==================================

Por João Carlos Sampaio

Duas personalidades baianas estrelam cinebiografias, que estão na grade da 35ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Uma delas é Raul Seixas, cujo documentário teve exibição única no evento, ocupando três salas do Espaço Unibanco Arteplex, na última quinta-feira.

A outra é o político e guerrilheiro Carlos Marighella, cujo filme já contou com quatro sessões e ainda terá mais uma na próxima quinta-feira, no último dia do festival.

Raul – O Início, o Fim e o Meio é dirigido pelo cineasta e diretor de fotografia paraibano Walter Carvalho (o mesmo de Cazuza – O Tempo Não Para).

O filme foi ovacionado por um público que tinha muitos fãs do roqueiro baiano (muitos “sósias” na plateia).

A sessão inteira foi muito festiva, desde o anúncio, em primeira mão, feito pelos produtores, de que o filme estreará em circuito de cinema em todo Brasil a partir de janeiro.

Cronologia

Carvalho construiu uma cinebiografia muito informativa, com uma grande riqueza de imagens (muito material inédito de arquivo) e um trabalho de recuperação de áudio original primoroso.

Optou por uma abordagem bastante jornalística, seguindo a cronologia da vida do artista, desde os seus primeiros passos na Bahia dos anos 1940, até a sua morte, em agosto de 1989, justamente quando saía de um período de ostracismo, arrastado pela parceria com outro roqueiro baiano, Marcelo Nova (ex-Camisa de Vênus).

O filme consegue depoimentos esclarecedores, das mais diversas fontes. Traz todas as mulheres e amantes conhecidas de Raul Seixas, seus parceiros, incluindo o escritor Paulo Coelho, e os colegas de geração. Nomes como Caetano Veloso e Zé Ramalho aparecem falando de suas ligações com o “Maluco Beleza”.

Mistérios

O filme perpassa todas as fases dos 26 anos de carreira, as ligações com a magia negra, com o misticismo, os altos e os baixos da carreira. Não toma partido e deixa que o espectador julgue os assuntos mais delicados.

Engrandece o personagem, revelando a complexidade do homem e do artista, deixando no ar também alguns pequeninos e valorosos mistérios, que consolidaram o mito em torno de sua figura.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2011
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930