Cenário do desastre:nove operários mortos
===============================
DEU NO CORREIO

Redação

A Construtora Segura, responsável pela construção em que um elevador caiu matando nove operários, se disse “surpresa” com o laudo pericial da polícia que apontou como motivo do acidente falta de manutenção no equipamento. Segundo a empresa, há “inconsistências” no laudo, que foi enviado para análise do departamento jurídico da construtora.

Em nota, a empresa diz que o elevador funcionava para uso de engenheiros, colaboradores e inspetores do trabalho “dentro das normas técnicas, de segurança e manutenção”. A empresa ressalta ainda que a obra era fiscalizada de maneira regular pelas autoridades competentes, observando todas as normas de segurança.

Corpos dos nove operários mortos em acidente são observados por colegas

Segundo a empresa, as informações inconsistentes “serão demonstradas em momento e foro oportunos.”

De acordo com o laudo elaborado pela Coordenação de Engenharia Legal do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e apresentado pela delegada Jussara Souza, titular da 16ª Delegacia, na manhã desta sexta-feira (23), algumas peças apresentavam fadiga, como o freio do elevador, que não teria funcionado na ocasião. Além disso, algumas peças não eram originais e não havia livro de inspeção para acompanhar a manutenção do equipamento.

O engenheiro responsável pela obra, Manoel Segura, responderá por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O equipamento caiu do 28º andar da obra da Construtora Segura. Como andar tem cerca de 3m de altura, a queda foi de uma altura de aproximadamente 84 metros de altura.


============================
Música de Beto Guedes e Ronaldo Bastos, “Sol de Primavera” é a faixa título do disco de Beto Guedes, lançado pela gravadora Odeon em 1979.

Sol de Primavera
Beto Guedes

Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão onde a gente plantou juntos outra vez

Já sonhamos juntos semeando as canções no vento
Quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar

Já choramos muito, muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar uma nova canção que venha nos trazer
Sol de primavera abre as janelas do meu peito
a lição sabemos de cor
só nos resta aprender…
=====================
Grande Beto!!! Viva a Primavera que chega com renovação
de esperaças, apesar dos temporais à vista.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)


Chavez:”sei que continuam as especulações”
==================================

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, retornou a Caracas ontem (22), após finalizar em Cuba o quarto ciclo de quimioterapia. Segundo ele, a última sessão de tratamento contra um câncer foi bem-sucedida.

“Podemos dizer que terminou a fase de quimioterapia. Fechamos o ciclo e agora vamos nos dedicar à recuperação plena de toda a parte física”, indicou Chávez em sua chegada ao aeroporto de Maiquetia, onde foi recebido pelos membros de seu gabinete.

O presidente indicou que agora seguirá o tratamento de fisioterapia e de “recuperação progressiva e plena”, e pediu que sejam deixados de lado os rumores sobre sua doença.

“Sei que continuam as especulações, mas não façamos caso disso. Me sinto bem, muito bem. Continuarei assumindo o ritmo adequado do meu trabalho à frente do governo, à frente do Estado, à frente do movimento revolucionário”, assinalou.

Vestindo uma roupa esportiva da Academia Militar, Chávez ressaltou que os resultados do tratamento “foram altamente bem-sucedidos, de novo graças a Deus, graças à ciência médica”, disse, fazendo agradecimentos especiais à Cuba, a Fidel e a Raúl Castro.

“Depois destas 15 semanas de intensa jornada, de dura batalha, sinto que nasci de novo”, assinalou, fazendo alusão ao período desde que foi operado para a retirada de um tumor, em 20 de junho.

O líder de 57 anos pretende concorrer a mais um mandato de seis anos nas próximas eleições presidenciais, que serão realizadas em outubro de 2012.

Deu no IG, com EFE e Reuters)

set
23
Posted on 23-09-2011
Filed Under (Charges) by vitor on 23-09-2011


============================
Simanca, no Jornal A Tarde (BA)


===================================

OPINIÃO POLÍTICA

Uma homenagem merecida

Ivan de Carvalho

A inauguração do novo prédio anexo da Assembleia Legislativa da Bahia – o Edifício Senador Jutahy Magalhães – constituiu, na tarde de ontem, a um tempo uma solenidade e uma festa de congraçamento carregada de significado político, na qual pode-se dizer que esteve representado todo o conjunto de forças políticas expressivas da Bahia, bem como figuras que ainda na atividade política em níveis diferenciados já integram, em honrosas posições, a história da Bahia, como são os casos dos ex-governadores Waldir Pires e Roberto Santos.

Mas se o novo edifício vai servir para abrigar os gabinetes da presidência e dos demais integrantes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, bem como vários outros órgãos, o ato de inauguração e o nome dado ao prédio por proposta do presidente do Legislativo, deputado Marcelo Nilo, serviram para fazer justiça à atuação e à memória de um político cuja correção e trabalho precisavam mesmo ser ressaltados, como exemplo e estímulo aos que teimam em não abandonar seus representados, nesses tempos de tantos malfeitos e desinteresse em fazer a coisa certa.

A biografia do senador Jutahy Magalhães, de cuja amizade tive o prazer e a honra de desfrutar, não caberia em todo o espaço que me resta e o que já ocupei com o que escrevi até aqui. Mas citar seus dados biográficos não é o objetivo e sim mostrar um pouco da grandeza que, em sua simplicidade quase franciscana, marcou a vida pública do senador Jutahy.

Assim, importa assinalar que ele, quando presidente da Assembleia, recusou-se a se deixar eleger governador por seus pares e optou em ser vice-governador para honrar o compromisso de apoio assumido por seu pai, general e ex-governador Juracy Magalhães, com Luiz Viana Filho, como lembrou ontem o deputado Jutahy Magalhães Junior, para quem a de ontem foi a homenagem mais significativa prestada a seu pai desde sua morte, há 11 anos.

Importa também anotar que, mesmo sob risco de perder a eleição para senador em 1986, haja se recusado a seguir as sugestões dos marqueteiros de “bater em Lomanto”. Jutahy Magalhães se recusou. Disse que preferia perder a eleição do que atacar um homem público decente.

Não perdeu, mas aí já é outra história. Importa ainda registrar que, senador durante a Assembleia Nacional Constituinte de 1988, foi o único constituinte que compareceu a todas as sessões da Constituinte, sem faltar a uma sequer. E que teve várias dezenas de propostas suas incluídas na Constituição de 1988.

Mas, para o deputado Jutahy Junior, sob esse aspecto de elaboração legislativa, o mais importante é que foi de autoria de seu pai o projeto que acabou se tornando o Código de Defesa do Consumidor, naturalmente depois de trabalhado nas duas Casas do Congresso Nacional.

Fidelidade aos princípios, trabalho, amizade, respeito aos adversários, disposição ao diálogo e firmeza nos compromissos assumidos – este o receituário que Jutahy Magalhães seguiu na sua vida pública.

Além do deputado Jutahy Junior, do PSDB, falaram também na solenidade o ex-governador Waldir Pires, do PT, o governador Jaques Wagner, do PT, e o presidente da Assembleia, deputado Marcelo Nilo, do PDT. Mas o espectro político presente foi muito mais amplo, como já assinalado.

  • Arquivos

  • setembro 2011
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930