Carreata política no subúrbio de Salvador
====================================

Deu na revista SÓ

Thiago Ferreira

Povoava a mente dos navegadores que vinham para a América uma cidade onde seriam encontradas fontes inesgotáveis de ouro e prata e todas as edificações eram feitas de ouro. Atrás deste lugar, espanhóis e portugueses se embrenharam mata adentro, encontraram diversas outras riquezas, menos o lugar esperado: o Eldorado.

Pois bem é em busca de um novo Eldorado que políticos baianos de diversos partidos têm buscado as zonas periféricas da cidade. Em vez de ouro e prata, voto. Foi com este objetivo que partidos como o PT, por exemplo, integrou a seus quadros o vereador Alcindo Anunciação, ligadíssimo ao deputado federal Marcos Medrado (PDT), um dos políticos de Salvador com maior penetração no Subúrbio Ferroviário, uma das áreas periféricas mais populosas de Salvador

Além do voto suburbano, a filiação de Alcindo – avaliada nos meios políticos, como a maior virada pragmática já empreendida pela legenda na capital baiana – atendeu à outra estratégia do PT: retirar da disputa o nome de Medrado, que tem sido mantido como pré-candidato do PDT na capital baiana.

“Abre a Rodinha” – Não só Alcindo faz a ligação do PT com o Subúrbio. Dois petistas de longas datas ajudam nesta tarefa: J. Carlos, ex-presidente do Sindicato dos Rodoviários, e Dr. Giovanni, ligado a J. Carlos, e também com grande presença no eleitorado do Subúrbio. Os petistas filiaram ainda outros nomes populares com vistas a 2012: a dançarina da Companhia do Pagode, Rosiane, e a cantora Sarajane.

Entra ainda nesta estratégia, a filiação de Dr. Pitangueira ao PSD, vereador com grande votação no Subúrbio. O PSD vai marchar com o PT em 2012. O Eldorado, no entanto, não se restringe ao Subúrbio. Não é à toa que o estreante PSD filiou ainda mais dois vereadores: David Rios e Edson da União, que atuam em outras áreas periféricas da cidade, como Marechal Rondon, São Caetano, Fazenda Grande, entre outros. Ainda está em análise a filiação do vereador Sabá, do PRB, ao PSD.

As filiações de Sabá e Dr. Pitangueira ao PSD, para marchar ao lado de Pelegrino, atingem em cheio as pretensões de outro pré-candidato da base do governador Jaques Wagner (PT). O deputado federal Bispo Marinho (PRB) perde dois dos vereadores que possuía na Câmara, ganhando apenas uma: Tia Eron. Com isso, Marinho também deve abrir mão das suas postulação para apoiar Pelegrino.

Oposição nas ondas do Rádio – Se a movimentação é grande na base governista, o mesmo pode ser observado na oposição. A fim de fortalecer o nome do pré-candidato do PMDB, Mário Kértesz, nos setores mais populares da cidade, já que a sua maior força eleitoral se encontra hoje nas classes A e B da capital baiana, diversos comunicadores se filiaram ao partido dos Vieira Lima.

O PMDB levou para suas fileiras comunicadores conhecidos de Salvador como a repórter Aline Castelo Branco, o radialista e apresentador do programa Balanço Geral, Raimundo Varela, a sua esposa, Sheila Varela, e o filho do radialista Armando Mariani, Armando Mariani Filho. Varela, Aline Castelo Branco, e Armando Mariani pai estão à frente de programas voltados para as classes mais populares.

Os democratas também filiaram nomes conhecidos (o que não significa necessariamente serem bons de voto) como o ex-jogador do Bahia Beijoca, o ex-BBB Diogo Pretto e o ex-dançarino do Nossa Juventude, Pepy Safado, famoso por ser o primeiro anão a dançar em uma banda de pagode. Resta saber se, mesmo com tanta sede, estes partidos vão alcançar o Eldorado ou vão acabar que nem os colonizadores espanhóis

Thiago Ferreira é um jovem e promissor repórter baiano. A indicação do texto ao BP é da jornalista Maria Olivia Soares, que sabe das coisas e enxerga longe, principalmente quando a assunto é jornalismo e política.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31