Sarney vestido para voar/Jornal Pequeno(MA)
================================================

CRÔNICA / ATOS SECRETOS

Antes de Sarney partir

Janio Ferreira Soares

A foto de Sarney com roupa de veraneio ao lado do helicóptero da PM do Maranhão (este feudo disfarçado de estado que deveria ter um bigode no lugar do til), parece ser uma espécie de “coisas que ainda me faltam fazer para que todos vejam que Lula tem razão quando diz que eu não sou uma pessoa comum”.

Como Jack Nicholson e Morgan Freeman, protagonistas do filme Antes de Partir – que ao saberem condenados por uma doença terminal listam uma série de coisas que sempre sonharam realizar -, Sarney, talvez sentindo-se expirar, também resolveu fazer a sua “lista da bota”, fato corriqueiro entre aqueles que sabem que estão prestes a batê-la.

Chego a imaginá-lo logo cedo tomando guaraná Jesus com própolis de maribondos e depois seguindo em direção ao seu escritório-caverna, onde, ao contrário do morcego que simboliza Batman, um bigode se faz presente desde a maçaneta da porta até a sua famosa agenda-buço (um presente de um padeiro português primo do ex-primeiro-ministro Mario Soares), onde ele anota suas performances.

É claro que, pela idade, confusões acontecem, mas Roseana está sempre atenta para segurar a onda. Como recentemente, quando o nosso incomum imortal insistia em falar com Agaciel (ex-diretor do Senado) para nomear uns parentes através de atos secretos, no que foi prontamente alertado por ela, que disse: “não, papai, isto o senhor já fez. Mas providenciei um passeio de helicóptero que o senhor vai amar!”.

Como sugestão para suas próximas aventuras, recomendo um selinho na presidente Dilma. É uma coisa que está super na moda e o máximo que pode acontecer é Suplicy achar que se trata de algum ato de desagravo ao ministro Pedro Novais por conta daquele lance do motel e, na sequência, tascar um beijaço de cinema em Ideli Salvatti.

De todo modo, na próxima quinta, 8 de setembro, São Luís estará comemorando 399 anos. Portanto, que ninguém se espante se ele chegar ao senado empunhando um zabumba e convocando Pedro Simon, Jarbas Vasconcelos e João Durval para dançarem o Bumba-meu-boi do Maranhão. Ele pode tudo.

Janio Ferreira Soares, cronista. é secretário de Cultura e Turismo de Paulo Afonso, no lado baiano do vale do Rio São Francisco

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2011
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930