Ilha ocupada pela PF na Baia de Ttodos os Santos

===========================================

DEU NO IG

Thiago Guimarães (IG Bahia)

O grupo baiano Sasil, um dos principais distribuidores de produtos químicos do País, é o alvo da investigação da Operação Alquimia, deflagrada em 12 Estados nesta quarta-feira (17) pela Polícia Federal. O grupo é presidido pelo empresário baiano Paulo Sergio Costa Pinto Cavalcante, que integra a lista dos procurados pela polícia em das maiores operações contra o contrabando e desvios fiscais já realizadas no Brasil.

Segundo revela o portal IG, em reportagem assinada pelo repórter
Thiago Guimarães (IG Bahia) a operação tem por objetivo cumprir 31 mandados de prisão e 129 de busca e apreensão em casas dos investigados e empresas do grupo. Entre os crimes sob investigação estão sonegação fiscal, fraude na execução fiscal, formação de quadrilha, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Com atuação desde 1973, a Sasil Comercial e Industrial de Petroquímicos atua na venda e distribuição de produtos químicos, com destaque para resinas termoplásticas. Subsidiária da holding Stahl Participações Ltda, possui filiais em 12 Estados e depósitos por todo o Brasil.

Em 2010, a empresa adquiriu a Varient, distribuidora da Braskem, braço petroquímico do grupo Odebrecht. Com a aquisição, a Sasil consolidou sua operação nacional – segundo a publicação especializada “Plástico Nordeste”, é distribuidor oficial da Braskem pararesinas como polipropileno e polietileno.

O presidente da Sasil é Paulo Sérgio Costa Pinto Cavalcanti. Ele está na lista das pessoas que a polícia quer prender, mas o comando da operação ainda não confirmou se ele já foi encontrado nem se ele é o proprietário da ilha de 20 mil metros quadrados na baía de Todos os Santos confiscada na operação.

Cavalcanti não foi localizado em seus dois endereços em Salvador – ambos na avenida Sete de Setembro (Corredor da Vitória), que abriga os prédios mais luxuosos da capital baiana.

Na sede da Sasil em Salvador, que também foi alvo da operação nesta quarta-feira (17), um segurança informou que a maior parte dos funcionários havia sido dispensada e que não havia ninguém para comentar a operação.

Be Sociable, Share!

Comentários

Armando on 18 agosto, 2011 at 7:51 #

Pô, deixa o cara sonegar! afinal, o dinheiro dos impostos vai ser roubado mesmo pelas quadrilhas de dentro do governo.


071 93256852 on 2 agosto, 2013 at 20:42 #

acho que o cara éso mais um sobrevivente que seja feliz dai por diante


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos