O pai da cantora Amy Winehouse, falecida sábado, em Londres, anunciou que pretende criar uma fundação com o nome da filha para prestar apoio a pessoas viciadas em drogas e álcool.
Mitch Winehouse anunciou esta intenção após a realização da cerimónia fúnebre de Amy, cuja carreira foi minada por problemas de adição a drogas e álcool, e cuja causa de morte continua por explicar, aguardando os resultados dos exames toxicológicos.

«Se as pessoas não podem pagar um tratamento numa clínica privada, existe uma lista de espera de dois anos» nas instituições que apoiam pessoas com estes problemas, comentou o pai de Amy Winehouse.

A cantora tinha terminado recentemente uma cura de desintoxicação e tentou um regresso aos palcos através de uma turnê europeia, que acabou cancelada após uma atuação desastrosa num concerto em Belgrado.

Mitch Winehouse relatou que a filha «queria mesmo deixar a bebida», estava na terceira semana de abstinência, e «mais feliz do que nunca».

O presidente da Comissão dos Assuntos Internos na Câmara dos Comuns do Reino Unido, Keith Vaz, também propôs ajudar o pai da cantora a criar esta fundação.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos