out
31


=====================================
Que será de ti
Quando a ilusão
Em teu coração
For chegando ao fim?
E sintas que a vida então vá passar
Deixa em ti a angustia de compreender
Que sem esta fé que nos dá o amor,
Nada pode ser…
Que será de ti
Sem os beijos meus,
Sem os meus abraços
Que só foram teus?
Meu carinho fiel te acompanhará
Tuas amarguras dissipará
E com o perdão
Do meu coração
Acharás a paz…
Falarão de mim todos os caminhos que percorremos
Recordando-te as horas que ali vivemos
E sentirás a saudade do meu querer
Ansiando volte o amor que não pôde ser…
Que será de ti,
Sem os beijos meus,
Sem os meus abraços
Que só foram teus?
Meu carinho fiel te acompanhará
E tuas amarguras dissipará
E com o perdão
Do meu coração
Acharás a paz…
Que será de ti?
==========================
BOA NOITE!!!


UNESCO: flagrante da reunião histórica/Reuters

==============================================

Os Estados Unidos anunciaram hoje a suspensão total da sua contribuição financeira para a UNESCO, poucas horas após a agência da ONU para a educação e cultura ter aceite a Palestina, por larga maioria, como membro de pleno direito.

A porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, declarou em conferência de imprensa que a admissão da Palestina como membro de pleno direito da UNESCO “activa restrições legislativas existentes desde há algum tempo, que obrigam os EUA a absterem-se de efectuar contribuições” à organização.

A suspensão é de efeito imediato e vai implicar que os EUA deixam de canalizar para a organização, com sede em Paris, 60 milhões de dólares (42,3 milhões de euros) que deveriam ser encaminhados em Novembro, a principal fatia dos 80 milhões de dólares que destinavam anualmente à UNESCO.

A Autoridade Palestiniana foi esta manhã admitida como o 195º membro de pleno direito da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) com 107 votos a favor, 52 abstenções e 14 votos contra dos Estados membros presentes na votação em Paris.

No entanto, a porta-voz da diplomacia de Washington insistiu que os EUA vão manter a participação e o seu compromisso nesta agência das Nações Unidas.

“Vamos consultar o Congresso para garantir que os interesses e a influência dos EUA se vão manter”, declarou Nuland, que considerou o envolvimento dos Estados Unidos na UNESCO “uma forma de beneficiar uma ampla gama dos nossos interesses nacionais em matéria de educação, ciência, cultura e comunicações”.

A presidente Dilma Rousseff chegou por volta das 18h35 desta segunda-feira (31) ao hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, para visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva –internado hoje para iniciar o tratamento contra um câncer de laringe, diagnosticado no fim de semana.

Dilma chegou de helicóptero e ficou quase uma hora e meia no local. Ao sair, afirmou aos jornalistas que Lula está bem. “Saio muito contente porque achei ele [Lula] muito bem, com aquela imensa energia, uma combinação de força do organismo e da extrema energia que sai da bondade e da alegria de viver”, afirmou em entrevista coletiva. “Saio certa que ele sai, em janeiro, desfilando na Gaviões da Fiel”, brincou.

“Eu sofri muito na minha quimioterapia , mas o presidente tem uma capacidade enorme de vencer desafios”, completou.

Dilma segue agora para outro compromisso na capital paulista, a entrega do prêmio “As Empresas mais Admiradas do Brasil”, na zona oeste.

O ex-presidente tem um tumor maligno na laringe de agressividade intermediária, de acordo com a equipe médica. Lula chegou ao hospital para se submeter à primeira sessão de quimioterapia por volta das 10h, desta segunda-feira (31). Ele deve passar a noite no hospital e voltar para seu apartamento, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, na terça-feira (1º).

Segundo o médico Paulo Hoff, que, ao lado dos colegas Roberto Kalil Filho, Artur Katz e Luiz Paulo Kowalski, concedeu uma entrevista coletiva no hospital mais cedo, o tumor na laringe do ex-presidente é o mais comum nesta região.

“O resultado da biópsia foi claro. Nossa expectativa é de que ele responda bem ao tratamento”, afirmou. Hoff disse que o tumor está “relativamente em um estado inicial”, que é localizado e não se espalhou pela laringe. “O fato de ser um tumor localizado é muito importante. A chance de cura é muito maior”, declarou.

