out
06
Postado em 06-10-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 06-10-2011 13:05


========================================

DEU NO TERRA

Apenas algumas horas após o anúncio da morte do fundador da Apple, Steve Jobs, hackers já usavam a notícia como gancho para atrair internautas para um site corrompido, informou nesta quinta-feira a empresa espanhola Panda Security. Os piratas virtuais criaram uma pagina do Facebook com o nome de R.I.P. Steve Jobs, na qual afirmam que a Apple planeja presentear os internautas com 50 iPads.

A página cresce a um ritmo de cinco seguidores por segundo e já conta com 80 mil possíveis vítimas. O link encaminha os interessados no prêmio a uma página que afirma que para os internautas ganharem o prêmio da Apple devem se inscrever num serviço de SMS por um preço de 1,43 euros por mensagem. O usuário não recebe o prêmio prometido, mas sim um grande número de mensagens publicitárias em seus celulares e ainda precisa pagar o preço estipulado pelos hackers.

Não é a primeira vez que os criminosos utilizam essa página, que já foi usada em ocasiões como o décimo aniversário do atentado às Torres Gêmeas e o lançamento do novo iPhone.

O cofundador e ex-presidente do conselho de administração da Apple morreu quarta-feira, 5, aos 56 anos, vítima de um câncer no pâncreas que vinha tratando desde 2003. Perfeccionista, criativo, inovador e ousado, ele ajudou a tornar os computadores mais amigáveis e revolucionou a animação, a música digital e o telefone celular. Jobs marcou o mundo da tecnologia ao apresentar produtos como o Macintosh, o iPod, o iPhone e o iPad. Afastado da empresa desde 17 de janeiro para cuidar da saúde e sem prazo para voltar, o executivo renunciou ao cargo em 24 de agosto. “Sempre disse que, se chegasse o dia que eu não pudesse mais cumprir minhas funções e expectativas como CEO da Apple, seria o primeiro a informar. Infelizmente, esse dia chegou”, dizia a nota à época.

A saúde de Jobs virou notícia em 2004, quando ele anunciou que passara por uma cirurgia para remover um tipo raro de câncer pancreático, diagnosticado em 2003, e que a operação fora bem-sucedida. Depois, em 2009, Jobs fez um transplante de fígado e ficou afastado da companhia que fundou ao lado do engenheiro Steve Wozniak por vários meses. Mesmo com as licenças, Jobs continuou ativo na tomada de decisões da empresa, chegando se reunir a portas fechadas com o presidente americano, Barack Obama, em fevereiro, e lançar o iPad 2, em março, surpreendendo ao subir ao palco para apresentar o produto.

Detalhes do estado de saúde de Jobs sempre foram um mistério. Uma fotografia que mostrava o executivo muito magro e com aparência debilitada (sobre a qual recaíram suspeitas de manipulação) foi publicada pelo site americano de celebridades TMZ dois dias após ele ter deixado o cargo de presidente-executivo da Apple. Em fevereiro, Jobs foi fotografado pelo jornal americano The National Enquirer na mesma clínica onde o ator Patrick Swayze, morto em setembro de 2009, recebeu tratamento para câncer de pâncreas.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31