out
06
Posted on 06-10-2011
Filed Under (Artigos) by vitor on 06-10-2011


====================================
Hoje, 6 de outubro, nosso glorioso Zé Kéti faria 90 anos. Segue o samba ‘Nega Dina’ com Zé Renato, um dos maiores intérpretes deste patrimônio nacional. Neste vídeo ele canta com a marrom Alcione, que dispensa apresentação.

VIVA ZÉ KETI E VIVA O SAMBA BRASILEIRO

(Maria Olívia)

out
06


===================================
DEU NO SITE JUSTIÇA DESPORTIVA

Redação

Depois de se acostumar a lotar o estádio de Pituaçu, e como já acontecia normalmente na Fonte Nova, a torcida do Bahia agora toma conta das salas de cinema. O documentário “Bahêa Minha Vida”, lançado no dia 30 de setembro, tem sido sucesso de bilheteria nos cinemas da Bahia, onde tem sido exibido até agora. E relembrando o que já acontece no Campeonato Brasileiro, o filme teve a melhor média de público no fim de semana que estreou, deixando para trás blockbusters como “Premonição 5″, “Conan, o Bárbaro”, “Os Smurfs” e “Planeta dos Macacos”.

Segundo reportagem do portal IBahia, com base em tabela do site Filme B, o filme ocupado apenas a 14ª posição no ranking de renda, que chegou aos R$ 152,9 mil, tendo estreado em 13 salas e vendido mais de 16 mil ingressos. Mas na média, levando em conta a quantidade de salas em exibição, o documentário que mostra a paixão do torcedor tricolor tem 1.281 espectadores por sala, o que o leva ao topo da lista dos 20 filmes mais vistos no fim de semana.

“Bahêa Minha Vida” está em exibição nos cinemas dos shoppings Iguatemi, Paralela, Barra, Salvador, Salvador Norte e Center Lapa, além das salas do Aeroclube, Cine XIV (Pelourinho) e Espaço Glauber Rocha. A película do diretor Márcio Cavalcante foi lançada apenas na Bahia, mas ainda chegará a outros estados brasileiros. No interior do estado, as cidades de Vitória da Conquista e Feira de Santana também já exibem o longa tricolor.

COISAS DA BAHIA

Maria Olívia Soares

Um homem teve a casa assaltada no interior da Bahia e em vez de procurar a polícia para prestar uma queixa formal, resolveu apelar para a “sensibilidade” do criminoso.

Manoel Damaceno, que é radialista, conta que procurou a rádio onde trabalha um amigo e,  junto com ele, fez um apelo e chegou a chorar ao vivo para ter seus eletrodomésticos devolvidos pelo assaltante.

A história aconteceu em Serrinha, a 173 quilômetros de Salvador, e domina as rodas de conversas entre os moradores. O roubo aconteceu em 29 de setembro, em uma localidade conhecida como povoado do Cajuzeiro, zona rural do município.

Manoel Damaceno conta que chegava em casa quando encontrou um buraco na parede e alguns tijolos no chão. Foi assim que o criminoso conseguiu entrar na residência e levar uma televisão, um rádio de pilha, um liquidificador, uma serra elétrica e até chaves de fenda. No entanto, para sua surpresa, na manhã do dia seguinte, todos os pertences levados estavam em frente ao buraco feito na casa. “Deixaram tudo, até as chaves de fenda”, conta Damaceno.

Maria Olivia é jornalista

out
06
Posted on 06-10-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 06-10-2011


Dilma na terra de Petar, seu pai
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
=======================================
DEU NO IG

A presidenta Dilma Rousseff está em Gabrovo, na região central da Bulgária, a cidade natal do seu pai. Após cumprir uma agenda política e de negócios na quarta-feira na capital Sófia, Dilma tirará o dia para fazer turismo e para conhecer pela primeira vez a terra das suas raízes familiares. O motivo familiar foi o pretexto da viagem da presidenta, que recebeu convite do presidente Georgi Parvanov no ano passado.

O dia da presidenta começa no Forte de Tsarevets, na cidade de Veliko Tarnovo, um destino turístico popular da Bulgária. O local serviu como palácio do reino búlgaro na era medieval. Após um almoço com o prefeito de Veliko Tarnovo, ela segue para Gabrovo.

