Fernando Barros, Bob Vieira e Lóes: bolo de R$ 150 milhões nas mãos
Img:Brasil247
===============================================

Saiu ontem (11) o resultado da concorrência publicitária mais aguardada do ano no universo dos marqueteiros do País: a conta de R$ 150 milhões/ano da Secretaria de Comunicação do Governo Federal vai para três agências – Propeg (a empresa baiana do publicitário Fernando Barros,que construiu durante anos a imagem de Antonio Carlos Magalhães e dos chamados governos carlistas), Leo Burnett e Nova S/B são os grandes vencedores.

As três passam a ser encarregadas de cuidar da criação e divulgação dos atos da administração federal, o que inclui a imagem da presidente Dilma Rousseff, assinala o jornal digital Brasil 247.

Além de o primeiro lugar ter sido obtido pela Propeg, o segundo pela Nova S/B e o terceiro pela Leo Burnett, a Secom definiu ainda as três outras colocadas: a DDB Brasil, em quarto lugar, a DPZ, em quinto e a Agnelo Pacheco, em sexto.

Brasil 247 assinala ainda que os meios publicitários não se surpreenderam com a escolha da baiana Propeg, presidida pelo publicitário Fernando Barros. Afinal, a agência já vencera a última licitação da Secom e desenvolve regularmente trabalhos para o governo federal. A conta, até aqui, era dividida com as agências 141 e Matisse, que desta feita não se classificaram entre as primeiras colocadas.

A Leo Burnett é reconhecida por sua competência técnica, com vários trabalhos premiados para empresas da iniciativa privada. Entre essas companhias estão a Fiat, Nova Schin, Samsung e Emirates.

No dia 24 de outubro está prevista a abertura dos envelopes com os preços, quando o processo deverá ser definitivamente encerrado, com o anúncio das vencedoras. Abre-se, então, um prazo de cinco dias para recursos. Findo este prazo, o processo estará finalizado.

A surpresa, segundo o 247, ficou por conta da Nova S/B. Menos por sua capacidade, e mais pelas antigas ligações de seu presidente, o publicitário Roberto Vieira da Costa, com os tucanos do PSDB. Ele foi titular da Secom na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso e, mais tarde, exerceu cargos nos governos do PSDB em São Paulo.

Agora, voltará a prestar trabalhos para a própria Secom – hoje comandada pela ministra Helena Chagas. Bob, como é conhecido, é um estudioso das questões de comunicação da administração federal, com especializações feitas no exterior.

No dia 24 de outubro está prevista a abertura dos envelopes com os preços, quando o processo deverá ser definitivamente encerrado, com o anúncio das vencedoras. Abre-se, então, um prazo de cinco dias para recursos. Findo este prazo, o processo estará finalizado.

A Secom recebeu propostas das seguintes agências para a concorrência de R$ 150 milhões – 141 Soho Square, Agnelo Pacheco, Artplan, Bees, Big Grandes Ideias, BorghiErh/Lowe, Calia Y2, DeBrito, DM9, DPZ, Fields, Fischer & Friends, Giacometti, Ideia3, Leo Burnett Tailor Made, Link, Long Play, Matisse, Moma, Nova S/B, Objetiva, Octopus, One Butt, PPR , Propeg, Register, SLA e SMK.

(Com informações do jornal digital Brasil247)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31