===================================

DEU NO CORREIO

Pituaçu não encheu como de costume, para azar de quem ficou em casa e não acreditava no Bahia. Neste domingo à tarde, o time azul, vermelho e branco fez sua melhor partida no Brasileirão e venceu o Fluminense por 3 a 0, em Pituaçu. Souza, iluminado, marcou duas vezes e Gum também fez contra, além de cometer pênalti em Lulinha e ter sido expulso Destaque para os laterais Marcos e Dodô, que fizeram uma ótima partida.

Assim, o Bahia interrompe a série de quatro vitórias seguidas do Flu, ultrapassa o Atlético-MG na tabela e deixa a zona de rebaixamento para assume a 16ª colocação, com 27 pontos. O time carioca continua em quinto, com 37 pontos. Bahia volta a campo na quarta-feira (21), quando enfrenta o Atlético-PR, em Pituaçu. No mesmo dia, o Fluminense recebe o Avaí, no Engenhão. Os jogos valem pela 25ª rodada do Brasileirão.

Com equipe renovada e gás de sobra, o Bahia começou o jogo em cima do Fluminense, que se assustou. Logo aos dois minutos, a primeira chance do time baiano de abrir o placar. Souza dominou na meia-lua, arriscou e Diego, de mão trocada, fez uma bela defesa. A segunda oportunidade surgiu aos quatro, quando Marcos cobrou na área, Titi subiu para cabecear e mandou perto da trave do goleiro rival.

Não demorou para o Fluminense se postar melhor no jogo e equilibrar as ações. Mas o time criava poucas chances de perigo. Aos 20, Wallace recebeu passe da direita e ajeitou para Rodrigo, que veio de traz. O chute passou por cima do gol de Marcelo Lomba. Quando o Flu crescia no jogo, o Bahia jogou um balde de água fria, para a vibração de sua torcida. Aos 27, Marcos driblou pela direita e bateu de canhota. Diego espalmou e Souza, no rebote, empurrou para o gol.

Menos ansioso em campo, o time do Bahia passou a tocar melhor a bola e quase chega ao segundo aos 37. Jones aproveitou a sobra após cobrança escanteio e bateu com perigo, à direito do gol de Diego. O Flu tentou responder aos 41, mas Lanzini cobrou falta perigosa e mandou pela linha de fundo. O término do primeiro tempo foi marcado pelas reclamações de Fred às faltas de Titi. “Não sei se é Joel que está mandado”. Pela insistência, o atacante do Flu acabou levando amarelo.

Com duas mudanças para o segundo tempo, Abel Braga mandou o time para o ataque. O Flu apresentou mais volume e passou a chegar com mais perigo. O ataque carioca, porém, estava pouco inspirado e Lomba muito seguro no gol. Aos nove, Lanzini bateu da entrada da área e a bola resvalou no goleiro do Bahia. Danny Morais apareceu e afastou de vez. O Bahia contragolpeava com sua característica velocidade. E contou com uma falha de Gum para ampliar. Aos 12, Marcos cruzou da direita e o zagueiro mandou contra o seu próprio gol.

O segundo do Bahia freou as pretensões do Flu, mas o time carioca continuou criando chances de perigo. Fred teve duas chances no pé, mas desperdiçou ambas. Aos 16, chutou fraco de frente para o gol e Lomba não fez esforço para defender. A segunda, aos 18, Martinuccio deixou o atacante livre com o gol aberto, mas ele mandou por cima do travessão.

Ineficiência de um lado, bola na rede de outro. Em nova investida do Bahia, aos 25 minutos, Gum derrubou Lulinha na grande área. Sem pestanejar, o árbitro aplicou o segundo amarelo ao zagueiro e o expulsou. Confiante, Souza foi para a bola e marcou o terceiro do Bahia, o segundo dele na partida. Faltou pouco para ele marcar o quarto. Aos 38, Camacho passou para o camisa 9, que bateu forte de dentro da área. Diego espalmou. Com o placar construído, o Bahia tocou a bola até o fim e ouviu os gritos de ‘olé’ da torcida.

Leia mais sobre Bahia e Fluminense no Correio

http://www.correio24horas.com.br/

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2011
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930