A pequena cidade de 60 mil habitantes é conhecida entre os búlgaros como capital do humor. Por isso, Dilma trouxe em sua comitiva o escritor brasileiro Ziraldo, que contou a jornalistas que quer criar um salão de humor, a ser realizado alternadamente no Brasil e na Bulgária. Para a presidente, no entanto, Gabrovo tem um peso emocional.

O pai de Dilma, Petar, nasceu na cidade em 1900. Em 1929, depois de ganhar a vida como comerciante, ele deixou a Bulgária rumo à França e depois Argentina. Nos anos 30, ele se estabeleceu no Brasil, onde morreu em 1962, quando Dilma tinha apenas 15 anos. O jornalista búlgaro Momchil Indjov, que escreveu uma biografia de Dilma em conjunto com o repórter brasileiro Jamil Chade, afirma que não se sabe exatamente o motivo que levou Petar a deixar a Bulgária.

Petar era simpatizante do comunismo em uma época em que o movimento era perseguido no país, mas especula-se que ele possa ter deixado a Bulgária por problemas econômicos. Ele deixou para trás sua esposa grávida. Apesar das poucas informações que se tem sobre Petar, Momchil conta que após escrever a biografia ficou com uma impressão boa sobre a personalidade do pai da presidente.

“A Bulgária é uma nação pequena. Muitos vão ao estrangeiro, mas nem todos têm êxito. Petar foi bem-sucedido, e é motivo de orgulho para os búlgaros”, disse Indjov à BBC Brasil. O jornalista búlgaro, que fala português fluentemente, viajou a Porto Alegre em 2004, onde entrevistou Dilma sobre as raízes familiares da presidente.

(Com informações da BBC Brasil)

out
06
Posted on 06-10-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 06-10-2011


========================================

DEU NO TERRA

Apenas algumas horas após o anúncio da morte do fundador da Apple, Steve Jobs, hackers já usavam a notícia como gancho para atrair internautas para um site corrompido, informou nesta quinta-feira a empresa espanhola Panda Security. Os piratas virtuais criaram uma pagina do Facebook com o nome de R.I.P. Steve Jobs, na qual afirmam que a Apple planeja presentear os internautas com 50 iPads.

A página cresce a um ritmo de cinco seguidores por segundo e já conta com 80 mil possíveis vítimas. O link encaminha os interessados no prêmio a uma página que afirma que para os internautas ganharem o prêmio da Apple devem se inscrever num serviço de SMS por um preço de 1,43 euros por mensagem. O usuário não recebe o prêmio prometido, mas sim um grande número de mensagens publicitárias em seus celulares e ainda precisa pagar o preço estipulado pelos hackers.

Não é a primeira vez que os criminosos utilizam essa página, que já foi usada em ocasiões como o décimo aniversário do atentado às Torres Gêmeas e o lançamento do novo iPhone.

O cofundador e ex-presidente do conselho de administração da Apple morreu quarta-feira, 5, aos 56 anos, vítima de um câncer no pâncreas que vinha tratando desde 2003. Perfeccionista, criativo, inovador e ousado, ele ajudou a tornar os computadores mais amigáveis e revolucionou a animação, a música digital e o telefone celular. Jobs marcou o mundo da tecnologia ao apresentar produtos como o Macintosh, o iPod, o iPhone e o iPad. Afastado da empresa desde 17 de janeiro para cuidar da saúde e sem prazo para voltar, o executivo renunciou ao cargo em 24 de agosto. “Sempre disse que, se chegasse o dia que eu não pudesse mais cumprir minhas funções e expectativas como CEO da Apple, seria o primeiro a informar. Infelizmente, esse dia chegou”, dizia a nota à época.

A saúde de Jobs virou notícia em 2004, quando ele anunciou que passara por uma cirurgia para remover um tipo raro de câncer pancreático, diagnosticado em 2003, e que a operação fora bem-sucedida. Depois, em 2009, Jobs fez um transplante de fígado e ficou afastado da companhia que fundou ao lado do engenheiro Steve Wozniak por vários meses. Mesmo com as licenças, Jobs continuou ativo na tomada de decisões da empresa, chegando se reunir a portas fechadas com o presidente americano, Barack Obama, em fevereiro, e lançar o iPad 2, em março, surpreendendo ao subir ao palco para apresentar o produto.