Cerca de três a quatro semanas após o fim do ciclo de sessões de quimioterapia, o ex-presidente deve se submeter ao tratamento com radioterapia. “As sessões de radioterapia devem começar entre os dias 10 e 12 de janeiro”, disse Artur Katz. O médico afirmou que “não há nenhum planejamento de cirurgia no cronograma de tratamento”.

Caso Lula não responda bem ao tratamento, os médicos deverão considerar a possibilidade de uma cirurgia

Leia reportagem completa na UOL

www.uol.com.br

==========================================

DEU NO TERRA

A Rede Globo estuda quais medidas legais poderão se tomadas para o caso da repórter Monalisa Perrone, que foi empurrada e caiu nesta segunda-feira durante link ao vivo no Jornal Hoje. Por meio da Central Globo de Comunicação, a emissora informou ter havido agressão.

“Trata-se de pessoas cujo propósito é aparecer. Não é a primeira vez. Como houve agressão, a TV Globo estuda que medidas legais tomar”, informou.
Monalisa Perrone estava na frente do Hospital Sírio-Libanês com informações sobre o primeiro dia de tratamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mal começou a falar, ela foi “atropelada” por três homens que correram em sua direção aos gritos. Um deles ainda disse: “estão me derrubando aqui”, enquanto outro apontava o dedo para a câmera.

Com o link já fora do ar, os apresentadores na bancada do jornal ficaram indignados. “Infelizmente, nós vemos que a Monalisa Perrone foi interrompida, por quem a gente não sabe”, disse Evaristo Costa. “Que deselegante!”, afirmou Sandra Annenberg.

Ainda durante o programa, Monalisa voltou ao ar ao lado do colega José Roberto Burnier, anunciando que estava abalada e que ele assumiria a cobertura. “Levei um susto enorme, estou tremendo, nem sei se consigo falar direito. Em 20 anos de profissão, isso nunca me aconteceu. Mas, enfim, televisão ao vivo é isso”, disse a jornalista, acrescentando que estava bem.
A assessoria da Rede Globo informou que, assim como a jornalista disse quando voltou ao ar, ela não se machucou.

out
31


====================================

Deu no site da SAPO (PORTUGAL)

O aniversário do poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade é assinalado hoje, em Lisboa, na Casa Fernando Pessoa, com o “Dia D”, inteiramente dedicado ao escritor, numa associação ao Instituto Moreira Salles, do Brasil, que lançou a iniciativa.

A estreia mundial do documentário “Consideração do Poema”, sobre o escritor, prevista para as 18:30, culmina a jornada iniciada às 10:00, com a projeção do filme “No Meio do Caminho”, feito a partir da leitura do poema homónimo de Drummond de Andrade em diferentes línguas, segundo a programação anunciada pela Casa Fernando Pessoa.

“Consideração do Poema” estabelece um panorama sobre a obra de Drummond de Andrade, a partir de leituras feitas por figuras da cultura brasileira, como o escritor e compositor Chico Buarque, os músicos Caetano Veloso e Adriana Calcanhotto, as atrizes Fernanda Torres e Marília Pera, o filósofo e poeta Antonio Cícero e o escritor Milton Hatoum.

(Com informações da Agência Lusa)

out
31
Posted on 31-10-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 31-10-2011


Honorilton (com o bispo Macedo):
comando em Guadalajara
=======================================

DEU NA UOL

Mauricio Stycer
Em Guadalajara (México)

Em sua primeira experiência como detentora dos direitos de transmissão de um grande evento esportivo, a Record tratou os Jogos Pan-Americanos como se fossem Olimpíadas. Deslocou 250 pessoas para Guadalajara, montou um estúdio gigantesco na cidade, contratou comentaristas e bombardeou o Brasil com imagens e narrações empolgadas das mais variadas competições, do futebol ao tiro com arco, da natação ao boliche.

A emissora ainda não se sente à vontade para fazer um balanço público dos problemas ocorridos durante os Jogos, mas sabe onde acertou: no volume de transmissões que realizou. Foram 138 horas, 95 delas ao vivo, “quase 40% a mais do que a Globo exibiu no Pan do seu próprio país”, diz Hororilton Gonçalves, vice-presidente artístico e de programação da Record, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Na visão de Gonçalves, a concorrente prestou um grande desserviço ao país ao tratar o Pan com quase nenhum destaque em sua programação. “A Globo não escondeu o Pan, a Globo escondeu o Brasil”, diz.

