jul
31
Postado em 31-07-2011
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 31-07-2011 10:35

Bia Lula e o avô ex-presidente /img.Divulgação

=================================================

DEU NO SITE BRASIL247(Com informações da Folha de S. Paulo)

A Oi, supertele brasileira formada pela fusão entre as empresas Telemar e Brasil Telecom, tem um apreço especial pela família Lula da Silva. Controlada pelos empresários Sérgio Andrade, da empreiteira Andrade Gutierrez, e Carlos Jereissati, do grupo La Fonte, a empresa injetou R$ 5 milhões na empresa Gamecorp, do empresário Fábio Luís Lula da Silva, quando Lula era presidente. Depois disso, obteve apoio irrestrito do BNDES e dos fundos de pensão em seu processo de fusão – Lula chegou até a mudar uma lei, por decreto, para permitir a operação. Agora, com Lula já como ex-presidente, a Oi continua próxima à família. A empresa decidiu doar R$ 300 mil em patrocínio à peça de teatro “A Megera Domada”, estrelada por Bia Lula, neta do ex-presidente. Os recursos cobrem quase metade do custo de produção, que é de R$ 639,4 mil.

A denúncia está numa reportagem da Folha de S. Paulo, que circula neste domingo – mas que você lê antes no 247 ( http://www.brasil247.com.br/pt/247/poder/ ) . O texto, de William Shakespeare, marca a estreia de Bia Lula nos palcos. É sua primeira atuação teatral e ela já começa com o pé direito.

Na prática, a Oi doa os recursos, mas eles saem do bolso de todos os contribuintes. Isso porque a produção foi contemplada pela Lei Rouanet, que permite a grupos privados doar recursos para a cultura, obtendo, em contrapartida, benefícios fiscais. A autorização para o patrocínio foi concedida pela atual ministra da Cultura, Ana de Hollanda. Por muito pouco, a produção não teve de ser abortada. Só saiu porque o prazo para captação de recursos foi prorrogado pelo MinC – o que permitiu que a Oi entrasse na jogada.

“Sem favorecimento”

Procurada pela reportagem da Folha, a Oi informou que “é uma das maiores patrocinadoras de projetos culturais do País” e que “não opina no processo de seleção do elenco”. Portanto, a operadora de telefonia dá a entender que não sabia da participação de Bia Lula no elenco. Já a assessoria do ex-presidente Lula informa que ele desconhece o patrocínio. “É uma operação entre a Oi e a produção da peça”, diz a nota.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos