A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) pediu, em discurso nesta quarta-feira (23) que o orçamento destinado ao Ministério da Cultura não seja usado para socorrer outras áreas, uma vez que já é um dos menores da Esplanada dos Ministérios.

Lídice da Mata disse que 78% dos brasileiros acham que o montante reservado para a área da cultura já é pouco e não deve ser reduzido; e 31% acreditam que o dinheiro aplicado nesse segmento é mal gerenciado. Por outro lado, 17% opinaram que, numa situação de extrema necessidade, o governo poderia tirar dinheiro previsto para ações culturais.

Os números apresentados por Lídice baseiam-se no resultado de uma pesquisa sugerida por ela ao DataSenado sobrea opinião dos brasileiros sobre a importância da cultura. Realizada de 31 de outubro a 14 de novembro, a enquete levou em conta as respostas de 1.306 cidadãos com mais de 16 anos entrevistados por telefone. De acordo com a senadora, 83% consideram a cultura como propulsora do desenvolvimento e 70% acham que o apoio do governo à cultura gera mais empregos.

– A pesquisa mostra o alto grau de consciência do brasileiro sobre a necessidade de preservação e de investimento na cultura – disse a senadora.

Ela mostrou que após solucionar as necessidades básicas – saúde, educação e infraestrutura, por exemplo – as pessoas desejam consumir os produtos da indústria cultural.

Lídice é autora do Projeto de Lei do Senado – Complementar 20/2011, que impede a limitação do empenho e movimentação no orçamento destinado à cultura.

– Sabemos que o Ministério da Cultura é um dos que recebe menos dinheiro. Não estamos reivindicando sequer o aumento dos recursos. Apenas queremos impedir o contingenciamento dos recursos da cultura – disse.

(Deu no Correio do Brasil, com informações da Agência Senado)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2011
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930