================================================

Dias de fúria em Londres

===================================================

Londres enfrenta o terceiro dia seguido de rebelião nas ruas, onde a situação parece fora de controle da polícias.Esta segunda-feira, 8, pela primeira vez, os distúrbios acontecem em pleno dia, com incêndios de prédios e veículos, pilhagens de lojas e muita violência nas ruas.Televisões internacionais noticiam confrontos entre jovens e a polícia, em Hackney, perto do bairro de Tottenham.

A ministra do Interior do Reino Unido diz que não há desculpa para a violência que se tem registado em Londres.Theresa May pediu que a comunidade colabore com a polícia.

As cadeias de televisão internacional transmitem, neste terceiro dia de confrontos, em Londres, imagens de vandalismos com alguns jovens a quebrarem montras de lojas e a tentarem arrombar a porta de um estabelecimento comercial.

Um jornalista do britânico Guardian descreve que «há um helicóptero da polícia voando em círculos de forma dramática que está aqui há cinco minutos. Na rua existem muitos jovens encapuzados».

Devido aos tumultos, os funcionários municipais saíram mais cedo do trabalho.

O rol de violência em Londres teve início no sábado, em Tottenham, na sequência de um protesto contra a morte de um jovem de 29 anos durante um incidente policial.

Duzentas e quinze pessoas foram detidas pela polícia e 27 foram acusadas de envolvimento nos confrontos. O vice primeiro-ministro, Nick Clegg, considera que estes actos de violência «não estão relacionados com a morte de Mark Duggan».

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos