Vestido de presidiário manifestante protesta em Brasilia/IG

============================================

Dezenas de marchas contra a corrupção aconteceram nesta quarta-feira, feriado de Nossa Senhora de Aparecida e dia das crianças. Os protestos políticos, organizados por meio de redes sociais, acontecem em 28 cidades brasileiras distribuídas por 17 Estados, incluindo a Bahia.

Em Salvador, cerca de mil manifestantes que iniciaram concentração no Morro do Cristo, na Barra, sairam em caminhada depois das 14hs, até a área do Palácio de Ondina (residencia do governador da Bahia, Jaques Wagner), onde os manifestantes cantaram o Hino Nacional e deram por encerrados os protestos, sem a presença de políticos, mas com a participação de representantes da OAB-BA.

Pessoas de todas as idades estiveram presentes, mas foi destacada a participação dos jovens. No percurso ocorreram algumas paradas para convocação da população:”Não fique aí parado, você também já foi roubado”.

Segundo o portal IG, milhares de manifestantes foram reunidos em todo o País, como no dia 7 de setembro, quando ocorreu a 1ª Marcha contra a Corrupção. As passeatas contra a corrupção pretendem mobilizar a população para exigir a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, que ainda será votada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o fim do voto secreto parlamentar e a continuidade do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em Brasília, os manifestantes cantaram a música Que País É Esse?, da banda Legião Urbana, além de músicas de protesto compostas por Chico Buarque. No Rio de Janeiro, os cariocas adiantaram que planejam acampar no Congresso Federal pela aprovação da Ficha Limpa. Em São Paulo, a marcha atraiu a maçonaria, além de crianças e senhoras. Em Belo Horizonte, jovens e velhos protestaram juntos tentando atrair mais adeptos ao movimento: “Você aí parado também já foi roubado”. Na capital cearense, Fortaleza, a marcha foi composta por adolescentes e jovens com as caras pintadas.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apóiam o movimento, que faz questão de frisar ser apartidário e conta com o apoio de outros grupos que mantém atividades contra a corrupção, como o Nas Ruas.

“As pessoas que são filiadas a qualquer partido são bem vindas se forem levantar a única bandeira que todos os brasileiros têm em comum, a bandeira do Brasil! Deixe a bandeira do seu partido em casa e vamos nos unir na vontade que temos em comum, que é a de acabar com a corrupção no Brasil”, diz a mensagem do grupo a internautas.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do IG)

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 12 outubro, 2011 at 21:27 #

Sou totalmente a favor desse movimento anticorrupção. Mas há equívocos em relação ao voto secreto. A maioria das votações no parlamento são ostensivas (abertas). Mas existem casos em que é necessário proteger o parlamentar de pressões externas e, por isso, o voto é secreto. Por exemplo, no Congresso Nacional, para exoneração do procurador geral da República, escolha de autoridades (ministros dos tribunais superiores,representantes de missão diplomática etc), cassação de mandato de senador, nos casos de crime de responsabilidade etc. A função do voto secreto, nestes casos, é dar a liberdade ao parlamentar de votar de acordo com sua consciência, sem pressões de qualquer natureza.


Gracinha on 12 outubro, 2011 at 23:45 #

Vamos levantar a Bandeira do Brasil!!!
grande abraço Vitor


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31