================================
DEU NO JORNAL DIGITAL BRASIL 247

Caetano Veloso decidiu encarar uma briga judicial com a Odebrecht. Motivo: ele se irritou com o fato de a empresa batizar de “Tropicália” um majestoso condomínio de luxo em Salvador, inaugurado na semana passada (informação de Lauro Jardim, da Veja). A discórdia entre o cantor e a empreiteira pode ocultar razões que remontam aos efervescentes anos 1960, quando o movimento musical Tropicália foi criado por uma geração de artistas, tendo Gilberto Gil e Caetano como expoentes.

Na época, Caetano teve como amigo e parceiro o hoje executivo Pedro Novis. Eles compuseram juntos algumas músicas, entre elas Relance, de 1967, que é conhecida na voz de Gal Costa. Novis se desligou do movimento e é hoje dono de uma bem sucedida carreira na área corporativa, boa parte dela dentro da Odebrecht onde ocupa atualmente o cargo de conselheiro administrativo. E a escolha do nome certamente é uma homenagem do executivo à um movimento cultural do qual ele próprio fez parte.

A irritação de Caetano talvez resida nesta apropriação do nome por um antigo parceiro que trilhou outros caminhos. Segundo informou a empresa, o condomínio ganhou esse nome em homenagem a Tropicália, expressão que, aliás, apareceu pela primeira vez em uma obra de Hélio Oiticica.

De acordo com o INPI, instituto nacional da propriedade industrial, não há qualquer impedimento para o uso comercial do termo Tropicália. Caetano, porém, decidiu processar a construtora.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2011
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930