Detalhes do estado de saúde de Jobs sempre foram um mistério. Uma fotografia que mostrava o executivo muito magro e com aparência debilitada (sobre a qual recaíram suspeitas de manipulação) foi publicada pelo site americano de celebridades TMZ dois dias após ele ter deixado o cargo de presidente-executivo da Apple. Em fevereiro, Jobs foi fotografado pelo jornal americano The National Enquirer na mesma clínica onde o ator Patrick Swayze, morto em setembro de 2009, recebeu tratamento para câncer de pâncreas.


Negromonte: isolamento no Planalto
=======================================
DEU NO SITE DE CHICO BRUNO

Fogo amigo

PP considera situação de Negromonte ‘insustentável’

Andréia Sadi / Folha de S.Paulo

Integrantes do PP reunidos ontem em Brasília avaliaram como “insustentável” a situação do ministro das Cidades, Mário Negromonte.

No domingo, reportagem da Folha mostrou que Negromonte passou a ser tratado na Esplanada dos Ministérios como se fosse um fantasma.
Ele deixou de ser chamado para reuniões sobre os preparativos para a Copa 2014, tem recebido menos recursos do que outros grandes ministérios e não influi mais no desenho dos principais programas da sua área, como o Minha Casa, Minha Vida.

“A julgar pela reportagem -e nenhum desmentido-, ficou insustentável e se agravou substancialmente [a situação]. Este ambiente foi gerado pelo próprio ministro, o protagonista de toda essa situação foi ele”, afirmou o líder do PP na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB).
Uma parte dos 41 deputados do partido já queria a saída de Negromonte. Reclamam que não são atendidos e não têm suas emendas liberadas na própria pasta. O ministro conta com o apoio de dez integrantes da bancada.

Leia mais no site de Chico Bruno

Seja bem vindo!



========================================

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton , considerou «confuso» e «inexplicável» o voto do Conselho Executivo da UNESCO a favor do reconhecimento da Palestina como membro de pleno direito da ONU.

Presente num fórum económico em Santo Domingo, na República Dominicana, Hillary Clinton estranhou este voto no momento em que o «assunto foi apresentado na ONU» e considerou mesmo que este voto é um «procedimento muito pouco habitual».

De acordo com fontes da UNESCO, o Conselho Executivo desta agência da ONU aprovou com 40 votos a favor em 58 possíveis uma recomendação para atribuir à Palestina o estatuto de membro de pleno direito nas Nações Unidas.

Quatro membros da UNESCO, incluindo os EUA, votaram contra, ao passo que outros 14, incluindo vários países europeus, preferiram abster-se.


====================================
Grande Dylan!!! Sem Nobel, mas com a poesia. Sempre.

BOM DIA OUVINTES E LEITORES DO BP!!!

(VHS)


Transtromer: o poeta vencedor
======================================
O escritor sueco Tomas Transtromer acaba de ser anunciado vencedor do Premio Nobel de Literatura 2011.Segundo a Academia Sueca, elr é “um dos poetas vivos mais traduzidos em todo o mundo”, cuja obra incide sobre “a morte, a História, a memória e a natureza”.

O escritor bateu o poeta sírio Adonis, principal favorito ao prémio juntamente com Bob Dylan. Entre outros favoritos ao Nobel estavam o japonês Haruki Murakami, o australiano Les Murray, o coreano Ko Un e o polaco Adam Zagajewski.

Nascido em 1931, o escritor e tradutor sueco Tomas Transtromer começou na poesia aos 23 anos e tem mais de 20 livros publicados, entre eles obras como “Stigar” e “17 Dikter”.

O Prémio Nobel da Literatura 2011 foi atribuído ao poeta sueco Tomas Transtromer, porque “através das suas imagens translúcidas e condensadas, ele dá-nos um novo acesso à realidade”, afirmou hoje a Academia Sueca, em Estocolmo.

