Na coluna Em Tempo, assinada pelo jornalista Alex Ferraz, a Tribuna da Bahia publica esta quinta-feira em sua edição impressa:

Vivemos o tempo de festejar execuções

Parte do mundo civilizado de verdade ficou chocada com a imagem de Saddam Hussein pendurado numa forca, executado após ser “julgado” por um “tribunal” regido pela batuta de George (argh!) W. Bush. Mas uma grande maioria festejou e soltou foguetes, principalmente nos Estados Unidos. A mesma festança, com ares de Carnaval, aconteceu quando Obama, provando que negros podem agir como brancos quando se trata de impor o poder dos EUA ao mundo, invadiu o Paquistão e assassinou Osama Bin Laden. Mais recentemente, Obama festejou o assassinato de mais um líder da Al Qaeda.

Desde ontem, imprensa e governantes ocidentais, assim como o mundo árabe, exulta nas ruas com a execução de Muhamar Khadafi. Salvo se ele morreu em combate – mas nada indica isso –, o ex-ditador da Líbia teria sido executado pelos rebeldes, que poderiam tê-lo feito prisioneiro. Assim como em relação aos outros personagens sanguinários citados no parágrafo anterior, o civilizado seria aprisioná-los e julgá-los em tribunais internacionais verdadeiros, para, depois, condená-los, não necessariamente à morte.

Mas em pleno século XXI, em plena década na qual se festejou a ascensão de um negro à Casa Branca, posto máximo de comando de uma das nações mais racistas do mundo; em pleno início de milênio no qual tantas liberdades são conquistadas mediante a derrubada de tabus, enfim, numa época em que alguns ingênuos otimistas acham que todos estão pensando melhor, mais conscientes, ecológicos e coisas que tais, a verdade cruel é que a grande massa ainda tem que ser satisfeita com sangue. Seja através do policial que fuzila o ladrão de galinhas já algemado, seja pelas mãos de Obama e sua Otan invadindo países e matando governantes depostos que, ainda que pessoas terríveis, deveriam, sim, repito, como reza o melhor do sistema jurídico americano (para eles!) serem presos, julgados e, certamente, condenados.

Leia coluna Em Temperraz na íntegra na Tribuna da Bahia

http://www.tribunadabahia.com.br/

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31