========================================

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton , considerou «confuso» e «inexplicável» o voto do Conselho Executivo da UNESCO a favor do reconhecimento da Palestina como membro de pleno direito da ONU.

Presente num fórum económico em Santo Domingo, na República Dominicana, Hillary Clinton estranhou este voto no momento em que o «assunto foi apresentado na ONU» e considerou mesmo que este voto é um «procedimento muito pouco habitual».

De acordo com fontes da UNESCO, o Conselho Executivo desta agência da ONU aprovou com 40 votos a favor em 58 possíveis uma recomendação para atribuir à Palestina o estatuto de membro de pleno direito nas Nações Unidas.

Quatro membros da UNESCO, incluindo os EUA, votaram contra, ao passo que outros 14, incluindo vários países europeus, preferiram abster-se.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31