Em Portugal, Tomas Transtroemer está representado na colectânea “21 poetas suecos”, editada pela Vega, em 1981.

Publicou cerca de 15 obras numa longa carreira dedicada à escrita e venceu numerosos prémios literários, como o Prémio Literário do Conselho Nórdico, em 1990. A maior parte da sua obra está escrita em verso livre, apesar de ter feito também experiências com linguagem métrica.

(Com informações do jornal português Diário de Notícias)

out
06


=====================================

OPINIÃO POLÍTICA

Reforma política

­Ivan de Carvalho

Muito se tem falado em reforma política, e à frente da movimentação neste sentido estão o PT e o PMDB, atualmente os dois maiores partidos do país, tanto em bancadas no Congresso quanto em estrutura partidária e presença em Câmaras Municipais e prefeituras espalhadas pelo país.

Esses partidos perdem apenas para o PSDB quando se trata de contar o número de governadores – o PSDB tem oito, inclusive os de São Paulo e Minas Gerais, o PT, o PMDB e o PSB têm cinco cada. Os socialistas, no entanto, estão ainda bem longe de terem a força geral de PT e PMDB.

Bem, o que tem isso a ver com a reforma política? Tem. É que o PT e o PMDB estão se articulando para ver se chegam a um acordo que produza uma reforma política, a ser aprovada pelo Congresso, capaz de dar ainda maior vantagem do que as de que já dispõem pela legislação partidária e eleitoral aos dois partidos maiores.

Supostamente, a ideia é de que esses dois aliados (pelo menos, têm sido aliados formalmente desde 2006) criem mais condições de consolidar a hegemonia que têm exercido dentro do quadro partidário brasileiro.

Para essa tal reforma política, o PT tem duas ideias principais, prioritárias, e o PMDB tem uma. A do PMDB é o financiamento público exclusivo de campanhas eleitorais. Essa também é uma proposta do PT. A suposição que eles tentam vender à sociedade brasileira é a de que, se o financiamento das campanhas for público e, ainda mais, exclusivo, estará resolvido o problema do financiamento privado de campanha, seja por pessoas ou empresas

Isto, querem eles nos vender a ideia, acabaria de uma vez por todas com a “gratidão” dos partidos aos financiadores privados de campanhas eleitorais, seja quanto às doações permitidas por lei e feitas de acordo com ela, seja através do Caixa 2. Para idiotas, a ideia é aceitável.

Para as outras pessoas, não. É que, além de pagarmos as campanhas eleitorais com os impostos que nos são extorquidos, isto poderá até acabar com as doações legais, porque poderia não haver mais doações permitidas por lei, mas de modo nenhum poria fim ao Caixa 2, às doações ilegais. E à gratidão de recompensá-las com dinheiro público pelos eleitos.

Felizmente, não está havendo consenso a respeito do financiamento público entre a dupla PT-PMDB, de um lado, e os outros partidos, do outro. É que o critério para a divisão da grana seria, querem petistas e peemedebistas, o número de votos ou cadeiras obtidas para a Câmara federal na eleição anterior. Mais dinheiro para quem já tem mais representação resultaria na consolidação dos partidos maiores e condenação dos partidos menores ao nanismo.

A outra coisa é o voto em lista. Aí está muito mais complicado. Isto porque é uma “questão fechada” para o PT, mas para o PMDB, a “questão fechada” é acabar com essa conversa que, se fosse adiante, resultaria no estabelecimento de ditadura partidária mais drástica do que a já implantada com certas regras, entre elas a da fidelidade partidária interpretada com rigor adicional (adicional à Constituição) pelo TSE, com a confirmação do STF.

O PT quer porque quer o voto em lista, o PMDB não quer porque não quer. Quando se considera o conjunto dos outros partidos, pode-se supor com quase certeza que essa ideia de impor a ditadura do voto em lista não prevalecerá.

No entanto, a proposta de uma Constituinte exclusiva e restrita a temas determinados previamente, feita pelo PSD, é um salto no escuro. A ideia é interessante. Se for posta em prática, pode produzir alguma coisa boa. Mas também um desastre. Só saberemos se acontecer.

Pages: 1 2

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31