out
09
Postado em 09-10-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 09-10-2011 22:40

De Mariana para o Bahia em Pauta sobre o mais recente show de Roberto Carlos em Brasília
====================================

————————————————————————-

UM REI NO PLANALTO CENTRAL

Mariana Soares

Foi tudo de bom! Mesmo correndo o risco de cair na mesmice, digo-lhes que foram muuiiitaaasss emoções e boas lembranças que, a cada musica entoada por ele, invadiam e inundavam este meu coração já tão emotivo.

Vocês não podem imaginar o que é cantar e sentir cada palavra destas músicas, é mesmo um turbilhão de emoção…Por muitas vezes, as minhas lágrimas, misturadas com sorrisos íntimos, correram pelo meu rosto…

Antes do Rei entrar no palco, Eduardo Lages, seu maestro de sempre, já conclamou a plateia a cantar, junto com a orquestra maravilhosa, “Como é grande o meu amor por você”, que tanto se dirigia ao rei, afinal ali estavam os seus súditos, na sua grande maioria formado por mulheres, devidamente vestidas de azul e branco, inclusive esta que vos fala, como a quem a cada um(a) bem entendesse lembrar naquele momento.

Roberto entrou no palco ao som da sempre oportuna “Emoções” e aí não tem pra ninguém, pois esta música consegue realmente retratar o que significa este sentimento quase indescritível…”…sei tudo o que o amor é capaz de me dar…eu sei já sofri, mas não deixo de amar…se chorei ou se sorri, o importante é que emoções já vivi…Sou movida a emoções…

Depois de dizer ao efusivo e emocionado público brasilense da emoção de estar aqui, seguiu o Rei passeando por antigas canções, como “Eu te amo”, “Além do horizonte”, onde, indiscutivelmente, sempre existe um lugar para a gente se amar, “Amor perfeito”…fecho os olhos pra não ver passar o tempo, sinto falta de você…vem que eu conto os dias pra te ver…cada minuto é muito tempo sem você…ora, quem ama sabe como o tempo passa devagar quando distantes do amado…e segue “Cama e mesa”…você é o doce que eu mais gosto…é meu sonho, minha festa, é minha alegria…e, segura coração, porque chegou a vez de “Detalhes”, aqueles mesmos tão pequenos, mas tão difíceis de esquecer…e, sem descanso para nosso coração, ele entoa “Desabafo”, só para lembrar que a gente não pode viver sem nosso amado…e, segue, desta vez, para tocar em um tema crucial para mim: minha mãe e a saudade que dela sinto e tome “Lady Laura” e “Nossa Senhora”, as lágrimas correram e muitas e, lhes garanto, não fiquei sozinha nesta saudade…Depois, seguiu homenageando as mulheres baixinhas, como eu, com “Mulher pequena”…não há roupa que aguente e nenhum botão que dure, esse amor que a gente sente não há nada que segure…gosto de você pequena, este beijo me alucina, coisa de mulher gostosa, com um jeito de menina…E seguiu fazendo uma “Proposta”…para seguirmos juntos a mesma estrada, que continua, depois do amor, no amanhecer…imediatamente aceita, alias, há muitos anos…Chegou a vez de “Côncavo e convexo”, assegurando que as curvas dos amantes sempre se acham e se encaixam na medida perfeita…Não satisfeito, canta “Cavalgada”, convocando a todos os amantes que se percam de madrugada e se encontrem no abraço do amado…Dando um refresco, acalmou o “ânimo” de todos, para cantar um amor mais fraternal com “Eu quero apenas” e afirmou o que todos deveríamos fazer sempre, ou seja, deixar o amor decidir a vida…”Quando” foi a próxima, só para lembrar que quando nos separamos da pessoa amada, parece que a vida da gente tem um fim…e completou com “E por isso estou aqui”…de saudade eu chorei e até pensei que ia morrer…”Jovens tardes de domingo” deu o tom de que aquela noite já estava prestes a nos dar saudades…eu me lembro com saudade o tempo que passou…E para não deixar a gente esquecer esta lição diária de vida, cantou “É preciso saber viver”, pois, sem duvida nenhuma, quem espera que a vida seja feita de ilusão pode ate ficar maluco ou viver na solidão…viver é fundamental! “Jesus Cristo” veio encerrar esta viagem “musisentimental”, alertando para Ele que estamos todos aqui, sempre necessitados da proteção Dele.

Chegou a hora da distribuição das rosas, com seus beijos, e, embora muito próxima dele, não fui agraciada com nenhuma…Nada é perfeito! Trouxe comigo, porem, o perfume e as pétalas da alegria daquele momento vibrante e inesquecível e que não morrerá jamais…

Um grande abraço a todos, esperando ter passado um pouco da enorme emoção sentida e vivida…

Mariana Soares é advogada, romântica, amiga generosa do BP, mora em Brasília

Be Sociable, Share!

Comentários

Gracinha on 10 outubro, 2011 at 1:41 #

Passou sim Mariana… lendo seu lindo texto parecia que estava vendo e sentindo toda a energia e emoção (de novo ela) que o Rei nos transmite a cada apresentação e olha que só o tenho assistido na tv. Ao vivo mesmo sua uma vez acho q no final dos anos 60 qdo ele esteve em Juazeiro para o delirio e gloria das adolecentes. Foi maravilhoso! Parabéns e obrigada por ter dividido este momento especial. Beijos


Gracinha on 10 outubro, 2011 at 1:56 #

Ressalto que, acredito, grande parte das adolecentes acima referidas, segue como eu na tietagem a RC ao longo destes mais de 40 anos. Não é pouca coisa!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31