out
26
Postado em 26-10-2011
Arquivado em (Artigos) por vitor em 26-10-2011 22:06


Wellington “Major”:”um jornalista
apaixonado pela política”
=====================================

O jornalista Wellington Fonseca Ribeiro, de 62 anos, será sepultado nesta quinta (27), às 16h30, no cemitério Quinta dos Lázaros , em Salvador. Wellington , conhecido na  imprensa baiana como “Major”, morreu na noite de terça-feira (25),  de complicações  decorrentes de diabetes e hepatite.

Sob a condução de entidades de classe dos jornalistas (Sinjorba e ABI) foi feita uma cotização destinada a obter recursos para enterro do “Major”, que não tinha parentes na capital baiana.Por eqívoco, o BP informou que o jornalista havia sido sepultado ontem.

“Major” tinha 62 anos e, ultimamente, coordenava o Movimento Cristão em Defesa do Metrô, em Salvador.

Wellington Ribeiro trabalhou nos diários A Tarde e Jornal da Bahia, colaborou com a Tribuna da Bahia e na Secretaria Municipal de Comunicação Social de Salvador, além de ser articulista em outros veículos, como o Jornal da Mídia.

Durante décadas foi um dos mais atuantes e polêmicos membros do Sindicato dos Jornalistas da Bahia ,formado em jornalismo e filosofia na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e em Direito, pela Universidade Católica do Salvador, “Major” também foi candidato a deputado federal pelo PDT, em 2006. “É um baiano, poeta doido, mas não é ladrão”, dizia seu slogan de campanha política.

Envolvido na luta contra a ditadura, Wellington “Major” foi internado em um hospital psiquiátrico por três meses, após discursar contra o regime na reitoria da universidade, em 1975. Sobre o período, ele relatou ter sido amarrado em uma cama de ferro, permanecia isolado e era drogado constantemente.

“Ele era apaixonado pela política, foi motivador de muitos de sua geração para a defesa de grandes causas nacionais, especialmente a redemocratização”, relatou o jornalista Luís Augusto Gomes, um amigo próximo.

( Com informações do Jornal da Mídia.)

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 27 outubro, 2011 at 0:41 #

Grande, major! Figura lendária da antiga Escola de Biblioteconomia e Comunicação (EBC), no belíssimo Vale do Canela, é impossível recordar os velhos tempos da Faculdade de Jornalismo da UFBA, hoje Facom, sem vê-lo, nitidamente, pelas escadas, cantina e arredores criando polêmica. Certamente vai quebrar a monotonia do céu. Boa viagem, companheiro!


rosane santana on 27 outubro, 2011 at 0:46 #

Ah, esqueci-me! Creio que o amigo Chico Bina, poeta da praça, que tão cedo e súbido partiu, está à sua espera, para um recital de poesias.


rosane santana on 27 outubro, 2011 at 0:47 #

correção: súbito


Euvaldo Batista Dos Santos on 16 Janeiro, 2014 at 18:12 #

Lamento que somente agora (16/01/2014), estou sabendo da perda deste que foi um dos meus grandes amigos. Tenho muitas lembranças agradáveis do querido “Major”, do tempo em que morei em Salvador, quando ele ainda cursava a faculdade. A última vez que nos encontramos foi aqui em São Paulo, onde resido, há cerca de dois anos e meio, aproximadamente. Deixo aqui o meu profundo pesar e minha grande frustração por não tê-lo reencontrado mais uma vez, antes de sua partida. Que Deus o tenha recebido em sua PAZ.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31