Pelourinho em vermelho no louvor
a Santa Bárbara (Yansã)
=====================================

MARIA OLÍVIA SOARES

Para o Bahia em Pauta

Devotos de Santa Bárbara ou Yansã – como é chamada no candomblé – lotaram as ruas do Centro Histórico de Salvador – vestidas de vermelho e branco -, na belíssima manhã de sol deste domingo, 4 de dezembro, dia dedicado à santa guerreira. O ponto alto da festa foi a diversidade, total integração entre as religiões, crenças e credos, harmonia do início ao fim das homenagens.

Hoje pela primeira vez, em 30 anos, um arcebispo primaz do Brasil celebrou a missa campal em homenagem a Santa Bárbara. Dom Murilo Krieger presidiu a solenidade no Largo do Pelourinho, onde foi distribuída ao mesmo tempo hostia e acarajé, que no candomblé é chamado de acará, ou seja, a comida ofertada à Yansã. Ato que emocionou até os que não têm fé. A benção aos fiéis foi com folhas molhadas em água benta, ato de um beleza indescritível.

Dom Murilo não esqueceu de homenagear os trabalhadores mortos ontem em acidente na BR 116, trecho na Bahia. Ele ele também lembrou nosso Magrão, Doutor Sócrates, que morreu nesta data tão simbólica.

Seguidores de Santa Bárbara ou Yansã aproveitaram a festa para pagar promessas, distribuindo fitas e acarás pelo caminho. A Banda do Corpo dos Bombeiros também agradeceu a proteção da padroeira da classe, acompanhando a procissão pelas ruas do Centro Histórico, até o Mercado de Santa Bárbara, na Baixa dos Sapateiros, todo tempo entoando cantos religiosos.

Agora, a festa continua nas ruas do Pelô, com o povo dançando e celebrando a santa guerreira. Volto pra casa, de alma lavada, mas ainda muito triste com a partida do querido Magrão, Brasileiro até no nome, um ser humano enorme. Não quero sambar, flores para Santa Bárbara, Yansã Guerreira e flores para Doutor Sócrates, todas vermelhas.

Maria Olivia Soares, jornalista, é colaboradora do Bahia em Pauta

Devotos de Santa Bárbara ou Yansã – como é chamada no candomblé – lotaram as ruas do Centro Histórico de Salvador – vestidas de vermelho e branco -, na belíssima manhã de sol deste domingo, 4 de dezembro, dia dedicado à santa guerreira. O ponto alto da festa foi a diversidade, total integração entre as religiões, crenças e credos, harmonia do início ao fim das homenagens.
Hoje pela primeira vez, em 30 anos, um arcebispo primaz do Brasil celebra a missa campal em homenagem a Santa Bárbara. Dom Murilo Krieger presidiu a solenidade no Largo do Pelourinho, onde foi distribuída ao mesmo tempo hostia e acarajé, que no candomblé é chamado de acará, ou seja, a comida ofertada à Yansã. Ato que emocionou até os que não têm fé. A benção aos fiéis foi com folhas molhadas em água benta, ato de um beleza indescritível. Dom Murilo não esqueceu de homenagear os trabalhadores mortos ontem na Bahia, ele também lembrou nosso Magrão, Doutor Sócrates, que morreu nesta data tão simbólica.
Seguidores de Santa Bárbara ou Yansã aproveitaram a festa para pagar promessas, distribuindo fitas e acarás pelo caminho. A Banda do Corpo dos Bombeiros também agradeceu a proteção da padroeira da classe, acompanhando a procissão pelas ruas do Centro Histórico, até o Mercado de Santa Bárbara, na Baixa dos Sapateiros, todo tempo entoando cantos religiosos. Agora, a festa continua nas ruas do Pelô, com o povo dançando e celebrando a santa guerreira. Volto pra casa, de alma lavada, mas ainda muito triste com a partida do querido Magrão, Brasileiro até no nome, um ser humano enorme. Não quero sambar, flores para Santa Bárbara, Yansã Guerreira e flores para Doutor Sócrates, todas vermelhas.

Maria Olívia Soares é jornalista

Be Sociable, Share!

Comentários

regina on 4 dezembro, 2011 at 14:15 #

Por essas e outras é que eu não perco a fé na Bahia e seu povo. Também não perco a fé em pessoas como o nosso Sócrates, O Magrão, Doutor, Político, Ativista, Cidadão Brasileiro, Revolucionário, etc… e em você Maria Olivia autêntica representante do que é Ser Humano!!!
Sinta meu abraço apertado que desde ontem tô com vontade de dar!!!!
regina


Mariana Soares on 4 dezembro, 2011 at 15:00 #

Liu, comungo com voce a dor pela partida prematura, injusta e dolorosa do Doutor. Acredito, no entanto, que o céu esta em festa para recebe-ló, assim como o Pelo vibra por Santa Barbara. O Coringão hoje vai ser campeão para dar esta ultima alegria ao Doutos Socrates, que desejo siga em paz.


César on 6 dezembro, 2011 at 19:29 #

Sou paulista e morei 6 anos em Salvador. Amo a Bahia como minha segunda terra mas não consigo compreender esse desrespeito do Cardeal com sua própria fé. Esse sincretismo é contrário à fé Católica e um desrespeito ao Sagrado Corpo de Cristo. Cada um na sua.


[…] à Trindade Santa. Mostraram-me o escândalo em pelo menos três lugares distintos: Terra,Bahia em Pauta e A Tarde […]


João de Deus on 8 Fevereiro, 2013 at 15:55 #

Fiz um curso de teologia e aprendi que santa bárbara na verdade é um diabo, não santa como muitos imaginam.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031