Eloquente nas críticas à Globo, Gonçalves é bem comedido na autocrítica à cobertura da Record. Diz que o trabalho ainda está “em fase de avaliação”, mas adianta que considera o balanço “altamente positivo”. As críticas à cobertura, na sua visão, são fruto de “um pouco de implicância e de má vontade com a Record”.

Sobre a contratação de estagiários para defender a Record nas redes sociais por meio de perfis falsos, como revelou a Folha.com, Gonçalves afirma não ter lido a reportagem. Mas contra-ataca, perguntando se as críticas anônimas à emissora não seriam obra da “equipe de estagiários das nossas concorrentes”.

Bispo da Igreja Universal, Honorilton Gonçalves fala da Record com discurso de executivo: “Estamos trabalhando duro para alcançar a liderança do mercado. Não vamos desistir deste alvo, estamos com o foco bem definido.”

Em Guadalajara, onde assinou o contrato de compra dos direitos de transmissão do Pan de 2019, Gonçalves aceitou conversar com o UOL Esporte, mas pediu que as perguntas fossem enviadas por escrito. Abaixo, a entrevista.

UOL Esporte – A recusa da Globo em assinar o “Instrumento de Disponibilização de Imagens” oferecido pela Record afetou a repercussão dos Jogos Pan-Americanos no Brasil? Como o sr. viu este episódio?

Honorilton Gonçalves – Infelizmente, quem saiu prejudicado foi o público que assiste à Globo. A Globo não escondeu o Pan, a Globo escondeu o Brasil. Como uma emissora do tamanho da Globo praticamente ignora o talento e o esforço dos nossos atletas, as conquistas das medalhas de ouro, os recordes pan-americanos, o hino nacional. Tudo foi simplesmente omitido pela Globo por puro orgulho. Foi como me lembraram esta semana. Em 2007, a Globo mobilizou centenas de profissionais para exibir o Pan do Rio. Quer dizer que agora, quatro anos depois, o Pan simplesmente deixou de ter importância? Estranho, né? Acho que a postura da Globo com um dos maiores eventos esportivos do mundo foi um desrespeito aos seus telespectadores. Imagino o que mais ela deve esconder nos seus noticiários.
Qual foi o maior diferencial da Record em relação às transmissões da Globo em eventos desse porte?

Gonçalves – O tempo dedicado ao Pan, sem dúvida. Veja bem esses dados. Fizemos 138 horas de transmissões, 95 delas ao vivo. Pra você ter uma idéia, no último Pan fora do Brasil, em Santo Domingo, na República Dominicana, a Globo exibiu somente 29 minutos de competições. Ou seja, transmitimos quase 280 vezes mais do que eles. No Pan do Rio, a Globo fez 99 horas. Fizemos aqui em Guadalajara quase 40% a mais do que a Globo exibiu no Pan do seu próprio país. Isso tudo, fora a Record News que exibiu no total 320 horas de Pan.

Leia entrevista completa na UOL

www.uol.com.br

out
31
Posted on 31-10-2011
Filed Under (Newsletter) by vitor on 31-10-2011


Lula chega ao Sirio-Libanês: quimioterapia
Foto: Aloisio Mauricio/Terra
===================================

DEU NO TERRA

Vagner Magalhães

Direto de São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa nesta segunda-feira o tratamento contra o câncer de laringe, diagnosticado no sábado. Lula chegou ao hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, por volta das 10h para iniciar o tratamento quimioterápico.

O Instituto Cidadania – que reúne o legado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – informou por meio de nota, na tarde de domingo, que por causa do tratamento, as viagens nacionais e internacionais do petista estão suspensas até o fim de janeiro de 2012.

O câncer de Lula

Após queixa de dores de garganta, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.

O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de “caroço” na garganta e falta de ar.

out
31
Posted on 31-10-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 31-10-2011


========================================
Frank, hoje, no jornal A Notícia (SC)


=======================================

OPINIÃO POLÍTICA

A rede de segurança

Ivan de Carvalho

A notícia caiu como uma bomba no sábado. Lula tem câncer na laringe. A nação ficou traumatizada. Ainda está. Por todo o significado político que o fato médico tem. Também por todo o significado pessoal que esse fato tem para a pessoa de Lula e para a grande maioria das pessoas que compõem a nossa população.

Aprovando suas políticas ou não, e até, muito provavelmente, sem haver evoluído ao ponto de cumprir o mandamento cristão de amar os inimigos, a grande maioria dos brasileiros – incluindo boa parte dos adversários políticos – sente pelo drama que o atinge e torce para que, pessoalmente, vença a batalha que começa hoje a travar com o início do tratamento.

Mas o fato está aí. Dando sequência a outros, vários.
Fidel Castro, que em já avançada idade foi acometido de misterioso câncer abdominal que quase o levou à morte e o obrigou a passar a presidência e o comando ao irmão Raul Castro, na república hereditária de Cuba.

Mudou de vida, mas sobreviveu.
Dilma Rousseff, em quem descobriu-se, em fase inicial, um linfoma sincero e franco (ela não tentou esconder, despistar) às vésperas das eleições, mas está declarada curada, fazendo apenas, como mandam os protocolos médicos, revisões periódicas.

O ex-vice-presidente José Alencar, mineiro como Tancredo e muito mais cortado do que ele, teve câncer abdominal com metástases e foi de uma coragem impressionante. Driblou a morte durante 11 anos, até o final inevitável.

Fernando Lugo, presidente do Paraguai, do qual se anunciou a retirada total da próstata, informando-se que não havia neoplasia.
Barack Obama, que surpreendeu a todos informando que acabara de ser operado (com algum tubinho, nada de serra no esterno) para retirada de um nódulo pulmonar que mudara de morfologia e cuja biópsia confirmou não ser maligno. Como cautela adicional, deixou de fumar.

Finalmente, sem sair das Américas, Hugo Chávez, o ditador-presidente da Venezuela, retirou sob sigilo em Cuba um tumor maligno em algum lugar até hoje incerto e não sabido da região pélvica, ao que se seguiram vários ciclos de quimioterapia braba. Ele se declarou curado reiteradamente, mas acaba de cancelar sua presença numa reunião de chefes de Estado e admitir que não terá mais a mesma desenvoltura física de antes. Médicos ouvidos no anonimato não vinham fazendo bons prognósticos para ele.

Quanto a Lula, registrado o trauma nacional, a esperança e o desejo mais sincero de que vença a batalha, cumpre assinalar que o tumor foi qualificado de “não muito grande”, o que também significa que não é pequeno nem foi detectado no início, e que o Hospital Sírio-Libanês anunciou que hoje ele começa o tratamento, “inicialmente” com quimioterapia.
O “inicialmente” aí significa que precisará ser usada também radioterapia. O tumor, na região supra-glote, tem 3 centímetros.

Quanto à voz, dá-se como certo que algum estrago é inevitável. A quimioterapia afeta a voz, a radioterapia também. Somadas, afetam mais, uma agrava os efeitos da outra. A equipe médica optou por não remover cirurgicamente o tumor. A remoção seria desastrosa para a voz do paciente. Para Lula e seu estilo de fazer política, a voz é considerada elemento essencial.
Sob o aspecto político, há uma grande mudança.

Incerteza sempre há na política e em quase tudo, mas o problema de saúde do ex-presidente aumenta a nível crítico a incerteza. Imagine-se que a presidente Dilma sofra desgaste popular progressivo, agravado pelos efeitos atuais e futuros da crise financeira e econômica global no Brasil e chegue às eleições de 2014 com chances mínimas de reeleição. O PT tinha uma rede de segurança – Lula. Mas se ele não estiver em condições físicas de ser candidato ou se estiver claro que não terá condições para governar, então… bem, o PT tem Jaques Wagner, da Bahia, o PSB tem Eduardo Campos, governador de Pernambuco, o PMDB…o PSD… o PP…

Estará em plena ação o princípio da incerteza.


===========================================
No relax musical do Bahia em Pauta, “Rosa”, antológica canção do saudoso mestre Pixinguinha, no violão monumental de Baden Powell.

BOA NOITE!!!

(Gilson Nogueira)

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 23 24

  • Arquivos

  • outubro 2011
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31