Obama: no olho do furacão

=======================================================

O Presidente norte-americano, Barack Obama, declarou hoje o estado de “grande catástrofe” na Carolina do Norte e Nova Iorque na sequência da passagem do furacão “Irene”, que provocou 49 mortos nos Estados Unidos, Canadá e Caraíbas.

A decisão permitirá desbloquear fundos federais para as operações de socorro naqueles dois estados, onde a passagem do furacão, no fim de semana, originou inundações e danos significativos, deixando milhões de pessoas sem energia elétrica.

Os estragos causados pela tempestade poderão custar entre 5.000 e 7.000 milhões de dólares (3,4 mil milhões de euros e 4,8 mil milhões de euros), segundo uma avaliação da sociedade de gestão de risco Eqecat.

Três dias após a passagem da tempestade, os serviços de socorro continuavam hoje a tentar ajudar milhares de pessoas isoladas por inundações e muitas localidades permaneciam sem energia elétrica.

Em várias zonas, a ajuda de urgência tem de ser distribuída por barcos ou por meios aéreos.

“O problema é a inacessibilidade”, disse à agência francesa AFP o chefe das operações de socorro, Dave Miller.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos