ago
13
Postado em 13-08-2011
Arquivado em (Artigos) por vitor em 13-08-2011 17:28


=================================================

===============================================

DEU NO SITE BRASIL 247

Há exatos 25 anos, completados este sábado (13), morreu Maria Escolástica da Conceição Nazaré, a Mãe Menininha do Gantois, aos 92 anos de idade. A ‘Oxum’ deixou os baianos por causas naturais, mas permanece na memória de muitos até hoje. Na sexta-feira (12), foi celebrada na Câmara Municipal de Salvador uma sessão especial dedicada à ialorixá que permaneceu por mais de 60 anos à frente do Terreiro do Gantois. A sessão foi proposta pela vereadora Marta Rodrigues, presidente da Comissão de Reparação da Câmara Municipal de Salvador, em parceria com a Secretaria Municipal da Reparação (Semur).

Instituição religiosa de origem ketu, o candomblé do Gantois historicamente mantém a política do matriarcado e de sucessão hereditária de linhagem consanguínea. A Mãe Menininha foi a quarta dirigente do templo religioso e teve que enfrentar o preconceito que a sociedade tinha em relação aos adeptos do candomblé, pois não havia liberdade de culto naquela época. Apesar de ter conquistado mais tolerância na década de 1930, com a Lei de Jogos e Costumes, as festas só podiam ser realizadas em horários determinados e mediante autorização por escrito.

Homenageada, Mãe Menininha recebeu muitos títulos e medalhas, como a dos Filhos de Gandhy – umas das que mais gostava – que a nomearam rainha do afoxé. Em 1972, Dorival Caymmi compôs a famosa música “Oração a Mãe Menininha”, que trazia os versos: “A beleza do mundo, hein? Tá no Gantois/ E a mão da doçura, hein? Tá no Gantois/ O consolo da gente, ai. Tá no Gantois…/ Ai, minha mãe. Minha Mãe Menininha”. Vinícius de Moraes, Maria Bethânia e Caetano Veloso eram algumas das inúmeras personalidades que se aconselhavam com Mãe Menininha.

Be Sociable, Share!

Comentários

regina on 13 agosto, 2011 at 20:52 #

Quando minha filha, Fernanda Gabriela (Gabee), nascida nos Estados Unidos, tinha uns 10 anos, aprendeu essa música escondido e me surpreendeu no dia das mães cantando em “broken Portuguese” o que ela acreditava ser uma música feita pra mim (de tanto que eu a escutava/cantava)…quase tive ou “piripaque”!!!! Até hoje é uma das nossa favoritas. Viva nossa mãe, minha também, MENININHA!!!


Marlon Marcos on 13 agosto, 2011 at 22:12 #

É para nos aquecer nesse mistério que sustenta nossa Fé nos orixás. Duas vozes a favor da memória desta Grande Iyá da Bahia. 25 anos sem a experiência daquela mulher iluminou de negritude força axé o povo baiano e brasileiro. Bela Homenagem. Esta página se coaduna com a grandeza desta lembrança. Obrigado!


Hipolito M. Wiseman on 27 setembro, 2011 at 21:54 #

Awesome! Everything I wanted summed up in a very concise way. In my opinion it’s the best text I have ever viewed. Thanks!


mae alicia de ianhsa on 28 outubro, 2012 at 13:19 #

MAE MENINA DE GANTOIS,HUMILDEMENTE,PIDO LICENCIA,MAE,NECESITO SALUD PARA MI HIJO FACUNDO,AUTISTA,RUEGO MAE,QUE UD,LO SANE Y LO CUBRA,CON EL SAGRADO MANTO DE SU ORIXA,PARA QUE EL SUPERE EL AUTISMO,Y PROGRESE CADA DIA,PROMETO MAE,PARA UD,EN MI TEMPLO,UN LUGAR EN EL ALTAR,AGRADESCO MAE,POR QUE SE QUE MIS RUEGOS SERAN ESCUCHADOS,ORA-AIE-IEO,MAMAE OXUM!!!!!!!!!!!!!QUE ASI SEA!!!!!!!!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos