ago
04


====================================================

http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/arnaldo-jabor/ARNALDO-JABOR.htm

ARNALDO JABOR NA CBN

Amigos ouvintes, o Senado Federal teve uma atitude que merece muitos elogios

Apesar das crises que ocorrem onde tanta vergonha aparece. A TV Senado começa dia 7 homenagear um grande brasileiro por iniciativa da senadora Lídice da Mata.

Faz 30 anos que Glauber Rocha, o grande brasileiro, o grande cineasta morreu , e seus filmes passarão agora todos os domingos na TV Senado como homenagem a ele. Glauber Rocha fecha criticas a todos os erros cometidos pela direita e pela esquerda do nosso país. Foi profético no que ia acontecer e no que está efetivamente acontecendo na política brasileira. Glauber Rocha construiu um país que ainda não havia aparecido na tela nem havia surgido na cabeça de muitos intelectuais. Glauber evidenciou o lado arcaico e boçal do país, muito alem das velhas categorias de ricos contra pobres, de lutas e classes apenas ou de imperialismo americano, tudo isso existe, claro. Mas Glauber nos avisou a 40 anos que o perigo maior estava na doença mental que a colonização portuguesa nos levou, está nas praticas o clientelismo, do populismo fácil, da corrupção, da burocracia e da tutela das oligarquias sobre a população desinformada em seu grande filme “terra em transito”, um dos seus filmes. Há um momento mágico quando um líder sindical ignorante discursa sobre suas idéias políticas dizendo quais sãos os remédios para o Brasil. Ele diz tanta bobagem que tem a boca tampada pelo herói revolucionário do filme que olha pra prateia e fala “esse homem é um ignorante, um incompetente, já imaginaram esse cara no poder”. Pois é! Não deu outra, 30 anos depois com o crescimento do populismo, Lula virou um animador de auditório. Seus filmes são tão importantes que provocaram o surgimento, por exemplo, do teatro José Celson, mudanças nos pensamentos políticos e até no movimento musical do tropicalismo com Caetano e Chico. Os filmes de Glauber Rocha mais famosos que passaram são: Deus e o Diabo da terra do sol, terra em transi, o dragão da maldade contra o santo guerreiro e tantos outros. Sirva a TV Senado vai ter um grande golpe, alias, a TV Senado provou que também é cultura”.

============================================

Palavras do cineasta e comentarista Arnaldo Jabor esta quinta-feira , 4, na Radio CBN, sobre a homenagem do Senado a Glauber Rocha em agosto, mês de aniverário de morte do mais notável realizador de cinema do País , a partir de indicação da senadora Lídice da Mata (PSB-BA).

Bahia em Pauta aplaude de pé as palavras de Jabor sobre Glauber e a iniciativa da senadora Lídice da Mata.

(Vitor Hugo Soares )

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 4 agosto, 2011 at 17:40 #

E faltou dizer que é considerado, internacionalmente, um dos maiores cineastas do século XX, ao lado de Godard, Antonioni, Fellini e Bergman. Magnífico o texto de Jabor. E a iniciativa de Lídice, essa grande baiana, dispensa comentários.


gilson on 4 agosto, 2011 at 20:06 #

A voz de Glauber, um dia, nos anos 70,na redação da Tribuna da Bahia, ecoa, até hoje, nos meus ouvidos, vale de saudade.
Naquele momento, ouvi um trovão feito homem anunciando raios com palavras. Uma voz forte, marcante, no conversar com colegas da TB. E eu, alí, redigindo a matéria na velha Remington, dizia, orgulhoso, como baiano, Esse é Glauber!
As labaredas verbais do gênio iluminavam o ambiente do jornal libertário como ele.
Perto da inquietude cinematográfica do gênio que Joca chama de vulcão arrisquei um cumprimento, ao vê-lo despedir-se do pessoal metralhando o sistema, anunciando profecias!
Que bom, agora, ter a sensação de estar escutando, de novo, ao vivo, o estrondo do gênio, a voz de Glauber. É hora de contrariar o fim. Glauber não acaba. Vivam Glauber!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos