @ivetesangalo, saibam que ela está sendo tratada pelos melhores

Leia mais sobre o assunto no CORREIO

http://youtu.be/Sr8YK7HHH68
==========================================
Sugestão e garimpagem do jornalista Gilson Nogueira

BOM DIA!!!

dez
06
Posted on 06-12-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 06-12-2011

DEU NO UOL

A economia brasileira ficou estagnada no terceiro trimestre de 2011 na comparação com o segundo trimestre do ano, com a primeira queda no consumo das famílias em quase três anos, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (6), ao divulgar os dados do PIB (Produto Interno Bruto). O PIB é a soma de todas as riquezas produzidas no país.

No final de novembro, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, já havia dito que o crescimento da economia brasileira no terceiro trimestre poderia ficar em torno de zero.

O único setor que teve crescimento em relação ao trimestre anterior foi a agropecuária (3,2%). Indústria (-0,9%) e serviço (-0,3%) apresentaram queda.

Na comparação entre o terceiro trimestre e o segundo, o consumo das famílias, um dos motores da economia nos últimos trimestres, caiu 0,1%, a primeira queda desde o quarto trimestre de 2008.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2010, houve um crescimento de 2,1%, com destaque para a agropecuária (6,9%), serviços (2%) e indústria (1%).
Em 12 meses, a alta do PIB brasileiro é de 3,7%. No acumulado de 2011 até setembro, o crescimento é de 3,2%.

Além disso, o crescimento do segundo trimestre deste ano em relação ao primeiro trimestre foi revisto para baixo, de 0,8% para 0,7%. Já o crescimento do primeiro trimestre de 2011 em relação ao último trimestre de 2010 foi rebaixado de 1,2% para 0,8%.


======================================================

Depois de inaugurar primeira agência em Madri e anunciar a segunda para o ano que vem em Barcelona, na Espanha , o Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) pretende entrar no mercado português abrindo uma sucursal em Lisboa, segundo revela esta terça-feira o jornal português Diário de Notícias em uma de suas principais manchetes de Economia. –

Na Espanha, a instituição prevê inaugurar uma nova loja no centro de Barcelona antes do Verão de 2012 no que será a segunda sucursal do grupo financeiro no País, depois de ter aberto no princípio do ano uma agência em Madrid, segundo a agencia de notícias europeia Efe.

O grupo está a estudar atualmente entre duas a três opções no centro financeiro da Cidade Condal com o objectivo de servir a cada vez mais numerosa população chinesa.

(Com informações do DN, de Lisboa, e EFE)

dez
06
Posted on 06-12-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 06-12-2011


==============================================
Amarildo, hoje na Gazeta (ES)


Negromonte, das cidades, na zona de tiro
==========================================================

OPINIÃO POLÍTICA
Zona de turbulência

Ivan de Carvalho

É impressionante o número de ministros demitidos nos primeiros 11 meses e cinco dias (o mais recente ato de demissão só ontem foi oficializado, embora houvesse ocorrido e anunciado no domingo). Saiu a contragosto o petista Antonio Palocci, do cargo de ministro-chefe da Casa Civil, Alfredo Nascimento, do PR, foi obrigado a deixar o Ministério dos Transportes, Wagner Rossi, do PMDB, acabou defenestrado do Ministério da Agricultura, Pedro Novais, também do PMDB, foi arrancado a forceps do Ministério do Turismo, Orlando Silva, do PC do B, chutado do Ministério do Esporte e Carlos Lupi, presidente nacional licenciado do PDT, que dispensou a bala para cair do Ministério do Trabalho e Emprego.

Além dos citados, que deixaram os cargos sob denúncias de haverem se envolvido com malfeitos e eventualmente malfeitores, caiu ainda, por incompetência para a função, o ministro das Relações Institucionais, o petista Luís Sérgio, mas foi levantado para ocupar o Ministério da Pesca, ainda que não se tenha notícia de que em toda a sua vida haja pescado sequer uma piaba. E Ideli Salvati, da qual também não se tem notícia de que haja cometido igual proeza – e, quem sabe, por isso mesmo? – foi retirada da Pesca e posta nas Relações Institucionais, onde, afirmam até aqui os governistas, tem se desempenhado a contento.

Convém, de quando em vez, relembrar essa vasta relação, o que, até, sugere uma de três conclusões: ou a presidente da República não sabe escolher seus auxiliares mais importantes, ou vários deles não foi ela que escolheu (o que seria lamentável, pois quem foi eleita presidente e recebeu mandato para isto foi ela) ou não há na sua base política ou social pessoas adequadas e disponíveis para esses cargos, hipótese que parece a mais improvável, ainda que não impossível.
Depois da queda espetacular de Carlos Lupi do cargo de ministro do Trabalho e Emprego (o espetáculo fica por conta da maneira como ele se comportou entre a deflagração do processo e seu desfecho), três ministros enfrentam ou estão entrando na zona de turbulência.

O mais notório dos três é o ministro das Cidades, Mário Negromonte, deputado e presidente do PP da Bahia. Alvo de núncias, ele as atribui a “fogo amigo” – gente do PP que lhe quer tomar o cargo para devolvê-lo ao ex-ministro Márcio Fortes.

No entanto, o PT, que mira com gula o Ministério do Trabalho, instrumento para se tornar hegemônico no movimento sindical, tem mais fome ainda para abocanhar o Ministério das Cidades, com orçamento bem maior e as obras da Copa do Mundo – evento que, em entrevista recente a Marília Gabriela, no SBT, o agora saudoso Doutor Sócrates disse que custará muito caro ao povo brasileiro, dará lucro à Fifa e melhor seria, para nós, que não fosse realizada no Brasil. Lembrou ainda que grande parte da crise econômica que a Grécia está enfrentando decorre da realização, lá, das Olimpíadas.

Bem, além de Negromonte, está entrando na zona de turbulência o petista mineiro Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (questionamento de faturamento com consultorias de uma empresa, quando não ocupava cargo público ou mandato). E finalmente o petista baiano Afonso Florence, contra cujo Ministério do Desenvolvimento Agrário a oposição já tentou, sem êxito, criar uma CPI na Câmara. No domingo, no Canal Livre da Band, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, disse que o governo está dificultando informações sobre esse ministério, mas garantiu que “as denúncias vêm aí, vão sair”, embora sem antecipar nenhuma.

  • Arquivos

  • dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031